Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Bolsa Mexicana de Valores

Conclui nesta segunda-feira o prazo para os trabalhadores que tiveram seus ajudinhas emergenciais ainda de R$ 600 cancelados — por indícios de anormalidades — contestarem a resolução do governo. O procedimento pode ser feito site da Dataprev, inclusive pelas mães chefes de família .

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência é uma companhia pública de Brasil, vinculada ao Ministério da Economia.

Indicação cortou essas vantagens de a Controladoria-Geral da União ou de o Tribunal de Contas da União. Esses órgãos ergueram suspeitas sobre esses pagamentos.

Segundo o Ministério da Cidadania, a contestação deve ser feita exclusivamente pela internet. Ninguém tem que procurar as agências da Caixa Econômica Federal, as casas lotéricas ou as unidades de atendimento do Cadastro Único para pedir a revisão do cancelamento.

Os cancelamentos foram feitos porque os órgãos de controle do governo federal atravessaram informações de diferentes bancos de dados, identificando imcompatibilidades para o recebimento da vantagem.

Segundo a CGU e o TCU, havia cidadãos com rendimentos acima do limite permitido e titulares de CPFs em situação irregular no grupo de beneficiários, além de ocupantes de posições eletivas, militares e servidoras públicas .

De acordo com o ministério, no entanto, se permite a contestação porque a situação de a pessoa que solicitou a ajudinha emergencial pode ter mudado, sem que os bancos de dados tenham sido devidamente atualizados. É o caso, por exemplo, de ex-ocupantes de posições públicas, que hoje não têm mais vínculos empregatícios, ou de pessoas que não recebem mais o seguro-desemprego. Para permite-se o pedido de revisão não prejudicar esses trabalhadores, .

No total, serão beneficiadas 3,8 milhões de pessoas.

Vai liberar-se o pagamento após a reanálise de os dados, caso a contestação seja aprovada, em o mês subsequente a o de o pedido de contestação.

A bolsa de valores é o mercado coordenado onde se negociam ações de sociedades de capital aberto e outros valores mobiliários, tais como as alternativas.

Contestações ainda não abertas

Os beneficiários do programa Bolsa Família que já vinham recebendo a extensão de R$ 300, mas Faz 11 meses, tiveram o último pagamento cancelado, exclusivamente poderão fazer suas contestações de 22 de novembro a 2 de dezembro.

Em 12 dias, esses beneficiários poderão agitar os recursos por o aplicativo Caixa Tem que permite o pagamento de boletos ou compras feitas em lojas, supermercados e farmácias. —, até o dia 28 que permite o pagamento de boletos ou compras feitas em lojas, supermercados e farmácias .

Todas os pedidos deverão ser feitos pelo site da Dataprev.

Quem não pode mais contestar

Para aqueles que tiveram problemas com a vantagem extensão de R$ 300, o prazo de contestação já se concluiu.

Faz 5 dias, aqueles que chegaram a receber uma ou mais parcelas de R $ 300 e depois tiveram as ajudinhas canceladas piuderam contestar a resolução até o último.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Conclui hoje o prazo de contestação de quem teve ajudinha emergencial de R$ 600
>>>>>Trabalhadores nascidos em agosto recebem mais uma parcela do auxílio emergencial nesta sexta-feira – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pessoas 50 0 NONE 3 pessoas: 3
2 contestação 0 0 NONE 3 a contestação: 3
3 trabalhadores 100 0 NONE 2 os trabalhadores: 2
4 os beneficiários de o programa bolsa_família 300 0 0 NONE 2 Os beneficiários de o programa Bolsa_Família 300: 2
5 a situação de a pessoa 0 0 NONE 2 a situação de a pessoa: 2
6 aqueles 0 0 NONE 2 Aqueles uma: 1, aqueles: 1
7 auxílios 0 0 NONE 2 seus auxílios emergenciais: 1, os auxílios cancelados: 1
8 cargos 0 0 NONE 2 cargos públicos: 2
9 dados 0 0 NONE 2 dados: 1, os dados: 1
10 o aplicativo Caixa_Tem 0 0 OTHER 2 o aplicativo Caixa_Tem: 2