Por: SentiLecto

Os contratos futuros do petróleo progrediram cerca de 2% nesta quinta-feira, com a melhora ininterrupta nas atividades de refinarias nos Estados Unidos compensando uma imprevisto ampliação nos estoques de petróleo e diesel do país e os temores de que a nova legislação de segurança da China para Hong Kong possam levar a sanções comerciais.

Faz 10 meses, o contrato de o petróleo Brent para entrega fechou em alta de 0,55 dólar, ou %1,6, a 35,29 dólares por barril, em seu penúltimo dia como primeiro vencimento. Já o petróleo dos EUA progrediu 0,90 dólar, ou 2,7%, para 33,71 dólares o barril.

O movimento do valor de referência norte-americano fez com que o prêmio do Brent sobre o WTI atingisse o menor nível desde meados de abril.

Os estoques de petróleo dos EUA tiveram alta de 7,9 milhões de barris na semana passada, superando as expectativas, devido a uma forte ampliação nas importações provenientes da Arábia Saudita, declarou a Administração de Informação sobre Energia .

Na sua vez, Alexander Novak tinha reunião marcada para esta terça-feira com produtores de petróleo para debater a chance da extensão dos cortes para além de junho, declararam fontes na Reuters. Alexander Novak é o ministro de Energia da Rússia. Faz 11 meses, Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, entre eles a Rússia, que formam o grupo conhecido como Opep+, consentiram em cortar produção em quase 10 milhões de barris por dia em maio e junho, visando sustentar os custos em um momento em que as quarentenas devido a o coronavírus pressionam a procura por combustíveis.Alexander Novak tinha reunião marcada para esta terça-feira com produtores de petróleo para debater a chance da extensão dos cortes para além de junho, declararam fontes na Reuters. Alexander Novak é o ministro de Energia da Rússia.Parece maravilhoso no papel, mas o mercado está ‘segurando’ a animação até que tenhamos um pouco mais de detalhes sobre se haverá cortes, quantos barris serão cortados e a duração dos cortes», disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group.

Na quinta-feira 30 de abril os custos do petróleo saltavam nesta quinta-feira, impulsionados por sinais de que o excesso de oferta nos Estados Unidos não tem aumentado tão rápido quanto se esperava e com indicações de uma alta na procura por combustíveis, que foi fortemente impactada pelo coronavírus.

O relatório da AIE, no entanto, também mostrou que as refinarias norte-americanas agilizaram produção e que –inesperadamente– as reservas de gasolina reduziram, enquanto os estoques de petróleo no centro de distribuição de Cushing, em Oklahoma, tiveram queda de 3,4 milhões de barris.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, Saudi Arabia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Custos do petróleo sobem após melhora na atividade de refinarias nos EUA
>>>>>PETRÓLEO – Preços avançam apoiados impulsionados por cortes de oferta – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Preços do petróleo avançam apoiados impulsionados por cortes de oferta – (Extraoglobo-pt)
>>>>>PETRÓLEO – Preços caem por tensão EUA-China – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Alexander Novak 100 0 PERSON 3 Alexander_Novak (apposition: O ministro de Energia_da_Rússia): 1, (tacit) ele/ela (referent: Alexander_Novak): 1, Alexander_Novak (apposition: o ministro de Energia_da_Rússia): 1
2 combustíveis 0 0 NONE 3 combustíveis: 3
3 os estoques de petróleo 0 0 NONE 3 Os estoques de petróleo: 1, os estoques de petróleo: 2
4 produtores de petróleo 0 0 NONE 3 (tacit) eles/elas (referent: produtores de petróleo): 2, eles (referent: produtores de petróleo): 1
5 aumento 80 85 NONE 2 um inesperado aumento: 1, um forte aumento: 1
6 demanda 0 18 NONE 2 a demanda: 2
7 coronavírus 80 0 NONE 2 o coronavírus: 2
8 A Organização_dos_Países_Exportadores_de_Petróleo e aliados 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) eles/elas (referent: A Organização_dos_Países_Exportadores_de_Petróleo e aliados): 1, A Organização_dos_Países_Exportadores_de_Petróleo e aliados: 1
9 Reuters 0 0 ORGANIZATION 2 a Reuters: 2
10 a Rússia 0 0 PLACE 2 a Rússia: 2