Por: SentiLecto

– Caso a tabela fosse corrigida pela inflação acumulada desde 1996, o número de brasileiros que estaria isento do pagamento do Imposto de Renda quase triplicaria. A faixa de isenção subiria para os que ganham menos de R$ 4.465,35, de acordo com levantamento da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil . Atualmente, paga IR quem ganha mais de R$ 1.903,98 mensais, menos que dois salários mínimos. Somente 8,2 milhões de pessoas não pagam IR porque têm rendimentos abaixo desse valor, que não padece correção há anos. Caso a faixa de isenção fosse adaptada, esse número saltaria para 23.506.672 de brasileiros , nos cálculos da Unafisco. A associação estimou esse número com base em dados da própria Receita Federal. A defasagem da tabela do Imposto de Renda das Pessoas Físicas é de 134,53%, correspondente à inflação acumulada entre 1996 e 2021. Mais 15.299.260 pessoas estariam isentas do pagamento do imposto, caso a correção fosse feita. Relatório declara: “Ou seja, para o ano-calendário 2022 , 15.299.261 contribuintes, que poderiam estar na faixa de isenção, vão suportar o ônus do imposto em decorrência da não correção integral da tabela do IRPF”. Além de projetar a quantidade de contribuintes isentos, a Unafisco também calculou o efeito na arrecadação federal para este ano-calendário. Sem nenhuma mudança na tabela, a arrecadação tem que chegar a R$ 290,5 bilhões. Somente em 2022 o governo deixaria de arrecadar R$ 164,5 bilhões, mais da metade do total, caso a faixa de isenção fosse corrigida. A Unafisco, que se ele desejasse “zerar” a defasagem em relação à inflação registrada asomenteem seu governo, a tabela do IR deveria ser reajustada em 24,49%, estimou também a defasagem do IR asomenteao longo da gadministraçãodo presidente Jair Bolsonaro. É o valor da inflação acumulada entre 2018 e 2021 calculada pela entidade. A faixa de isenção passaria dos R$ 1,9 mil atuais para R$ 2.370,31, o que atingiria 12.857.310 de contribuintes em 2022, se fizesse essa correção e diminuiria a arrecadação em R$ 48,1 bilhões. O governo Jair Bolsonaro chegou a exibi uma proposta de reforma do IR, com aumento da faixa de isenção e correção da tabela. Pelo texto, a faixa de isenção seria aumentada para R$ 2,5 mil. Aprovou-se a proposta em a Câmara, mas frear no Senado, porque havia divergências em relação às mudanças nos tributos para ecompanhias O senador Angelo Coronel chegou a exibi um novo projeto, em que promovia somente a correção da tabela do IRPF, com o aumento da faixa de isenção parea R$ 3,3 mil. O senador Angelo Coronel é relator da proposta na Casa. A Unafisco estima que, neste cenário, 18.971.686 pessoas estariam isentas em 2022, o que encarnaria uma perda de arrecadação de R$ 42,6 bilhões. O projeto de Coronel foi protocolado no final de 2021 e ainda não tem previsão para tramitação.

Inflação: Petrobras reajusta a partir de amanhã gasolina e diesel. Alta nos custos chega a 8%Após disparada do IGP-M, FGV arremessa Índice de Variação de Aluguéis Residenciais , novo indicador para locação de imóveis Seu bolso: Inflação fecha 2021 em 10,06%, maior alta em seis anos

Na quinta-feira 06 de janeiro o número de posições entregues na Receita Federal já chegava a 1.237, segundo informações da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil . O movimento dos servidores era uma maneira de pressionar o governo federal promover reajuste salarial.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Imposto de Renda: correção da faixa de isenção para R$ 4,4 mil triplicaria número de brasileiros livres da tributação
>>>>>Tabela do IR acumula defasagem de 132%. Faixa de isenção deveria ser de R$ 4.427,59, segundo o Sindifisco – January 11, 2022 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 R 0 0 ORGANIZATION 8 a R: 1, os R: 1, R: 6
2 a faixa de isenção 0 0 NONE 7 A faixa de isenção: 2, a faixa de isenção: 5
3 eu 0 0 NONE 7 (tacit) eu: 7
4 IR 37 0 ORGANIZATION 4 IR: 3, (tacit) ele/ela (referent: IR): 1
5 pessoas 16 8 NONE 3 pessoas: 2, 18.971.686 pessoas: 1
6 correção 120 0 NONE 3 a correção: 1, correção: 1, essa correção: 1
7 Unafisco 0 0 ORGANIZATION 3 A Unafisco: 1, a Unafisco: 1, A Unafisco que se: 1
8 arrecadação 0 0 NONE 3 a arrecadação federal: 1, a arrecadação: 2
9 contribuintes 0 0 NONE 3 contribuintes: 1, 15.299.261 contribuintes: 2
10 inflação 0 0 NONE 3 a inflação acumulada: 2, a inflação registrada: 1