Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – River Plate logo

Declarações de Abel Ferreira, treinador do Palmeiras, após a goleada por 4-0 frente ao Corinthians.A equipa: É sempre importante ver a equipa com um jogo coletivo bastante forte. Eles conseguem perceber que, jogue quem jogar, a estrela é a equipa. A maneira como competem vê-se em campo, jogue quem jogar. Isso compraz-me, mas não me cumpre, porque não ganhamos nada.»Jogo a jogo: «Penso a cada jogo. Não vou modificar a minha postura. Temo que fazer uma administração da energia e jogar na máxima força. Os jogadores sabem e sentem que são todos importantes, que têm responsabilidades, que precisamos de todos. Isso deixa-me confiante. Jogue quem jogar, a equipa continua com uma ideia bastante forte. só é possível com união crença. União é força. Gastamos energia naquilo que controlamos, que é jogar futebol e dar o nosso melhor em busca de vencer.»Corinthians: «É uma bonita equipa, não perdia há sete jogos, altamente consistente, com tempo para treinar, teve uma semana para se preparar e sabíamos que seria difícil. Não só pelo técnico e tático, mas pelo mental. Não é só um jogo, é um dérbi contra o maior adversário, em casa. Os três pontos são a maior satisfação que podemos dar aos adeptos».Recuperação mental: «A minha função é ser treinador. Dedico mais tempo à minha profissão do que nunca e sei perfeitamente que cada jogo tem a sua história. Tínhamos um benefício contra o River que psicologicamente estava lá instalada. Já falei da dor da perda, que é maior que a dor do ganho, quem joga na bolsa e tem ações sabe e sente o que estou a falar. Começámos a sentir que estávamos a perder o benefício, a cabeça fica cansada, o corpo não responde. Quando a equipa não jogue, conseguimos num momento difícil uni a equipa, quando um jogador do River foi expulso tivemos dois avançados para provocar, não correu bem, é fundamental que no seu melhor, ganhe. Foi uma grande derrota, mas fruto de um trabalho. Cada jogo tem a sua história, e os jogadores sabiam que era preciso seguir adiante, limpar as cabeças, aprender com o que se passou. Não ganharemos sempre, mas é essa atitude que desejamo ver nos nossos jogadores.»Lidar com triunfos e derrotas: «Falarei do mesmo, a dor da perda e do lucro. Iria pra casa com muita dor, ia padecer, se perdesse hoje. Sei como sou. Ganhando, encaro de maneira normal, não consigo ter o mesmo sentimento da perda e do ganho. Muitas vezes temos pessoas que nos cumprimentam e falam que você fez um bom trabalho. Podem ser cinco, seis, dez pessoas. Mas se uma declara que você não presta, vamos para casa focados no que essa pessoa declarou, em vez de valorizar os elogios. O ser humano é assim. Temos que utilizar o que temos no meio das duas orelhas a nossa favor. As montanhas são bastante grandes, tivemos uma há dois dias, outra hoje, outra a seguir, devemo descer, subir… Precisamos de todos na máxima força mental, física, tática.»

Vitória da equipa orientada pelo português por quatro golos sem resposta.O Palmeiras, orientado pelo português Abel Ferreira, recebeu e goleou o adversário Corinthians , num encontro em atraso da 28.ª jornada do campeonato de Brasil de futebol, colocando-se a seis pontos do primeiro lugar.No primeiro dérbi paulista do técnico português, o verdão resolveu o encontro nos primeiros 45 minutos, apesar de ter sido o arquirival a estar perto de se colocar na frente do marcador, quando o defesa Gil saltou entre os centrais para cabecear ao poste, na sequência de um pontapé de canto, aos 27 minutos.O aviso ficou dado ao Palmeiras, que não poderia ter sido mais eficaz na resposta, no sintético do Allianz Parque, primeiro, pelo médio Raphael Veiga , e depois, mesmo em cima do pausa , pelos pés do avançado Luiz Adriano.Colocou um ponto final nas esperanças do Corinthians, que voltaria a concordar mais um golo e coerente novo «bis», desta vez do «capitão», se o benefício de dois golos já dava algum conforto logo a abrir o segundo tempo Luiz Adriano . Algum conforto é o terceiro tento e bis de Raphael Veiga.O Palmeiras é quinto colocado, com 51 pontos, em 29 jogos, contra 52 do Flamengo , que venceu fora o Goiás por 3-0 e é quarto, 53 do Atlético Mineiro , terceiro, 56 do Internacional , segundo, e 57 do líder São Paulo .O Corinthians, que terminou a partida com menos um elemento, devido à expulsão de Gabriel, aos 77 minutos, é nono classificado, com 42, e suspendeu uma série de sete jogos sem perder.No dia 30 de janeiro, o verdão vai debater a Taça Libertadores com o Santos, no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, seguindo-se a final da Taça do Brasil com a primeira mão a disputar-se em 12 de fevereiro e a segunda em 18. A final da Taça do Brasil é frente ao Grêmio.

No domingo 27 de dezembro ainda que a derrota para o Corinthians, por 2 a 0, e os demais resultados da rodada não tenham ampliado a distância do Botafogo em relação à saída da zona de rebaixamento, a estagnação é era sim, um problema porque o tempo não para. Faz 1 ano, concluiu com o alvinegro em a penúltima posição brasileira e uma rodada a menos para tirar a diferença, o ano de 2020.

O Club Atlético River Plate, simplesmente conhecido como River Plate, é um clube de futebol argentino, fundado no dia 25 de maio de 1901.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Abel: Ferreira «Se uma pessoa declara que você não presta… O ser humano é assim»
>>>>>Abel em grande: Palmeiras arrasa no dérbi paulista com o Corinthians – January 19, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Palmeiras de Abel empata com o Grémio e atrasa-se no Brasileirão – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 285 80 NONE 19 nos: 1, (tacit) nós: 18
2 eu 100 5 NONE 14 (tacit) eu: 11, me: 3
3 O Palmeiras orientado por o português Abel_Ferreira e em um encontro em atraso de a 28 0 40 PLACE 4 O Palmeiras: 1, O Palmeiras orientado por o português Abel_Ferreira e em um encontro em atraso de a 28: 1, o Palmeiras: 2
4 equipa 230 0 NONE 4 a equipa: 2, A equipa: 1, uma bela equipa: 1
5 Corinthians 70 0 PERSON 3 Corinthians: 1, (tacit) ele/ela (referent: Corinthians): 1, o rival Corinthians: 1
6 pessoas 0 0 NONE 3 pessoas: 2, dez pessoas: 1
7 derrota 50 80 NONE 2 a derrota: 1, uma grande derrota: 1
8 satisfação 160 0 NONE 2 a maior satisfação: 2
9 forma 80 0 NONE 2 forma normal: 1, A forma: 1
10 pontos 80 0 NONE 2 Os três pontos: 1, 51 pontos: 1