Por: SentiLecto

Universal, que atua no Benfica, deu mote para dupla jornada da equipa das Quinas frente à Noruega, relativa à oaperíodoe apuramento para a competição da qual é detentora do títuloAfonso Jesus, universal da Seleção Nacional de futsal, confia nosasrvitóriasode Portugalrente à Noruega, nos dois últimos jogos de qualificação para o Campeonato da Europa de 2022, que se realiza nos Países Baixos.Esses encontros realizam-se no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha, em 12 e 14 de abril, respetivamente, e o futsalista de Lusaka não equaciona outro desfecho que não o assegurar do primeiro lugar do Grupo 8 de apuramento.»Nem sequer penso em não ganhar os dois jogos. Acho que temos é de nos concentrar, focar… Declare-se o que se declarar, nem olhar para a tabela [classificativa]. O importante é olharmos para nós, saber que são dois jogos, duas triunfos e que estamos o Europeu, que é o nosso objetivo», informou.Enquanto a Noruega é última, em declarações publicadas no sítio oficial da Federação Portuguesa de Futebol, o desportista do Benfica rejeitou olhar para a tabela que o conjunto de Lusaka lidera, com oito pontos, mais um do que República Checa e a Polónia classificada, ainda sem adicionar qualquer ponto.»Se olharmos para a classificação, que eu acho ser um erro, jogaremos contra a seleção que está em último, com zero pontos. Nós temos é que olhar para nós, que estamos em primeiro, e é lá que devemo continuar», vincou.Agora com 23 anos, Afonso Jesus estreou-se na pela seleção principal com 19 anos e um mês e tornou-se o segundo jogador mais jovem de sempre a fazê-lo, sendo superadosomentes por Ricardinho, jogador que envergou pela primeira vez a camisola das «quinas» com 17 anos, nove meses e 23 dias.»Nem sabia. É bastante bom. Acho que é sinal também do trabalho que tenho vindo a fazer, mas realço que é trabalho e fruto do processo que é feito nas seleções. O que a federação faz é inacreditável e dá-nos esta chance. Acredito que, depressa, vai haver jogadores mais jovens a terem esta chance», vaticinou.Os dois desafios de Portugal, seleção campeã europeia em título, frente aos adversários nórdicos são relativos ao grupo 8 de qualificação para o Euro’2022, no qual ocupa o primeiro lugar, com oito pontos em quatro jogos.

Jorge Braz , 121 vezes internacional por Portugal , chamou Guardião para os confrontos com a Noruega , relativos a o apuramento para o Euro ‘ 2022. Defesa da camisola das Quinas nas duas próximas grandes competições é ambiçãoAusente da Seleção desde 2019, o guardião Bebé, atualmente com 37 anos e ao serviço dos Leões de Porto Salvo, foi a facezinha que suscitou maior curiosidade, esta segunda-feira, no primeiro treino da equipa das Quinas antes de enfrentar a Noruega.Faz 3 anos, o experiente futsalista, um de os ganhadores de o Campeonato da Europa por Portugal, incluiu o experiente futsalista um em a mais recente convocatória de Lusaka para disputar os últimos dois duelos de qualificação para o Euro 2022. ‘2022.Em declarações à Federação Portuguesa de Futebol , Bebé cinicioupor traduzir em pvocábulosas sensações tidas frostitoao rretorno dois anos depois, à Seleção nacional, cuja camisola vestiu pela primeira vez em 2005 – seguiram-se mais 120.»Voltei com uma alegria tremenda e um deleite bastante grande, pois gosto bastante de estar aqui e de fazer parte dos selecionados do mister Jorge Braz. Sente-se uma nostalgia bastante grande, mas também é um orgulho bastante grande porque acabamos por perceber que, por um lado, estamos a dar espaço para a nova geração», alegou o «segundo mais velho do grupo».O guardião dos Leões de Porto Salvo após onze anos de ligação ao Benfica, considerou, na mesma entrevista na FPF, que o futuro da Seleção nacional está mais bem garantido em comparação com o passado. O guardião dos Leões de Porto Salvo é clube no qual atua desde 2017.Vejo um futuro bastante promissor e no treino [desta manhã] comentei isso com o Vítor Hugo. Estes mais novos acabam por ser jogadores que vêm das seleções de base, algo que não havia quando eu tinha a idade deles, e são desportistas bastante mais preparados e com um conhecimento bastante melhor do jogo», referiu Bebé.Em 1 ano, abordado o simbolismo por mais uma presença em o seio de a Seleção nacional, o experiente guarda-redes assinalou depois a atenção a os dois encontros decisivos com a congénere Noruega, relativos em a qualificação.Aquilo que nós devemo fazer é como o mister declara: «fazer as coisas simples, bem feitas». O mais difícil, às vezes, é jogar contra estas seleções que, em termos teóricos são mais fracas do que nós, mas acabam por equilibrar o jogo em termos físicos. Descaracterizam bastante o jogo, com muitas bolas para a frente, do guarda-redes para o pivô, e isso cria-nos obstáculos», alegou Bebé.Ainda que a equipa de Jorge Braz deve, o guardião adicionou , para tentar bater a formação nórdica na próxima semana, «conservar a união, o sacrifício e, principalmente, a almazinha de equipa, presente no ADN da seleção», cujos jogadores estão «bastante bem fisicamente».Bebé, que disputará o lugar na baliza com Edu e Vítor Hugo, para adicionar mais duas internacionalizações, garantiu muita dedicação para satisfazer o desejo de estar junto dos melhores futsalistas nacionais nas próximas grandes competições.»Tenho um prazer bastante grande de estar aqui e o meu objetivo é mesmo atrapalhar as escolhas do mister Jorge Braz. Farei tudo para estar no Mundial [2021] e no Europeu [2022. Se depender de mim vou estar lá, mas sei que os meus colegas também têm muita característica. Trabalharei arduamente e cegamente para poder estar no lote dos convidados finais», indicou o guardião.Portugal, seleção campeã europeia em título, está a preparar o duplo embate com a Noruega, que se vai realizar no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha, no Seixal, em 12 e 14 de abril.Os dois desafios dos futsalistas de Portugal frente aos adversários nórdicos são relativos ao grupo 8 de qualificação para o Euro’2022, que lidera, com oito pontos em quatro jogos.Nilson de os jogadores realça característica , de retorno em as escolhas de Jorge Braz. internacional de Portugal de futsal Nilson considerou que Portugal tem «obrigatoriedade de estar nos períodos decisivos» das grandes competições pela característica dos seus jogadores, mas adverte que não existem mais equipas acessíveis.»Pela característica do nosso grupo de jogadores, temos a obrigatoriedade de estar nos períodos decisivos das grandes competições. Mas vi os jogos todos, já não existem equipas acessíveis, são todas bastante competitivas. O que devemo fazer é conservar o plano de jogo, trabalhar bem, ser intensos e competitivos. Acho que desta forma o objetivo vai ficar mais próximo», declarou Nilson, que esteve ausente das últimas partidas da seleção de Lusaka.Nilson retornou às escolhas de Jorge Braz e veio encontrar algumas caras novas na seleção, algo que aplaude e valoriza: «São todos bem-vindos. A família é ampla e isso é um sinal de que há muita característica na nossa Liga. Estamos a encarar bem a entrada de jovens jogadores. Somos 18 convidados e a responsabilidade é grande. Sabemos o que devemo fazer, que é ficar no primeiro lugar para alcançar o objetivo que desejamo».A «equipa das quinas» lidera o Grupo 8 de qualificação para o Euro2022, com oito pontos e deseja conservar essa posição após os dois jogos diante da Noruega, agendados para os dias 12 e 14 de abril, no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha, a partir das 18:30 e 18:00, respetivamente.Antes do arranque do período de apuramento, a Noruega requereu que os seus jogos fossem realizados em o país de os respetivos oponentes, dadas em os obstáculos de entrada em o país devido em a pandemia covid-19.s duas primeiras jornadas, a seleção nórdica não conseguiu viajar para República Checa e viu ser-lhe aplicada pena de derrota, por 0-5, nas duas partidas, mas marcou presença nos jogos frente à Polónia, nas quais spadeceuduas derrotas.Apesar de o oponente não ter pontuado, Nilson informa para a necessidade de não se cometerem erros e espera um adversário forte fisicamente e à espera do erro de Portugal, à sesimilaridadeo que sucedeu com as seleções dapolonesas da República Checa.»Espero uma equipa bastante à sua imagem. Serão jogos iguais aos prévios, de certeza. No mínimo erro pagaremos ou eles pagarão. Quando temos adeptos, temos benefício de jogar em casa. Eles fazem sempre falta, como é óbvio, mas, independentemente disso, vamos entrar para ganhar. Desejamo ganhar e ganharemos», rematou Nilson, que foi campeão europeu em 2018 ao serviço da «seleção das quinas».Seleção de futsal deve mostrar «intensidade e característica» para bater Noruega.A seleção de Portugal de futsal precisa de estar ao melhor nível para vencer o duplo desafio contra a Noruega , relativo à qualificação para o Europeu dos Países Baixos 2022, rdestacouesta quarta-feira o internacional André Galvão.»[A receita para ganhar] contra a Noruega é sermos Portugal, mostrar a intensidade e a qualidade que temos», afirmou o pivô em declarações reproduzidas pela Federação Portuguesa de Futebol no terceiro dia de trabalhos do estágio da seleção na Torre da Marinha, Seixal.A equipa das quinas lidera o grupo 8, com oito pontos e deseja conservar essa posição após os dois jogos diante da Noruega, agendados para os dias 12 e 14 de abril, no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha.Para estes dois encontros, o selecionador Jorge Braz chamou 18 jogadores, entre os quais dois pivôs, André Galvão e Zicky.Faz 9 anos, André Galvão, de os Leões de Porto Salvo, satisfez a sua primeira internacionalização A há quase nove anos, a, em uma vitória diante da Bélgica, por 3-1, mas, desde então, jogou somente mais três partidas pela seleção.Foi o quinto jogador mais jovem de sempre a estrear-se na Seleção principal – estava então a cerca de três meses de completar o 20.º aniversário – e espera voltar a auxiliar em campo a seleção, agora com 28 anos.»O conselho que deixo aos mais novos, principalmente ao Zicky que joga na minha posição, é para ele continuar a trabalhar, como tem feito. Vir aqui para conquistar o seu espaço, combater por isso. Desejar sempre mais, pois chegar aqui não significa que já está com o lugar garantido. Ele e todos os jovens que aqui vêm, devem mostrar que desejam cá voltar», arremessou André Galvão.Izaquel Té, mais conhecido por Zicky no mundo do futsal, estreou-se na seleção A durante esta qualificação, a 06 de março de 2021, no empate a três bola diante da República Checa e foi o terceiro mais jovem de sempre a encarnar a equipa principal, sendo somente superado por Ricardinho, o mais jovem de sempre nos AA, e Afonso, que também integra esta convocatória para os jogos com a Noruega.O 149.º jogador a encarnar a Seleção Nacional, estreou-se com passados pouco mais de três meses de completar 19 anos.»Respeito os mais velhos de igual forma, mas em relação ao [André] Galvão parecia que já nos conhecíamos há mais tempo. Ele é uma pessoa a que é fácil de aceder e acho que isso permitiu termos mais confiança, entrarmos nas brincadeiras e estamos aqui como já estivéssemos estado juntos muitas vezes», comentou Zicky.

Na quarta-feira 17 de março Seleção Nacional via defrontar os africanos antes das partidas decisivas de apuramento para o Campeonato da EuropaA Seleção Nacional de Futsal defrontará Marrocos no dia 8 de abril, em hora a anunciar, no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha, no Seixal.O encontro precedia as últimas duas partidas de qualificação para o Europeu 2022, a 12 e 14 de abril, diante da Noruega, no mesmo local. O campeão europeu liderava o Grupo 8 de apuramento com oito pontos, mais um do que Chéquia e Polónia.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Czech Republic, Portugal, Poland, Norway

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Afonso Jesus assinala à qualificação da Seleção para o EuroFutsal’22: «Nem penso em não ganhar os dois jogos…»
>>>>>Bebé volta à Seleção, vive uma «felicidade tremenda» e promete «atrapalhar escolhas» – April 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Estreantes assumem surpresa à chegada da concentração da seleção lusa de futsal – (ojogo-pt)
>>>>>Nilson, jogador da seleção de futsal: «Temos a obrigação de estar nas fases decisivas» – April 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Governo italiano vai estudar soluções para receber público no Euro2020 – April 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Governo francês admite possibilidade de adiamento do Roland Garros – April 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>UCI anuncia adiamento da clássica Paris-Roubaix – April 01, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>«A receita para ganhar contra a Noruega é sermos Portugal» – April 07, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 195 30 NONE 29 Nós: 1, (tacit) nós: 21, nós: 3, nos: 4
2 eu 340 80 NONE 24 (tacit) eu: 22, eu: 2
3 a Noruega 0 0 PLACE 10 a congénere Noruega: 1, Noruega: 2, a Noruega: 7
4 Nilson 140 0 PERSON 9 Nilson: 7, (tacit) ele/ela (referent: Nilson): 2
5 jogos 0 0 NONE 9 os jogos frente: 1, dois jogos: 1, seus jogos: 1, os jogos: 2, quatro jogos: 2, jogos iguais: 1, os dois jogos: 1
6 André Galvão 35 0 PERSON 8 (tacit) ele/ela (referent: Galvão): 2, Ele (referent: Galvão): 1, André_Galvão: 1, Galvão: 1, André: 1, André_Galvão de os Leões_de_Porto_Salvo: 1, (tacit) ele/ela (referent: André_Galvão de os Leões_de_Porto_Salvo): 1
7 qualificação 0 0 NONE 7 esta qualificação: 1, a qualificação: 2, qualificação: 4
8 Bebé 0 0 PERSON 6 Bebé: 5, o guardião Bebé: 1
9 a seleção 0 0 ORGANIZATION 6 a (referent: a seleção): 1, a seleção: 4, (tacit) ele/ela (referent: a seleção): 1
10 jogador 40 0 NONE 5 o quinto jogador mais jovem: 1, o segundo jogador mais jovem: 1, º jogador: 1, jogador: 2