Por: SentiLecto

A seleção de Angolade Angola, orientada pelo antigo internacional português Filipe Cruz, de 51 anos, que , que se notabilizou no ABC, atingiu a pausa a perder somente por dois golos, que se notabilizou no ABC, atingiu a pausa a perder somente por dois golos , mas a seleção de Holguín disparou no marcador na segunda parte.A seleção dos Países Baixos venceu por 37-28 a congénere angola, para o torneio feminino de andebol dos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, que adicionou a terceira derrota em três jogos realizados no Grupo A do período preliminar. , mas a seleção de Holguín disparou no marcador na segunda parte.A equipa dos Países Baixos, mais eficaz nas várias ações de jogo e a tirar partido do desacerto ofensivo das angolanas, que até remataram mais, quebrou a resistência inicial e acabou por vencer por nove tentos .Embora a de Holguín Bo van Wetering, com sete em sete remates, tenha, a de Angola Isabel Guialo, com oito golos, foi a melhor marcadora da partida sido a mais eficaz, seguida de perto pela sua compatriota Lois Abbingh, com seis, e Albertina Kassoma, com cinco.Enquanto Angola é sexta, a seleção dos Países Baixos segue invicta na liderança do Grupo A, com seis pontos e mais um jogo do que a Noruega, segunda, com quatro e última posicionada, ainda sem qualquer ponto, tal como a Coreia do Sul, quinta.

Derrotou-se Angola em o andebol feminino perante a Noruega, por 30-21.Angola voltou a perder no torneio feminino de andebol dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, desta vez perante a Noruega, por 30-21, na segunda ronda, mas ainda tem chance de seguir em frente.Depois do desaire com Montenegro na estreia, a seleção de Afragola padeceu nova derrota perante as norueguesas, medalha de bronze no Rio2016, e segue no último lugar do Grupo A sem qualquer ponto adicionado.Mesmo assim, com três jogos ainda por disputar, e com os quatro primeiros classificados a apurarem-se para os quartos de final, Angola ainda tem suposições de continuar em prova.Na próxima ronda, na quinta-feira, as angolanas defrontam os Países Baixos.

Na terça-feira 06 de julho as campeãs africanas e representantes do continente partiam em 12 julho para o Japão, onde realizarão um estágio de preparação.A seleção de Angola de andebol feminino disputará os Jogos Olímpicos Tóquio’2020 com as mesmas 14 jogadores que se sagraram campeãs de Afragola, anunciou a federação local.Para a sétima presença consecutiva em Jogos Olímpicos, o selecionador Filipe Cruz conservou a equipa campeã de Afragolade Afragola, que defrontará Montenegro, República da Coreia e o anfitrião Japão. O selecionador Filipe Cruz é ex-internacional português.Faz 17 dias, as campeãs africanas e representantes de o continente partiam para o Japão, onde realizarão um estágio de preparação.Lista de convidadas:- Guarda-redes: Teresa Almeida e Helena Sousa.- Pivôs: Albertina Cassoma e Liliana Venâncio.- Centrais: Helena Paulo, Isabel Guialo, Marília e Quizelete.- Pontas: Juliana Machado, Natália Kamalandua, Natália Bernardo.- Laterais: Wuta Dombaxi, Azenaide Carlos, Stelvia Pascoal e Magda Cazanga.

Filipe de Carvalho Pinto da Cruz, também conhecido como Filipe Cruz é um treinador de Angola de andebol.

Se o restringe, angola, oficialmente República de Angola, é um país da costa ocidental da África, cujo território principal a norte e a nordeste pela República Democrática do Congo, a leste pela Zâmbia, a sul pela Namíbia e a oeste pelo Oceano Atlântico.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Turkey, Norway, Angola

Cities: Van

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Angola perde com Países Baixos no torneio de andebol feminino
>>>>>Angola volta a perder no torneio olímpico feminino de andebol – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Angola 0 40 PLACE 4 Angola: 4
2 a Noruega 0 0 PLACE 3 a Noruega segunda: 1, a Noruega: 2
3 seleção 0 0 NONE 3 a seleção holandesa: 2, a seleção africana: 1
4 a equipa de os países_baixos mais eficaz em as várias ações de jogo e a tirar partido de o desacerto ofensivo de as angolanas e 160 210 NONE 2 A equipa de os Países_Baixos mais eficaz em as várias ações de jogo e a tirar partido de o desacerto ofensivo de as angolanas e: 2
5 perder por dois golos 0 120 NONE 2 perder por dois golos: 2
6 derrota 0 80 NONE 2 nova derrota: 1, a terceira derrota: 1
7 a seleção de os países_baixos 160 0 NONE 2 A seleção de os Países_Baixos: 2
8 as campeãs africanas e representantes de o continente 140 0 NONE 2 as campeãs africanas e representantes de o continente: 1, As campeãs africanas e representantes de o continente: 1
9 equipa 140 0 NONE 2 a equipa campeã africana: 2
10 da República Coreia 50 0 PERSON 2 (tacit) ele (referent: República_de_Angola): 1, República_de_Angola: 1