Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Igreja-Fontinhas

Danny Esteves marcou o golo do triunfo do Fontinhas frente ao Mafra, para a Taça de Portugal.O Fontinhas fez história na Taça de Portugal ao suprimi o Mafra, líder da II Liga, com um golo ao cair do pano de Danny Esteves. O avançado de 26 anos virou herói na ilha Terceira, mas rejeita os holofotes.»Foi gostoso. Um momento que fica para a história, deseja na minha carreira, deseja na do clube. Berrar, com a bola dentro da baliza, foi fora de série, quando vejo aquele público. Mas heróis fomos todos, o mérito é de todos. Da maneira como defendemos, como nos comprometemos. Eu só empurrei para golo…», recordou a O JOGO.Este triunfo por 1-0 pode até ser uma homenagem a José Dias, outro herói, mas fora das quatro linhas. O enfermeiro desistiu do futebol e deixou a equipa há duas semanas devido à covid-19. «Corria o risco de ir trabalhar infetado sem saber. Não poderia colocar em causa os utentes. Foi difícil, mas era necessário. Numa situação de pandemia, era o que deveria ser feito», explicou.Os açorianos ambicionam estar na III Liga, competição que entra em cena na próxima época, e o treinador Francisco Agatão reforça o objetivo: «Somos um clube humilde, mas isso não nos impede de ter pretensão. Foi para isso que construímos o plantel.»

O Espinho venceu pela margem mínima e protagonizou uma outra surpresa na Taça de Portugal ao suprimi o Chaves.O Espinho, do Campeonato de Portugal, recebeu e venceu o Chaves, da II Liga, por 1-0 e seguiu em frente na Taça de Portugal. O marcador do golo da formação de Aveiro foi Miguel Pereira.Depois do Fontinhas derrotar o Mafra, líder da II Liga, os espinhenses protagonizam nova surpresa na prova rainha.Se o suprimiu de a Taça de Portugal, o golo da partida chegaria no segundo minuto do tempo de compensaçãoO Mafra, que lidera a II Liga , a o perder por 1-0 com o Fontinhas, equipa açoriana que se estreia esta época em o Campeonato de Portugal.Quando já se antevia o prolongamento, a partida, disputada no Estádio Municipal da Praia da Vitória , teve somente um golo, de Daniel Esteves.O golo da partida chegaria no segundo minuto do tempo de compensação, com um passe em profundidade para Dani Esteves, que passou pelo guarda-redes e atirou a bola para o fundo da baliza do Mafra.Jogo no Estádio Municipal da Praia da Vitória, nos Açores.Fontinhas -Mafra, 1-0.Aa pausa: 0-0.Marcador:1-0, Daniel Esteves, 90+2 minutos.Fontinhas: Gonçalo Toste, Diogo Moniz, Miguel Oliveira, Diogo Careca, Itto Cruz, João Peixoto, Joazimar Stebh, Jordanes Medeiros , Luciano Serpa, Bruno Mendonça e Dani Esteves..Treinador: Francisco Agatão.Mafra: Carlos Henrique, Tomás Domingos, Miguel Lourenço , Bruno, Gui Ferreira, Andrézinho, Kaka , Cuca, Rodrigo Martins , Camará e Moura ..Treinador: Filipe Candido.Juiz: David Silva.Ação disciplinar: Cartão amarelo Itto Cruz Diogo Careca . Itto Cruz é bruno .Assistência: 210 espetadores.Francisco Agatão falou aos jornalistas depois da equipa açoriana do Campeonato de Portugal ter suprimido o Mafra, líder da II Liga, na segunda eliminatória da Taça de PortugalSobre o jogo: «Antes de mais, dar os parabéns pela excelente atitude, pela dedicação e pela entrega que o grupo de trabalho teve. Francisco Agatão é treinador do Fontinhas. Satisfizeram à risca aquilo que nós estabelecemos como plano de jogo. Sabíamos que o Mafra era, de facto, o grande favorito. Não é por acaso que está na liderança da II Liga. Nós, de alguma maneira, demos o domínio do jogo ao oponente, mas a grande chance da primeira parte foi nossa. De facto, tiveram domínio acentuado do jogo, alguns cantos, mas em termos práticos, em termos de chances para poderem materializar não houve nada de concreto e nada se o viu .»Empenho e prémio: «Depois uma segunda parte onde tivemos de sofrer um pouco mais, fruto da acutilância ofensiva que o adversário meteu, uma ou outra situação de alguma aflição, e no final fomos de alguma forma premiados pela persistência, pela atitude, pela dedicação, pela generosidade destes jogadores, que souberam ser humildes ao contrário de outros que aqui chegaram e desejaram impor normas, leis e coisas por demais. Hoje foi, com certeza nenhuma, o triunfo da humildade.Resposta: «Esta crítica é para quem está no futebol profissional e compreende que está acima de todos os outros. É para que compreendam que o futebol é, de um modo geral e sobretudo na Taça, um jogo do povo. E nós demos essa resposta dentro de campo, com a nossa humildade, com o nosso crédito. Fomos contentes, obviamente, mas fizemos tudo por merecer essa alegria».

Na sexta-feira 02 de outubro equipa de Noruega venceu o encontro por 3-1O Penafiel recebeu e venceu o Mafra, por 3-1, e impôs, assim, a primeira derrota ao líder da II Liga no encontro inaugural da quinta jornada do campeonato.Quando Wagner recebeu um passe entre os centrais oponentes, o vitória penafidelense começou a ser construído logo aos seis minutos e ficou isolado, batendo o guarda-redes Godinho.Enquanto alguns jogadores de Penarth queixar-se com o Juiz por ter ignorado a indicação, pouco depois, o Mafra ameaçou Luís Ribeiro com um remate de longe de fora de jogo dada pelo seu auxiliar.O Mafra reagiu bem ao golo, conquistou um livre e um canto seguidos, Andrezinho forçou Luís Ribeiro a uma boa defesa, aos 13 minutos, e quando Mateus ficou, o Penafiel podia ter feito o 2-0 no minuto seguinte isolado, mas este atirou para grande intervenção de Godinho.Numa altura em que o Mafra tinha aumentado e começava a ter mais bola e mais bola e mais iniciativa atacante, o líder da II Liga perdeu o seu progredido Okitokandjo, por lesão, e trocou-o por Moura.A segunda parte iniciou praticamente com o 1-1, por Gui Ferreira, na cobrança de um livre direto, em que bola padeceu um desvio e Luís Ribeiro ficou batido.Depois de o guardião do Penafiel ter impedido o Mafra de se adiantar, Gustavo Henrique fez 2-1 para os locais, aos 64, cinco minutos após ter entrado para o lugar de Wagner.O golpe final nas ambições do Mafra ocorreu aos 71 minutos, de grande penalidade, por falta cometida sobre o irrequieto Gustavo Henrique. Chamado a cobrar a falta, Mateus não perdoou e fez o 3-1 final.Com um futebol pragmático, intenso e agressivo na luta pela bola, o Penafiel ganhou bem este encontro frente a um Mafra que tem um estilo atraente, mas às vezes macio e que cometeu muitos erros no eixo central da sua defesa.

Fontinhas é uma clientela de Portugal do concelho da Praia da Vitória, com 17,09 quilômetro² de área e 1 594 moradores .

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»Berrar, com a bola dentro da baliza, quando vejo aquele público…»
>>>>>Espinho vence Chaves e segue em frente na Taça de Portugal – October 11, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>»Estes jogadores foram humildes, ao contrário de outros. A Taça é do povo» – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Fontinhas brilha na Taça e elimina Mafra, líder da II Liga – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>DIRETO: FC Porto e Sporting disputam a final da Taça de Portugal – October 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>»Espero que o Sporting-FC Porto seja o último clássico desta época sem público» – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>FC Porto vence Benfica e está na final da Taça de Portugal – October 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>DIRETO BASQUETEBOL | Final four da Taça de Portugal: FC Porto-Benfica – October 07, 2020 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Sporting marca encontro com o FC Porto na final da Taça de Portugal – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 240 40 NONE 15 Nós de alguma forma: 1, nos: 2, nós: 2, (tacit) nós: 10
2 o Mafra 180 0 PLACE 9 O Mafra: 1, um Mafra: 2, o Mafra: 6
3 Francisco Agatão 0 0 PERSON 5 Treinador Francisco_Agatão: 1, o treinador Francisco_Agatão: 1, (tacit) ele/ela (referent: Francisco_Agatão): 2, Francisco_Agatão (apposition: treinador de o Fontinhas): 1
4 a Taça_de_Portugal 0 0 OTHER 5 a Taça_de_Portugal: 5
5 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 4, Eu: 1
6 Penafiel 95 70 ORGANIZATION 4 3-1O Penafiel: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Penafiel): 1, o Penafiel: 2
7 futebol 155 15 NONE 4 um futebol pragmático intenso e agressivo: 1, o futebol: 2, o futebol profissional: 1
8 Campeonato de Portugal 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: o Campeonato_de_Portugal): 2, o Campeonato_de_Portugal: 2
9 bola 0 0 NONE 4 bola: 1, a bola: 3
10 Luís Ribeiro 60 30 PERSON 3 Luís_Ribeiro: 2, (tacit) ele/ela (referent: Luís_Ribeiro): 1