Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Manchester United FC logo

Primeiro-ministro britânico saudou a saída dos clubes ingleses do grupo fundador da competição.Boris Johson defendeu esta quarta-feira que a saída dos clubes ingleses da Superliga Europeia é «o resultado certo para os adeptos do futebol, clubes e comunidades em todo o país». Boris Johson é o primeiro-ministro britânico.»Saúdo o anúncio de ontem [terça-feira] à noite. Este é o resultado certo para os adeptos do futebol, clubes e comunidades em todo o país», escreveu na rede social Twitter.»Temo que continuar a proteger o nosso acarinhado jogo nacional», adicionou o governante.Os seis clubes ingleses co-fundadores da denominada Superliga Europeia – Arsenal, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Tottenham e Chelsea – anunciaram a desistência da competição.O Manchester City foi o primeiro dos clubes ingleses a formalizar, na terça-feira, a saída da Superliga, seguindo-se, pouco depois e praticamente ao mesmo tempo, Arsenal, Liverpool, Manchester United e Tottenham, antes de o Chelsea consumar o desamparo de toda a «elite» do futebol britânico, já na madrugada de hoje.Com o anúncio da saída do Chelsea, o grupo de clubes fundadores da Superliga fica diminuído a metade, restando somente seis dos primeiros 12 símbolos que foram anunciados há pouco mais de 48 horas: os espanhóis Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid e os italianos Milan, Inter de Milão e Juventus.As equipas de Espanha do Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid e os italianos Juventus, Inter de Milão e AC Milan conservam a proposta de uma nova competição europeia, «porque o sistema atual não funciona». A saída dos ingleses Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham não provoca nenhuma mudança, adicionaram.No domingo, Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, Barcelona, Inter, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham anunciaram a criação da Superliga europeia, à revelia de UEFA, federações nacionais e vários outros clubes.A competição calculava ser disputada por 20 clubes, 15 dos quais fundadores – apesar de só terem sido revelados 12 – e outros cinco, qualificados anualmente.

A Premier League emitiu um comunicado para condenar a eventual criação de uma Superliga Europeia, que reuniria os clubes mais poderosos do futebol europeu e seria uma «substituição» da atual Liga dos Campeões.Pouco depois de ser conhecida a notícia de que cinco clubes ingleses vão ter dado o «sim» à criação de uma Superliga Europeia, a Premier League emitiu um comunicado a condenar «qualquer proposta que aagridaos princípios da competição aberta e do mérito desportivo.O organismo mostra-se contra a eventual criação desta nova competição para as elites do futebol europeu e explica que a prova teria um efeito «prejudicial nas perspetivas imediatas e futuras» da Premier League e dos clubes.Refira-se que, neste domingo, o jornal «The Times» escreve que 11 clubes já deram o «sim» à entrada nesta prova, que surgiria como aopçãoà Champions: Manchester United, Liverpool, Arsenal, Chelsea e Tottenham são alguns deles. Dos grandes clubes ingleses, somente falta o Manchester City.Adivinha-se, a julgar, por esta informação, uma verdadeira «combate aberto», depois de a UEFA e da FIFA já terem ameaçado com sanções aos clubes que participem em competições não reconhecidas pelos dois organismos. O » The Times» fala mesmo no possível recurso aos tribunais.Comunicado oficial da Premier League:A Premier League condena qualquer proposta que agrida os princípios da competição aberta e do mérito esportivo que estão no centro da pirâmide do futebol nacional e europeu.Os fãs de qualquer clube em Inglaterra e em toda a Europa podem, atualmente, sonhar que a sua equipa possa subir ao topo e jogar contra os melhores. Acreditamos que a concepção de uma Superliga Europeia iria arruinar este sonho.A Premier League orgulha-se de dirigi uma competição de futebol competitiva e convincente que a tornou na liga mais vista do mundo. O nosso êxito permitiu-nos dar uma contribuição financeira inigualável para a pirâmide do futebol nacional.Uma Superliga Europeia vai minar o pedido de todo o jogo, e vai ter um efeito profundamente prejudicial nas perspetivas imediatas e futuras da Premier League e dos seus clubes membros, e de todos aqueles no futebol que dependem do nosso financiamento e solidariedade para prosperar.Vamo trabalhar com os adeptos, a FA, EFL, PFA e LMA, bem como com outras partes interessadas, no país e no estrangeiro, para defender a integridade e as perspetivas futuras do futebol inglês, no melhor interesse do jogo.Ora, entre as primeiras reações à SuperLiga Europeia está a do presidente da LaLigaA UEFA prepara-se para oformalizar esta segunda-feira, o novo formato da Liga dos Campeões, a entrar em vforcitaem 2024, mas as últimas informações dão conta que a ideia de instituir uma Superliga Europeia não está esquecida.Escreve o jornal «The Times» que 11 clubes já deram o «sim» à entrada nesta prova, que surgiria como aopçãoà Champions: Manchester United, Liverpool, Arsenal, Chelsea e Tottenham são alguns deles. Dos grandes clubes ingleses, somente falta o Manchester City.Adivinhava-se, a julgar, por esta informação, uma verdadeira «combate aberto», depois de a UEFA e da FIFA já terem ameaçado com sanções aos clubes que participem em competições não reconhecidas pelos dois organismos. O » The Times» fala mesmo no possível recurso aos tribunais.Ora, entre as primeiras reações está a do presidente da LaLiga, Javier Tebas, recentemente eleito como representante das Ligas Europeias no comité executivo da UEFA. O dirigente de Espanha deixa bem clara a rejeição total deste projeto: «Considero isto como a Liga Power Point. Estes clubes provam uma total falta de compreensão de como funciona a indústria. Claro que nem a UEFA nem as ligas a aceitarão», declarou este domingo.De acordo com o jornalismo internacional, 11 clubes europeus vão ter consentido com a criação de um Superliga Europeia.A UEFA, as Federações de Inglaterra, espanhola e italiana e as ligas dos três países supramencionados emitiram este domingo um comunicado conjunto a condenar as notícias que dão conta da criação iminente de uma Superliga Europeia por parte de clubes de Inglaterra, espanhóis e italianos.Deste comunicado conjunto, depreende-se que alemães e franceses não estarão incluídos no lote de equipas que desejam a nova competição.Assim, e de acordo com a Gazzetta dello Sport, os 11 clubes que vão ter dado o «sim» à prova são: Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, de Espanha, Juventus, Inter e Milan, de Itália, Manchester United, Liverpool, Arsenal, Tottenham e Chelsea, de Inglaterra.Lembre-se que a UEFA prepara-se para formalizar, esta segunda-feira, o novo formato da Liga dos Campeões, a entrar em forcita em 2024.

Na apesar de ter vencido o jogo da segunda mão frente ao Chelsea, terça-feira 13 de abril o FC Porto caiu nos quartos de final da Liga dos Campeões.Apesar de ter caído nos quartos de final, o FC Porto embolsou mais de 73 milhões de euros na Liga dos Campeões 2020/21 , com um 1-0 ao Chelsea que não invalidou o 0-2 da primeira mão.A bicicleta de Taremi, aos 90+4 minutos, só serviu de consolação, pois nem euros valeu aos portistas, já que, neste período, somente a equipa apurada ganhava – o Chelsea lá levou mais 12 milhões de euros, por ser semi-finalista.Ao todo, em prémios diretos, o FC Porto totalizou 73,542 milhões de euros, os últimos 10,5 por ter superado nos oitavos de final a poderosa Juventus, de Cristiano Ronaldo.Ao valor já arrecadado acrescia ainda o do market pool, relacionado com os direitos televisivos. A UEFA distribuiria um total de 292 milhões de euros pelos 32 clubes, em função do valor proporcional dos países, sendo que, com a assistência do Benfica, o FC Porto recebia em 2020/21 os 100% de Portugal.Antes de começar a participação, o conjunto de Portugal já tinha quase 42 milhões no bolso, mais precisamente 41,842, 15,25 como valor fixo pela presença na período de grupos e 26,592 pelo nono lugar, entre os presentes, no ranking da UEFA a 10 anos.Entre as 32 equipas que chegaram àofperíodode grupos, os dragões asomentep perdiampara Real Madrid , Bayern, Barcelona, Atlético Madrid, Chelsea, Juventus, Manchester United e Paris Saint-Germain.Lá no fundo, os húngaros do Ferencvaros ainda arrecadaram uma parcela .O FC Porto partiu acima dos 41 milhões de euros e contabilizou mais de 21 no período de grupos, pelos resultados conseguidos e pelava apuramento para os oitavos de final.Os quatro triunfos, duas rostito ao Olympiacos e outros tantos frente ao Marselha, valeram 10,8 milhões de euros , o empate, na receção ao Manchester City, mais 0,9, enquanto a qualificação deu aos dragões 9,5.

O Manchester United Football Club é um clube de Inglaterra, acolhido em Trafford, na região metropolitana manchega, sendo um dos times mais populares e mais bem sucedidos da Inglaterra e do mundo.

Juventus Football Club, é um clube de futebol de Italia, também conhecida como Juventus de Turim, Juve ou ainda A Velha Senhora .

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Spain, United Kingdom

Cities: Barcelona, Liverpool

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Boris Johnson reage à saída dos «Big Six» do grupo de fundadores da Superliga
>>>>>Premier League «condena» possibilidade de criação de uma Superliga Europeia – April 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Norwich City confirma regresso à Premier League sem sair do sofá – April 17, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Chelsea bate Manchester City e está na final da Taça de Inglaterra – April 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Com Rúben Dias e Bernardo titulares, Manchester City avança para as meias-finais – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Tuchel e ainda o Chelsea-FC Porto: «Se é para perder, que seja depois de venceres por 2-0» – April 16, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Sérgio Oliveira: «Sou adepto do FC Porto e se estivesse de fora estaria orgulhoso» – April 13, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>«Chelsea-FC Porto? Até o resultado de terça-feira me dizer o contrário…» – April 11, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Já apitou dois jogos da seleção portuguesa e agora dirige o Chelsea-FC Porto – April 11, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>FC Porto começou a preparar o jogo com o Chelsea e teve este apoio no Olival – April 11, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Sérgio Conceição visa Tuchel: «Fui insultado por este senhor» – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>FC Porto somou primeira vitória fora com equipas inglesas… em Espanha – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Guardiola sem dúvidas: «O Chelsea é das melhores equipas da Europa» – April 16, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>FC Porto «digno e dominante» e Tuchel «nervoso»: o que se escreveu pela Europa fora – April 14, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Uma dúvida no plantel do Chelsea para o reencontro com o FC Porto – April 12, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Revelam os milhões pedidos por Aguero para assinar contrato com a Juventus – April 14, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Apontam Ronaldo a Paris e indicam três nomes na lista da Juventus – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Sérgio Oliveira: «Conseguimos derrotar uma super-Juventus, com o melhor do Mundo» – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Dani Alves revela o motivo para ter saído da Juventus – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Possível lesão de De Bruyne preocupa Guardiola para a semifinal da Champions: ‘Não parece muito bom’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Reação à Superliga Europeia: «Considero isto como a Liga Power Point» – April 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Exclusivo Nova Champions tem mais seis datas: o modelo, o acesso e os prémios – April 17, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Saiba quais os clubes que terão dito «sim» à Superliga Europeia – April 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>UEFA, Federações e Ligas reiteram sanções a clubes que participarem na Superliga – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 clubes 100 0 NONE 15 Estes clubes: 1, os grandes clubes ingleses: 2, os clubes: 5, cinco clubes ingleses: 1, clubes ingleses espanhóis e italianos: 1, seus clubes membros: 1, 11 clubes: 2, 11 clubes europeus: 1, os 32 clubes: 1
2 Premier League 125 80 ORGANIZATION 9 (tacit) ele/ela (referent: A Premier_League): 1, A Premier_League: 3, a (referent: A Premier_League): 1, a Premier_League: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Premier_League): 2
3 eu 80 5 NONE 9 (tacit) eu: 9
4 Chelsea 0 60 ORGANIZATION 7 (tacit) ele/ela (referent: o Chelsea): 2, o Chelsea: 5
5 Manchester City 120 0 ORGANIZATION 7 O Manchester_City: 1, o Manchester_City: 3, (tacit) ele/ela (referent: o Manchester_City): 3
6 o FC_Porto 170 0 PLACE 6 o FC_Porto: 3, O FC_Porto: 2, (tacit) ele/ela (referent: o FC_Porto): 1
7 euros 0 0 NONE 6 euros: 6
8 prova 0 0 NONE 6 a prova: 2, esta prova: 4
9 UEFA 0 0 ORGANIZATION 5 a UEFA: 1, A UEFA: 1, A UEFA as Federações inglesa espanhola e: 1, nem a UEFA nem as ligas: 1, (tacit) ele/ela (referent: nem a UEFA nem as ligas): 1
10 nós 150 0 NONE 4 nos: 1, (tacit) nós: 3