Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Dina Asher-Smith London 2017

A britânica, de 25 anos, revelou que esteve quase a renunciar de viajar para a capital japonesa, após uma reavaliação da lesão.A britânica Dina Asher-Smith desistiu de participar na mesma prova dos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, devido a uma lesão na coxa, anunciou, este sábado, a desportista. A britânica Dina Asher-Smith é campeã global dos 200 metros.Dina Asher-Smith à BBC, em lágrimas, pouco depois de ter ido esuprimidanas meias-finais da prova olímpica dos 100 metros.A lamentou: «Desistirei , as minhas últimas semanas como desportista foram absolutamente terríveis». britânica, de 25 anos, revelou que esteve quase a renunciar de viajar para a capital japonesa, após uma reavaliação da lesão, mas já não vai alinhar nas eliminatórias dos 200 metros, que se começam na segunda-feira.

Francisco Santos completou 100m costas num novo máximo nacional e Ana Catarina Monteiro fez o melhor resultado em 200m mariposa entre os desportistas em provaA natação de Portugal conseguiu nas piscinas de Tóquio’2020 um recorde nacional, de Francisco Santos nos 100 metros costas, e uma inédita meia-final feminina, por Ana Catarina Monteiro nos 200 mariposa, com várias marcas aquém do esperado.Ana Catarina Monteiro acabou por fazer nos 200 metros mariposa o melhor resultado dos desportistas em prova, com um 11.º lugar, nas meias-finais, que é o terceiro melhor registo de Portugal nas piscinas de Jogos Olímpicos, conseguindo o registo com uma marca de 2.09,82 minutos.Francisco Santos foi o outro nadador em destaque no séquito de Lusaka, com o 28.º melhor tempo nas eliminatórias dos 100 metros costas e um novo máximo nacional, de 54,35 segundos.Mais tarde, foi 22.º nos 200 costas, fazendo um balanço da estreia «bastante positivo, apesar de tudo».»Na natação, as coisas têm sido bastante complicadas. O nível de competição é bastante elevado e a pressão está ao mais alto nível. Conseguimos todos superar-nos e acho que ter feito o recorde nacional dos 100 metros foi uma ótima forma de me estrear nos Jogos», disse à Lusa.Nos 200 metros, ficou «um pouco aquém das expetativas», confessou, mas «a experiência em si valeu a pena».Portugal tinha ainda esperanças, goradas, nos 200 estilos, em que Gabriel Lopes foi 21.º e Alexis Santos, já «repetente» depois do Rio’2016, 28.º na distância, sem marcas de prestígio, enquanto Tamila Holub, que também tinha estado no Brasil, foi 25.ª nos 800 metros livres.Nos 1.500 metros livres, Tamila Holub foi 22.ª e Diana Durães 23.ª, falhando quaisquer recordes ou novas marcas pessoais, além do acesso àoppróximofperíodo»Claramente desejava algo melhor. Os 1.500, na segunda-feira, já me deixaram inquietada, estava claramente a preparar uma prova melhor. O desporto é um pouco ingrato, temos de saber lidar com isso. Vim estimulada para esta prova, desejava fazer um melhor resultado», admitiu a nadadora.Antes, já José Paulo Lopes havia sido 20.º nos 400 estilos, com novo recorde pessoal, nos 4.16,52 minutos, sendo depois 23.º nos 800 livres.»Superámo-nos, a tudo e a todos, conseguimos estar nos Jogos ao mais alto nível, mesmo não correspondendo a todos os momentos. Estaremos sem dúvida daqui a três anos a lutar por melhores classificações», referiu Francisco Santos.A participação de Portugal prossegue no dia 04 de agosto, com Angélica André nas águas abertas, na quais Tiago Campos entra em ação no dia seguinte.A desportista do Sporting foi a primeira portuguesa a competir nas provas de atletismo de Tóquio’2020, na pista do Estádio Olímpico, onde volta na segunda-feira para as eliminatórias dos 200 metros.suprimiu-se A de Portugal Lorène Bazolo em a primeira ronda de os 100 metros de os Jogos Olímpicos, a o concluir em quarto lugar quarta série de as eliminatórias, com o tempo de 11,31 segundos.Bazolo, de 38 anos, precisava de ficar nos três primeiros lugares da sua série ou de conseguir um dos três melhores tempos entre as não apuradas diretamente das sete séries, o que não conseguiu.A desportista do Sporting, que tem como melhor marca pessoal o recorde nacional , foi a primeira portuguesa a competir nas provas de atletismo de Tóquio’2020, na pista do Estádio Olímpico, onde volta na segunda-feira para as eliminatórias dos 200 metros.No Rio2016, Bazolo foi 28.ª nos 100 metros e 30.ª nos 200, depois de ter sido 52.ª no hectómetro, em Londres2012, então encarnando o Congo.Depois de há dois dias ter ficado a cinco centésimos do registo da dinamarquesa Rikke Möller Pederson, que tinha a melhor marca de sempre desde 1 de agosto de 2013, com 2.19,11 minutos, Schoenmaker arrasou-o agora por 16 centésimos na final.A sul-africana Tatjana Schoenmaker foi a grande figura da jornada de finais de natação dos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, ao estabelecer o primeiro recorde global individual, com a vitória nos 200 metros bruços.Depois de há dois dias ter ficado a cinco centésimos do registo da dinamarquesa Rikke Möller Pederson, que tinha a melhor marca de sempre desde 1 de agosto de 2013, com 2.19,11 minutos, Schoenmaker arrasou-o agora por 16 centésimos na final.Depois da prata nos 100 metros bruços, a sul-africana ganhou o ouro nos 200 em 2.18,95 minutos, sendo secundada por duas norte-americanas: já bronze no hectómetro, Lilly King foi segunda, em 2.19,92, e Annie Lazer terceira, em 2.20,84.Na outra final feminina do dia, a de Australia Ema McKeon adicionou o segundo ouro em Tóquio2020, depois do vitória nos 4×100 metros livres, ao ganhar a distância individual em 51,96 segundos.McKeon melhorou o recorde olímpico, que já batera há dois dias, com 52,13 segundos, mas ficou longe da melhor marca de sempre, da sueca Sarah Sjöström .Siobhan Bernardete Haughey, de Honk Kong, foi segunda, em 52,27 segundos, lembre da Ásia, repetindo a prata conquistada nos 200 metros livres, atrás de Ariarne Titmus, enquanto, com 52,52, a de Australia Cate Campbell levou o bronze, após o ouro nos 4×100.No setor masculino, destaque para o de Rusia Evgeny Rylov, que fez o pleno da disciplina de costas, ao vencer os 200 metros, com um recorde olímpico de 1.53,27 minutos, depois do vitória nos 100, sendo que também arrebatou a prata nos 4×200 livres.Enquanto o bronze foi para o britânico Luke Greenbank, o norte-americano Ryan Murphy onde Rylov foi terceiro, teve de contentar-se com o segundo lugar, em 1.54,15 minutos em 1.54,72. O de Noruega Ryan Murphy é campeão olímpico no Rio2016.Nos 200 metros estilos, o chinês Wang Shun, que tinha sido terceiro classificado no Brasil, há cinco anos, consagrou-se como sucessor do norte-americano Michael Phelps, ao vencer a final com o registo de 1.55,00 minutos.O britânico Duncan Scott ficou com a prata, em 1.55,28 minutos, e o suíço Jeremy Desplanches com o bronze, em 1.56,17.Os Estados Unidos não conquistaram qualquer título, mas Caeleb Dressler, já de ouro nos 100 metros livres e nos 4×100 livres, mostrou que está pronto para novo título, ao bater o recorde olímpico dos 100 mariposa nas «meias», com 49,71 segundos.

Dina Asher-Smith é uma velocista britânica, medalhista olímpica e campeã global.

Jogos Olímpicos de Verão de 1964, conhecidos oficialmente como os Jogos da XVIII Olimpíada foram os Jogos Olímpicos realizados em Tóquio, no Japão, entre 10 e 24 de outubro de 1964, os primeiros a ser realizados na Ásia.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Campeã global dos 200 metros desiste de Tóquio’2020 devido a lesão
>>>>>Natação portuguesa alcança recorde e uma meia-final inédita em Tóquio – (ojogo-pt)
>>>>>Lorène Bazolo eliminada na primeira ronda dos 100 metros – (ojogo-pt)
>>>>>Schoenmaker brilha na natação com primeiro recorde mundial individual – July 30, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Tatjana Schoenmaker bate recorde olímpico nos 200 bruços – July 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Norte-americana Amber English bate recorde olímpico em prova de tiro – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Recorde olímpico dos 100 metros costas femininos volta a cair – July 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Espanha arrasa África do Sul e bate recorde olímpico no polo aquático – July 24, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Francisco Santos 28.º nos 100 metros costas com recorde nacional – July 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Arqueira An San bate primeiro recorde olímpico dos Jogos de Tóquio – July 23, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Irão conquista ouro no tiro com novo recorde olímpico – July 24, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Natação: José Paulo Lopes falha final, mas garante recorde pessoal – July 24, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Sul-africana Tatjana Schoenmaker bate recorde olímpico dos 100 bruços – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Carissa Moore conquista título olímpico de surf feminino – July 27, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Yolanda Sequeira relegada para a repescagem no surf feminino – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Surf português em ação nos Jogos: «O que se passou aqui hoje foi histórico» – July 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Teresa Bonvalot e uma curiosidade nos Jogos: «»Há uns dias estavam a gozar com isso…» – July 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Surf feminino: Yolanda Sequeira junta-se a Teresa Bonvalot na terceira ronda – July 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Surf: Teresa Bonvalot cai na terceira ronda frente a Silvana Lima – July 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Telma Monteiro sonha com novo pódio em dia decisivo para o andebol – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Nadador russo conquista ouro e quebra invencibilidade histórica dos Estados Unidos – July 27, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Milák é ouro nos 200m borboleta com recorde olímpico; Leo de Deus fica em 6º – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 290 0 NONE 13 (tacit) eu: 11, me: 2
2 metros 240 0 NONE 7 os 1.500 metros livres: 1, os 200 metros: 1, os 100 metros costas: 1, os 4×100 metros livres: 1, os 200 metros livres: 1, os 100 metros bruços: 1, os 100 metros: 1
3 Lorène Bazolo 80 15 PERSON 4 A portuguesa Lorène_Bazolo: 1, Bazolo: 1, (tacit) ele/ela (referent: Bazolo de 38 anos): 1, Bazolo de 38 anos: 1
4 marca 400 0 NONE 4 a melhor marca: 2, melhor marca pessoal: 1, melhor marca: 1
5 nós 30 0 NONE 4 nos: 1, (tacit) nós: 3
6 prata 140 40 NONE 3 a prata: 2, a prata conquistada: 1
7 a atleta de o sporting 440 0 NONE 3 A atleta de o Sporting: 3
8 recorde 200 0 NONE 3 o recorde nacional: 1, o recorde olímpico: 2
9 Dina Asher-Smith 70 0 PERSON 3 Dina_Asher-Smith: 2, A britânica Dina_Asher-Smith (apposition: campeã mundial de os 200 metros): 1
10 Francisco Santos 30 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Francisco_Santos): 1, Francisco_Santos: 2