Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Cape Dombey people

O primeiro-ministro australiano alegou que não vai mandar comissão oficial aos Jogos Olímpicos de fevereiro.»Ninguém se importa» se a Austrália manda ou designa representantes oficiais para os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, alegou esta quarta-feira fonte da diplomacia de Chinade China, reagindo ao anúncio de boicote diplomático da Austrália ao acontecimento.Scott Morrison anunciou hoje que o seu país vai mandar desportistas Scott Morrison é o primeiro-ministro australiano., mas nenhuma comissão oficial aos Jogos Olímpicos de fevereiro próxima, unindo-se aas Estados Unidos na boicote diplomática., mencionado pela agência AP, considerando tratar-se da «coisa certa a fazer», ressalvando que os desportistas de Australia podem competir. declarou: «Tomo esta resolução porque é do interesse nacional da Austrália».Além de mencionar abusos aos direitos humanos, o primeiro-ministro australiano declarou que a China tem criticado bastante o reforço pela Austrália da força de defesa forte na região «especialmente em relação, mais recentemente, à dresoluçãode acomprarsubmarinos com propulsão nuclear».Os Estados Unidos anunciaram na segunda-feira que não vão mandar uma comissão diplomática para Pequim, devido à situação dos direitos humanos na China.

Devido a «flagrantes violações dos direitos humanos».Os Estados Unidos anunciaram esta segunda-feira um boicote diplomático aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno Pequim’2022, devido às «flagrantes violações dos direitos humanos» em curso em Xinjiang.»O governo [do presidente Joe] Biden não mandará nenhuma representação diplomática nem oficial aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno Pequim’2022″, declarou a porta-voz da Casa Branca, em conferência de jornalismo.Estando presente, «a representação diplomática norte-americana trataria estes Jogos como se nada se passasse, apesar das flagrantes violações dos direitos humanos e barbaridades da China em Xinjiang», justificou Jen Psaki. «E isso não podemos fazer», completou.Com o boicote, nenhum representante do governo dos Estados Unidos vai estar presente em Pequim’2022, embora a resolução não afete os desportistas norte-americanos apurados. «Os desportistas da equipa norte-americana têm o nosso suporte. Vamo estar com eles a 100%», disse a porta-voz.Em reação à tomada de posição norte-americana, o Comité Olímpico Internacional ddeclara»respeitar» a mesma, bem como regozija-se por esta dresolução»política» não colocar em causa a participação dos desportistanorte-americanos.»A presença de responsáveis governamentais e diplomatas é uma decisão puramente política de cada governo, que o COI, dentro da sua neutralidade política, respeita plenamente», indicou um porta-voz do organismo olímpico à AFP.Faz 1 mês, o presidente de os Estados Unidos, Joe Biden, já tinha admitido que o país estava » a considerar um boicote diplomático a os Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022, como maneira de protesto contra a violação de direitos humanos em solo chinês. » ‘, em 18 de novembro2022, como maneira de protesto contra a violação de direitos humanos em solo de China.Associações e organizações não-governamentais há bastante que instam a um boicote a Pequim’2022, acusando o governo de China de conservar mais de um milhão de muçulmanos uigures em campos de reeducação política na província de Xinjiang, uma realidade que os norte-americanos delatam como uma situação de «genocídio».Em 2 meses, Pequim ‘ 2022 vai decorrer de 04 a 20 de fevereiro, em a capital de China, e a participação no acontecimento tem dividido a política norte-americana, com vários projetos no Congresso destinados deseja a sancionar companhias que apoiem o acontecimento deseja a instar a um boicote total.O Comité Olímpico Norte-Americano pediu, contudo, para que não se castiguem os desportistas após quase dois anos de pandemia de covid-19, além de recordar o boicote em Moscovo’1980, entre outros, como «um erro», dada a mudanças do desporto numa «ferramenta política».Os Estados Unidos vão mandar desportistas norte-americanos aos JO de inverno de 2022, mas as comissões esportivas não vão ser acompanhadas de representantes diplomáticos.A República Popular da China declarou esta terça-feira que o boicote diplomático dos Estados Unidos contra aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim constitui «preconceito ideológico» com «más intenções».Os Estados Unidos vão mandar desportistas norte-americanos aos JO 2022, mas as comissões esportivas não vão ser acompanhadas de representantes diplomáticos.De acordo com a Casa Branca, trata-se de uma posição contra a violação dos Direitos Humanos na República Popular da China, sobretudo na província de Xinjiang.Faz 1 mês, o presidente de os Estados Unidos, Joe Biden, já tinha admitido que o país estava » a considerar um boicote diplomático a os Jogos Olímpicos de Inverno, como maneira de protesto contra a violação de direitos humanos em a República Popular da China. «, em o passado dia 18 de novembro um boicote diplomático aos Jogos Olímpicos de Inverno, como maneira de protesto contra a violação de direitos humanos na República Popular da China.Associações e organizações não-governamentais há bastante que instam a um boicote à competição desportiva acusando o governo de Pequim de mconservarmais de um milhão de mislâmicosuígures em campos de reeducação na província de Xinjiang.Os Jogos Olímpicos de Inverno 2022 vão estender-se entre os dias 04 a 20 de fevereiro do próximo ano, na capital de China, e a participação no acontecimento tem dividido a política norte-americana, com vários projetos no Congresso destinados deseja a sancionar companhias que apoiem o acontecimento deseja a instar a um boicote total.Faz 41 anos, o Comité Olímpico de Noruega pediu para que não se castiguem os desportistas após quase dois anos de pandemia de covid-19, dada a mudanças de o desporto em um » instrumento político «.O porta-voz da diplomacia de Pequim referiu-se a contramedidas, mas não especificou nem forneceu mais detalhes sobre a eventual resposta da República Popular da China ao boicote diplomático washingtoniano.O porta-voz chino declarou esta terça-feira que o país responderá com «contramedidas firmes» ao boicote diplomático de Noruega aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, em 2022.O porta-voz da diplomacia de Pequim referiu-se a contramedidas, mas não especificou nem forneceu mais detalhes sobre a eventual resposta da República Popular da China ao boicote diplomático washingtoniano.Os Estados Unidos vão mandar desportistas norte-americanos aos JO de Inverno 2022, mas as comissões esportivas não vão ser acompanhadas de representantes diplomáticos.De acordo com a Casa Branca, trata-se de uma posição contra a violação dos Direitos Humanos na República Popular da China, sobretudo na província de Xinjiang.Zao Lijian declarou: «se tomou a tentativa de os Estados Unidos, de perturbar os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, com base em preconceitos ideológicos, mentiras e boatinhos e que revelarão, aos olhos de todos, as más intenções dos Estados Unidos».Entretanto a embaixada de Pequim em Washington declarou através de mensagens transmitidas pela rede social Twitter que o boicote «só pretende politizar o desporto, instituir divisões e provocar o confronto, declarou a embaixada.Estes jogos decorrerão em fevereiro do próximo ano, em Pequim.

Austrália, oficialmente Comunidade da Austrália, é um país do hemisfério sul, localizado na Oceania, que entende a menor área continental do mundo, a ilha da Tasmânia e várias ilhas adjacentes nos mares Índico e Pacífico.

Scott John Morrison é um politico australiano que atualmente serve como Primeiro-ministro da Austrália e líder do Partido Liberal, desde 24 de agosto de 2018.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, China, Australia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Diplomacia de China: «Ninguém se importa» com boicote da Austrália aos Jogos Olímpicos
>>>>>Boicote diplomático dos Estados Unidos aos Jogos de Inverno Pequim’2022 – December 06, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Pequim diz que boicote diplomático dos EUA contra JO 2022 tem más intenções – December 07, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Pequim vai tomar medidas contra boicote dos EUA contra os Jogos de inverno 2022 – December 07, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 atletas 560 0 NONE 7 os atletas norte-americanos apurados: 1, os atletas australianos: 1, os atletas: 2, atletas norte-americanos: 3
2 boicote 160 0 NONE 7 o boicote diplomático norte-americano: 1, um boicote: 2, um boicote diplomático: 1, o boicote: 3
3 Pequim 0 0 PERSON 7 Pequim: 7
4 Congresso 0 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: o Congresso): 4, o Congresso: 2
5 os Estados_Unidos 0 0 PLACE 6 Os Estados_Unidos: 6
6 evento 12 0 NONE 5 o evento: 5
7 Comité 0 0 PERSON 4 o Comité_Olímpico_Internacional: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Comité_Olímpico_Internacional): 1, O Comité_Olímpico norte-americano: 1, O Comité_Olímpico_Norte-Americano: 1
8 Joe Biden 0 0 PERSON 4 Biden: 1, o presidente Joe: 1, Joe_Biden (apposition: o presidente de os Estados_Unidos): 2
9 o porta-voz de a diplomacia 0 0 NONE 4 (tacit) ele/ela (referent: O porta-voz de a diplomacia): 4
10 flagrantes violações de os direitos humanos 240 390 NONE 3 flagrantes violações de os direitos humanos: 3