Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – {{{caption}}}

Declarações do presidente do Benfica prestadas à BTV, canal do clube lde Lisboa em entrevista acerca da atualidade encarnada, feita três meses após ter sido eleito.Possibilidade de John Textor investir no Benfica: «Vai ser dos benfiquistas, enquanto eu aqui estiver o Benfica e não vai perder maioria do capital da SAD. Temos tido conversas com o Textor, ainda esta semana os dois vice-presidentes tiveram mais uma reunião, temos tentado ver se é oportuno ou não. Não fazemos nada de maneira leviana. Estamos a analisar até onde Textor possa ser oportuno para o Benfica. Textor não está a adquiri ações ao Benfica, mas temos entendimento que qualquer investidor possa aportar valor ao Benfica.é um processo em análise. Ainda não há nada definido. Posso garantir aos nossos sócios que podemos debater este assunto com vários. Vai ser dos benfiquistas, enquanto eu aqui estiver o Benfica e não vai perder maioria do capital da SAD.»

O empresário John Textor será um dos principais investidores do Botafogo e tem em mente que o clube brasileiro passe a cooperar e a «atuar em parceria» com outros clubes «da mesma prateleira, como o Benfica».John Textor investirá no Botafogo, da primeira divisão do futebol de Brasil, e falou com o GloboEsporte sobre o que pretende e quais são os seus projetos. E referiu o Benfica, clube do qual desejou ser parceiro – festejou um acordo com José António Santos para comprar 25 por cento das participações da SAD, mas o negócio não seguiu em frente.O empresário de Noruega deseja ver o Botafogo a ser parceiro de outros clubes, cooperando para «mapear e atrair habilidades».»Vocês sabem os outros clubes em que eu estou interessado [já investiu também no Crystal Palace], e são todos de primeira linha. É um relacionamento, não é necessariamente uma propriedade multi-clube. Espero que o Botafogo atue em parceria com outros clubes da mesma prateleira, como o Benfica. Isso jamais ocorreu antes. Nenhum clube tem que ser somente um satélite de outro. Qualquer clube é importante para os seus adeptos, para o seu país. Por que é que eu faria isso? Não tem lógica. Isso dá mais chances, quando falamos de cooperação. Utilizar essa identidade mundial para mapear e atrair habilidades», admitiu John Textor.Rui Costa, entrevista-se presidente de o Benfica, esta quarta-feira na BTV, canal do clubeDeclarações do presidente do Benfica prestadas à BTV, canal do clube lde Lisboa em entrevista acerca da atualidade encarnada, feita três meses após ter sido eleito.Auditoria forense à SAD: «A auditoria foi feita pela Ernest and Young. Faz 1 mês, exibiu nos os resultados, a mim, a o vice-presidente de a área jurídica e a advogados a 22 dezembro [ ]. A primeira foi feita a reboque do que foi feito pelo Ministério Público. Iniciámo nos primeiros três contratos que o Ministério Público levou para o inquérito. Se danificou o Benfica em esses três contratos, nada foi achado nem mostrou que [ em determinadas negócios de futebolistas ].»Constituir assistente no processo Operação Cartão Vermelho: «Se o decidiu por os nossos advogados que o Benfica não se iria constituir assistente porque não justificava para já tomada de posição, reservando para futura posição caso se venha a justificar. Percebo a situação porque prometi aos adeptos que seriam tal como me prometeram, entregue em outubro. Que isso foi entregue, não seria lógico da nossa parte quebrar o segredo de justiça, mesmo que desejássemos fazer alguma coisa no momento em. Os advogados sugeriram, juntamente com a companhia, era estender esta auditoria aos restantes contratos que o MP e a JP tinha em sua posse, ou seja, aos 55 contratos. Se houvesse alguma intenção de esconder, tinha-me ficado naqueles três contratos e deixar o processo como ele estava. Desejámo levar tudo até ao fim. E no final analisaremos em que ponto está a situação. Se pelo meio considerarmos que teremos que ser assistentes do processo assim o vamo ser. Alargámos a auditoria a todos os 55 contratos que o MP tem em mãos. Vou ser implacável neste processo, não deixando dúvidas a ninguém.»

Na quinta-feira 30 de dezembro devido ao agravamento da situação pandémica em Portugal.A Assembleia Geral extraordinária da Benfica SAD dedicada à recomposição doascposiçõessociais, agendada para 6 de janeiro, v vai decorreratravés de videoconferência, frostitoao agravamento da pandemia de covid-19, anunciou a SAD encarnada.Esta era a única mudança da reunião magna, que conservava um ponto único na ordem de trabalhos, que visava debater sobre a recomposição das posições sociais do conselho de gestão, do conselho fiscal e da mesa da AG, e votação dos membros das respetivos órgãos para a mandato relativa aa quadriénio 2021/2025, segundo a informação disponível na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários .»A evolução da situação epidemiológica em Portugal provocada pelo vírus SARS-CoV-2 e pelava enfermidade covid-19, designadamente a situação de incerteza trazida pela variante Ómicron, exigiu a adoção pelo Governo de medidas urgentes de resposta, nomeadamente, o alargamento do fase de contenção até ao dia 09 de janeiro de 2022 e a imposição de normas para os acontecimentos que tenham lugar até àquela data», l liase no documento emandadoao supervisor pelas ‘águias’.De resto, a Benfica SAD destacou que «em face das novas medidas do Governo, impunha-se a aplicação de dispositivos que permitam diminuir o risco dos eventuais conseqüência provocados pela execução de acontecimentos presenciais durante o referido fase, designadamente mediante o recurso a meios telemáticos».Na convocatória original, assinada pelo presidente da AG, Nuno Miranda de Magalhães, em 13 de dezembro, era enfatizado que houve votações no Benfica, principal acionista da SAD e titular da totalidade das ações de categoria A da sociedade, no passado dia 09 de outubro, pelo que «se justifica alinhar os mandatados dos membros dos órgãos sociais da Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD com os mandatos dos dirigentes do Sport Lisboa e Benfica». ruía Costa era assinalado para a posição de presidente do conselho de gestão da SAD, que contaria, entre outros, com Domingos Soares de Oliveira. Já Nuno Magalhães era sugerido para liderar a mesa da AG e João Augusto o Conselho Fiscal.Faz 7 dias, o encontro estava presencialmente, passando agora a ser feito por videoconferência.

O Sport Lisboa e Benfica ComC • MHIH • OB é um clube multidesportivo de Portugal, fundado em 1904 e acolhido na clientela de São Domingos de Benfica, em Lisboa.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»Esta semana, dois vice-presidentes tiveram nova reunião com Textor»
>>>>>John Textor fala em parcerias entre Botafogo e outros clubes e menciona Benfica – (ojogo-pt)
>>>>>EM DIRETO | Acompanhe a entrevista de Rui Costa – (ojogo-pt)
>>>>>Rui Costa e a auditoria à SAD do Benfica: «Alargámos aos 55 contratos que o MP tem. Serei implacável» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 263 25 NONE 24 eu: 4, (tacit) eu: 17, mim: 1, me: 2
2 nós 40 0 NONE 16 nos: 1, (tacit) nós: 15
3 Benfica 0 0 ORGANIZATION 11 (tacit) ele/ela (referent: o Benfica): 1, o Benfica: 10
4 contratos 0 0 NONE 9 esses três contratos: 1, três contratos: 2, os restantes contratos: 2, os 55 contratos: 1, contratos: 2, aqueles três contratos: 1
5 John Textor 50 36 PERSON 6 O empresário John_Textor: 1, (tacit) ele/ela (referent: John_Textor): 2, Textor: 1, John_Textor: 2
6 esta era a única alteração de a reunião magna 270 0 NONE 3 Esta era a única alteração de a reunião magna: 3
7 adeptos 240 0 NONE 3 os adeptos: 2, seus adeptos: 1
8 Botafogo 0 0 ORGANIZATION 3 o Botafogo: 3
9 Ministério Público 0 0 ORGANIZATION 3 o Ministério_Público: 2, (tacit) ele/ela (referent: o Ministério_Público): 1
10 auditoria 0 0 NONE 3 A auditoria: 1, a auditoria: 1, esta auditoria: 1