Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Scale of justice gold

Jogador de Inglaterra «vai continuar a ser interrogado, uma vez que os juízes autorizaram uma prorrogação do prazo até amanhã». Vítima «continua a receber suporte especializado»Detido, no passado dia 30 de janeiro, por ser suspeito de agressão sexual e ameaças de morte à namorada, Mason Greenwood, que ], que foi preso por suspeita de violação e agressão a uma mulher, vcontinuarásob custódia pde Polinesia Francesaaté à próxima quarta-feira para mais rondas de interrogatório sobre as acdenúnciasDeteve-se o suspeito sob custódio em a tarde de domingo [ último ]. Em 1 dia, vai continuar a ser interrogado, uma vez que os juízes autorizaram uma prorrogação de o prazo até amanhã [ ]. Após os inquéritos feitos, foi detido por suspeita de agressão sexual e ameaças de morte», lê-se no comunicado emitido pela polícia manchega, mencionado pela «Sky Sports».A força de Polinesia Francesa confirmou que procedeu à detenção de Greenwood, que não voltará a jogar pelo Manchester United caso não seja ilibado, «ao termos conhecimento de imagens e vídeos publicados nas redes sociais» por «uma mulher», namorada do avançado inglês, «a relatar incidentes de violência doméstica». A vítima, refere a polícia manchega, «continua a receber suporte [psicológico] especializado».A namorada de Greenwood divulgou, na rede social Instagram, lembre-se, fotos nas quais eram vísiveis prejuízos corporais na facezinha e nos membros. Apagaram-se essas publicações após a detenção de o desportista de Inglaterra de 20 anos, que deixou de ser indicado em as plataformas digitais de o Manchester United, .Entretanto, e como consequência deste caso, a companhia Nike findou o patrocínio a Greenwood e a EA Sports retirou-o do videojogo de simulação futebolística «FIFA 22».

Harriet Robson, namorada de Mason Greenwood, fez este domingo uma série de publicações no Instagram em que acusa o jogador de lhe infligir violência física. Nos posts, Harriet aparece com várias lesões nos lábios, cara e coxasO jornal de Inglaterrade Inglaterra The Mirror noticia este domingo que Mason Greenwood está envolvido num inquérito de violência doméstica, à qual nem o Manchester United está alheio. Harriet Robson publicou várias imagens no Instagram, em que aparece com os lábios a sangrar e ainda com várias nódoas negras na cara e nas coxas. Harriet Robson é a namorada do inglês.Na primeira publicação que fez acerca do tema, Harriet aparece num vídeo com o lábio sangrento e uma legenda a declarar: «Para todos os interessados em saber o que Mason Greenwood me faz de verdade». De seguida, publicou várias imagens das lesões que padeceu, alegadamente, às mãos do jovem aprogredidode 20 anos. Se apagaram publicações de a socialite que tem mais de 300 mil seguidores em a plataforma entretanto, todas as ,, de a conta pessoal.O Manchester United já reagiu ao escândalo que envolve o jovem jogador, alegando em comunicado: «Estamos cientes das imagens e alegações que circulam nas redes sociais. Não vamo fazer qualquer observação até os factos estarem estabelecidos. O Manchester United não condena violência seja de que espécie for».A polícia manchega também já se pronunciou sobre as denúncias da namorada de Greenwood, informando, através de uma nota mandada ao jornal de Inglaterra, que o tema está a ser investigado. «A Polícia da Área Metropolitana de Manchester está ciente das imagens e vídeos que circulam nas redes sociais. Estão a ser efetuados investigações para estabelecer todas as circunstâncias», foi a mensagem mandada pelas autoridades de Inglaterra.Jogador do United foi suspenso, suspeito de violência doméstica.A Polícia de Manchester deteve ontem, domingo, Mason Greenwood na sequência de eventuais crimes de agressão e de violação sobre a namorada, Harriet Robson. Mason Greenwood é futebolista do Manchester United. Greenwood ficou detido para interrogatório e está suspenso de treinar e de jogar pelo clube.Este escândalo apanhou, aparentemente, toda a gente de surpresa, mas o jornalismo de Inglaterra garante esta segunda-feira que alguns traços da personalidade do avançado de 20 anos já tnham feito soar os alarmes em Old Trafford. O jornal «Daily Mail» fala em «má administração do ego».As celebrações realizadas durante o fase de confinamento e a expulsão da concentração da seleção inglesa após ter, na empresa de Foden, convidado raparigas para o hotel são episódios lembrados.A publicação recorda mesmo uma recente entrevista de Ronaldo, na qual o português criticou a atitude dos jovens. O português, que se estaria a referir a Greenwood, pouco disponível para escutar os conselhos do craque declarou: «Não me refiro somente ao futebol, esta nova geração vê a vida, o futebol e os problemas de forma diferente».Na rede social Instagram, lembre-se, Harriet Robson publicou, fotos de nódoas negras e pelo menos um vídeo a sangrar, com a seguinte legenda: «Para todos os que desejam saber o que Mason Greenwood realmente me faz.» Num outro vídeo pode ouvi-se uma gravação sonora em que o jogador parece forçar Harriet a ter relações sexuais.A Polícia não confirmou a identidade do jogador, especificando somente que se trata de um indivíduo de 20 anos «que foi detido para interrogatórios». O Manchester United emitiu depois um comunicado a elucidar que Greenwood «não volta a treinar ou a jogar até novas informações».O pai de Harriet explicou ao Mail Online que a polícia já tinha estado a falar com ela para tentar elucidar o sucedido. «A Harriet declarou-me que o telefone dela tinha sido hackeado. Nós declarámo-lhe para apagar as publicações, o que ela acabou por fazer, mas já tarde demais, porque já estava tudo cá fora», explicou o progenitor. «Conhecemos o Mason ainda antes de ele ter 20 anos. Há dois ou três anos que ele era parte da nossa família. A relação deles não era boa nos últimos meses. Ela está devastada com isto tudo», adicionou.Greenwood entrou nos red devils aos seis anos e, aos 17 anos e 353 dias, tornou-se no mais jovem de sempre em toda a história do clube a marcar um golo nas provas europeias. Aos 20 anos e quatro meses, tem agora 35 golos em 129 partidas na primeira equipa do clube onde alinham os portugueses Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot. Pela Inglaterra tem uma internacionalização.Sports decidiu afastar o jogador do vídeo jogo. Inglês foi suspenso pelo Manchester UnitedNa sequência das denúncias de violência doméstica, a EA Sports removeu de o FIFA 22 Mason Greenwood.O jovem internacional de Inglaterra não está no plantel virtual do Manchester United a partir de hoje, tendo sido removido de todos os modos offline do jogo de simulação.O Manchester United já reagiu ao escândalo que envolve o jovem jogador, alegando em comunicado: «Estamos cientes das imagens e alegações que circulam nas redes sociais. Não vamo fazer qualquer observação até os factos estarem estabelecidos. O Manchester United condena toda a violência, seja de que espécie for».Mason Greenwood está envolvido num inquérito de violência doméstica, depois de a namorada, Harriet Robson, publicar várias imagens no Instagram, em que aparece com os lábios a sangrar e ainda com várias nódoas negras na cara e nas coxas.

Na segunda-feira 17 de janeiro jornalismo de Inglaterra escrevia que os culpados do clube manchegos agilizavam o processo que visava encontrar um técnico para 2022/23.Quatro triunfos em oito jogos no comando técnico do Manchester United não era o balanço ideal para Ralf Rangnick. O treinador de Alemania não levou, pelo menos por enquanto, a equipa a uma onda vitoriosa e o jornalismo britânico garantia que os culpados já agilizavam o processo que visava encontrar um técnico para a próxima temporada.Segundo o Manchester Evening News, há dois grandes candidatos aa posição: Mauricio Pochettino e Ten Hag. O primeiro orientava o PSG, mas poderia «passar» o lugar a Zidane, segundo vai insistindo o jornalismo internacional. Já o segundo era o treinador do Ajax, há bastante que era assinalado a Manchester e já se mostrou disponível para abraçar um projeto mais ambicioso.O Manchester United ocupava atualmente o sétimo lugar da Premier League, com 32 pontos em 20 jogos.

O termo vítima vem do latim victus e victimia, «dominado» e «vencido», .

Acessórios fundada em 1972 por Bill Bowerman e Phillip Knight.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United Kingdom

Cities: Manchester

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Greenwood continuará detido por mais 24 horas para interrogatório
>>>>>Greenwood acusado de violência doméstica pela namorada e United reage – January 30, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Pogba é uma novela que tem agora uma reviravolta que surpreende – January 29, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Pogba é prioridade do PSG para o verão, segundo franceses – January 28, 2022 (ojogo-pt)
>>>>>Greenwood: um escândalo que o United temia e ainda as palavras de Ronaldo – (ojogo-pt)
>>>>>Greenwood removido do FIFA 22 – February 01, 2022 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Mason Greenwood 150 115 PERSON 17 Mason_Greenwood: 6, Mason_Greenwood (apposition: futebolista de o Manchester_United): 1, (tacit) ele/ela (referent: Greenwood): 3, o (referent: Greenwood): 1, (tacit) ele/ela (referent: Mason_Greenwood): 2, Greenwood: 4
2 eu 0 0 NONE 11 me: 4, (tacit) eu: 7
3 Harriet Robson 50 295 PERSON 10 Harriet_Robson (apposition: A namorada de o inglês): 1, Harriet: 2, (tacit) ele/ela (referent: Harriet_Robson): 1, Harriet_Robson: 4, (tacit) ele/ela (referent: Harriet): 2
4 Manchester United 0 0 ORGANIZATION 10 o Manchester_United: 2, O Manchester_United: 6, (tacit) ele/ela (referent: O Manchester_United): 2
5 Instagram 0 0 ORGANIZATION 9 o Instagram: 5, Instagram: 2, (tacit) ele/ela (referent: Instagram): 2
6 violência 0 480 NONE 6 toda_a violência: 2, violência: 2, violência doméstica: 2
7 nós 80 0 NONE 6 Nós: 1, (tacit) nós: 5
8 jogador 0 40 NONE 5 Jogador inglês: 1, o jogador: 2, o jovem jogador: 2
9 escândalo 0 280 NONE 4 o escândalo: 4
10 alegações 0 0 NONE 4 alegações: 4