Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – 2014 F3 HockenheimringII Esteban Ocon by 2eight 8SC1548

Carambola de Bottas deu primeira triunfo Ocon e liderança do Mundial a HamiltonUma carambola provocada pelo finlandês Valtteri Bottas na primeira curva do GP da Hungria de Fórmula 1 deu hoje o primeiro triunfo da carreira ao francês Esteban Ocon, que , que partiu da oitava posição, enquanto Lewis Hamilton foi terceiro, deixou o segundo classificado, o de Alemania Sebastian Vettel na segunda posição, a 1,859 segundos , a 2,736 segundos, com o holandês Max Verstappen a não ir além da 10, e a liderança do campeonato ao britânico Lewis Hamilton . ª posição.A chuva abateu-se sobre o circuito húngaro antes do arranque, forçando todos os pilotos a montar pneus intermédios. Depois de falhar o arranque, Bottas viu-se ultrapassado pelo britânico Lando Norris e pelo mexicano Sérgio Pérez , acabando por falhar a travagem e embatendo na traseira do McLaren de Norris.Esse toque provocou uma série de choques em cadeia, que deixaram fora de prova Norris , Pérez e o monegasco Charles Leclerc .Se suspendeu a prova em a terceira volta para permitir a limpeza de o asfalto, que, com o sol a abrir, iniciou também a secar.uando os pilotos alinharam para a nova partida, somente Lewis Hamilton, por indicação dos engenheiros, se conservou em pista com pneus intermédios, enquanto todos os outros foram às bpugilismosmontar pneus sliks , próprios para piso seco.Pela primeira vez , um único carro compôs a grelha de partida , o de Hamilton.»Durante a volta de formação fui declarando à equipa como estava o asfalto, mas eles declaravam-me que ia voltar a chover e eu pensei que teriam mais informação do que eu», explicou, no final, o britânico, que deveu entrar nas pugilismos na volta seguinte, caindo para 14.º e último do pelotão.Ocon ascendeu à liderança à quinta volta, para não mais ceder o comando, nem sob o intenso ataque do alemão Sebastian Vettel.»Tentei, tentei, tentei a corrida toda. Não consegui [ultrapassar Ocon]», lamentou o antigo campeão global, apesar de estarmos mais rápidos.Hamilton mostrou-se o mais rápido em pista ao longo do resto da corrida e encetou uma recuperação que poderia ter culminado com o triunfo, mas os esforços do campeão esbarraram no espanhol Fernando Alonso .O asturiano, que foi quinto classificado, susteve o ataque hamburguês durante 11 voltas e impediu a recuperação plena do piloto da Mercedes.se considerou o piloto de o dia com o tempo perdido atrás do antigo bicampeão global, que este fim de semana celebrou 40 anos e , Hamilton não conseguiu ir além do terceiro posto, em a frente de o espanhol Carlos Sainz. holandês Max Verstappen foi 10.º, resgatando um ponto apesar dos prejuízos padecidos no seu monolugar devido ao incidente do começo da corrida.Assim, Hamilton voltou ao comando do campeonato, tendo agora 192 pontos, mais seis do que Verstappen, que adicionou somente um ponto nas duas últimas corridas.O campeonato entra agora no intervalo de verão, retornando em 29 de agosto, no GP da Bélgica.

Faz 1 mês, Piloto da Mercedes provocou passado, a saída de o adversário de a Red Bull de a pista por força de um choque entre os monovolumes em solo inglêsNa ressaca de o acidente entre Hamilton e Verstappen em o GP da Grã-Bretanha que forçou a saída de o neerlandês de a pista,, em 18 de julho, Cristian Honer teceu críticas a o piloto britânico por ter celebrado o vitória Cristian Honer é o diretor-geral de a Red Bull., mas este veio garantir que o fez sem saber do estado do atual líder do Mundial da F1.»Não acredito que o nossa conduta tenha sido desrespeitoso. Uma coisa é saber e festejar, outra coisa é não saber. Eu não sabia [que Verstappen tinha ido para a clínica], mas era o grande prémio no meu país. Trabalhámos assombrosamente duro. Não esconderei as minhas afeições», alegou o piloto da Mercedes.O atual segundo classificado do Mundial de F1 assegurou que, no decurso dessa corrida, lhe declararam que Verstappen «estava bem» fisicamente e que só se apercebeu da ida do adversário para a clínica «nos meios de comunicação social». Hamilton enfatizou: «Nenhum de nós deseja ver outro piloto ferido ou em perigo».Faz 2 meses, o piloto britânico chocou com Max Verstappen, em o GP da Grã-Bretanha, em junho passado, e recebeu uma punição de dez segundos por isso, satisfeita nas ‘pugilismos’, que não o impediu de lograr 99.º vitória na carreira e encurtar para oito pontos a desvantagem para o neerlandês.O piloto dos Países Baixos ficou arredado da corrida em solo de Inglaterra ao padecer um forte efeito quando agilizava em primeiro lugar, de 51 G , e necessitou de, imediatamente, ir para a clínica. Não obstante as consequências, Hamilton frisou que «repetiria exatamente a manobra» em Copse.Os festejos do piloto da Mercedes, acontecidos no país-natal, foram depois considerados «desrespeitosos» por Cristian Honer, diretor-geral da Red Bull, assumindo-se «dececionado» com tal ato protagonizado pelo ganhador, pois a escuderia de Alemania já «sabia da hospitalização» de Max Verstappen.Em causa o acidente com Verstappen no Grande Prémio da Grã-Bretanha de Fórmula 1.A Federação Internacional do Automóvel recusou esta quinta-feira o pedido de revisão da Red Bull, que considerou insuficiente a punição imposta ao piloto Lewis Hamilton , após colidir com Verstappen no Grande Prémio da Grã-Bretanha de Fórmula 1.O piloto dos Países Baixos, que liderava no momento do acidente à entrada da segunda volta, spadeceuum iefeitode 51 G e fse o levou a uumahclínicalocal para ocomentários comissários da corrida sancionaram, na altura, o campeão global em título em dez segundos, um «castigo» que não impediu o britânico de triunfar perante o seu público.A marca de Australiade Australia, que requereu uma revisão da sanção na terça-feira, acabou por «não fornecer nenhum elemento novo, expressivo e pertinente», que pudesse justificar uma mudança na resolução tomada durante a corrida, segundo mencionou a FIA, com base no código esportivo internacional.Após conhecida a resolução do organismo, a marca de Alemania deixou duras críticas aos culpados da Red Bull, que «tentaram manchar» o nome do piloto britânico.Mercedes, em comunicado escreveu: «Além de concluir este incidente, esperamos que esta resolução marque o fim de uma tentativa concertada da gestão da Red Bull Racing de manchar o nome de Lewis Hamilton e a integridade esportiva, inclusive em documentos mandados para a sua solicitação malsucedida».Com a vitória alcançada em casa, o 99.º da carreira, Lewis Hamilton encurtou para oito pontos a distância para o líder do campeonato, o de Holguín Max Verstappen.Como ficou, afinal, o relacionamento entre Lewis Hamilton e Max Verstappen depois do incidente do Grande Prémio de Grã-Bretanha? A julgar pelas imagens recolhidas no Hungaroring, tudo parece bem. Ou pelo menos, respeitoso.

Na terça-feira 20 de julho progenitor do piloto da Red Bull pedia mais do que a punição a Hamilton. continuava a polémica relativa ao incidente entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no Grande Prémio da Grã-Bretanha de Fórmula 1.Desta feita foi o pai do piloto da Red Bull a defendê-lo e a pedir mais do que umapuniçãoo a Hamilton.»»Não era admissível aquilo que [Hamilton] fez. acreditava que uma punição de dez segundos era, realmente, grotesca. Na minha opinião, teria que ter sido desqualificado. O Max deu-lhe espaço e estava à frente dele. Não podia tentar ultrapassar pelo interior», alegou Jos Verstappen em declarações ao jornal de Holguín «De Telegraaf».

Esteban Ocon é um piloto de Francia de automobilismo que atualmente compete na Formula 1 pela equipe Alpine.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Belgium

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Hamilton explica momento insólito no GP da Hungria: Eles declaravam-me que ia voltar a chover»
>>>>>Hamilton recusa críticas por festejos após acidente com Verstappen: «Não vou esconder as emoções» – July 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Lewis Hamilton lidera a corrida dos milhões – July 28, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Red Bull vê rejeitado pedido de revisão à penalização imposta a Hamilton – July 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Hamilton e Vettel criticam lei anti-LGBTI+ do governo da Hungria – July 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>Hamilton e Verstappen: as imagens do reencontro no GP da Hungria. Assista ao vídeo – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 50 210 NONE 20 (tacit) eu: 15, me: 1, eu: 2, Eu: 2
2 Max Verstappen 0 0 PERSON 14 Verstappen: 7, Max_Verstappen: 4, O holandês Max_Verstappen: 1, o holandês Max_Verstappen: 2
3 Hamilton 80 0 PERSON 8 Hamilton: 8
4 Lewis Hamilton 0 0 PERSON 7 o piloto Lewis_Hamilton: 1, (tacit) ele/ela (referent: Lewis_Hamilton): 1, Lewis_Hamilton: 5
5 Esteban Ocon 0 0 PERSON 5 o francês Esteban_Ocon: 2, Ocon: 2, Esteban_Ocon: 1
6 o piloto de os países_baixos 80 225 NONE 3 O piloto de os Países_Baixos: 3
7 piloto 0 145 NONE 3 o piloto britânico: 2, outro piloto ferido: 1
8 nós 80 80 NONE 3 (tacit) nós: 3
9 Carambola de Bottas 0 35 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Carambola_de_Bottas): 2, Carambola_de_Bottas: 1
10 triunfo 245 0 NONE 3 o triunfo: 1, a vitória: 1, o triunfo alcançado: 1