Por: SentiLecto

Natural de Areia Branca, no litoral do Rio Grande do Norte, Italo Lima, que ficou fascinado com a ideia de poder conhecer o mundo através da arte suave, tem brilhado no circuito de Noruega de Jiu-Jitsu. Atleta da Ares BJJ, o lutador tem voltado as atenções para a disputa do Campeonato Mundial com quimono da IBJJF, que irá ocorrer em dezembro, na Califórnia. Em busca de mais um título na divisão dos pesos-pesados, o potiguar falou sobre as conquistas em 2021, mostrando que se conserva ativo e em uma dos melhores períodos:

«Fiquei em terceiro no Pan Americano e ganhei em um acontecimento de lutas casadas, o Third Coast Grappling, que vem ganhando cada vez mais nome nos Estados Unidos. Também venci alguns Opens, acredito que foram mais de oito, além do American Nationals que ganhei no ano passado e fiquei em segundo em 2021», disse Italo, sobre essa evolução constante nas competições.

«Existem várias lutas marcantes e especiais ao longo da minha carreira, mas o que mais marcou foi uma luta que eu aceitei com somente 15 dias de antecedência em Daytona Beach . Era um oponente bastante duro e com o peso acima, mas eu estava precisando combater. Recordo que eu era a zebra do acontecimento, mas no início da luta eu acabei acertando uma canelada na cabeça do oponente, levando-o a nocaute. Esse nocaute foi eleito o quarto maior do ano de 2016».

O desportista que ingressou no Jiu-Jitsu por não saber jogar bola, iniciou na modalidade após conhecer um campeão da CBJJE em São Paulo. Faz 9 anos, o desportista viajou pela primeira vez para competir, em 2012, e Faz 8 anos, participou de o Sul-Americano da CBJJE, ainda como faixa-branca, em 2013. Cada vez mais empolgado com a modalidade, Italo foi participando de inúmeros torneios nas mais diferentes graduações, até que em 2016 viajou pela primeira vez para os Estados Unidos para disputar o Campeonato Mundial da IBJJF.

«Apesar de ter, o foco de todo desportista de Jiu-Jitsu é sempre o mundial treinado bastante sem de novembro de 2020 pra cá, sempre foquei no kimono. Estou bastante ansioso para esse mundial até porque não teve ano passado, e posso declarar que evolui bastante desde o último ano, tanto no meu jogo, quanto mentalmente, dentro e fora da competição. A expectativa é a melhor possível, acredito que pode marcar a minha carreira, estou 100% preparado para ser campeão», deduziu.

Na sua vez, por conta da seu talento na luta em pé, o lutador sempre esteve próximo de grandes nomes do MMA, como Anderson Silva entre outros. Anderson Silva é rodrigo Minotauro. Roberto, então, falou dessa época de ouro na Team Nogueira e declarou quais foram os aprendizados comprados com o «Spider» e também com os irmãos Nogueira, como conta a seguir.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil, United States

Cities: Sao Paulo, Rio Grande

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Italo Lima mira primeiro título no Campeonato Mundial da IBJJF
>>>>>Campeão mundial no Jiu-Jitsu, Roberto Facada relembra trajetória e aprendizados com Anderson Silva e irmãos Nogueira – November 23, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 240 95 NONE 16 (tacit) eu: 12, eu: 4
2 Italo Lima 400 0 PERSON 5 Italo: 2, Italo_Lima: 2, (tacit) ele/ela (referent: Italo): 1
3 atleta 240 0 NONE 3 o atleta: 1, O atleta por: 2
4 luta 100 0 NONE 3 uma luta: 2, a luta: 1
5 Roberto 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Roberto): 2, Roberto: 1
6 lutador 160 0 NONE 2 o lutador: 2
7 American Nationals 0 0 PERSON 2 American_Nationals: 2
8 Nogueira 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Nogueira): 1, Nogueira: 1
9 Third Coast Grappling 0 0 ORGANIZATION 2 o Third_Coast_Grappling: 2
10 a expectativa 0 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: A expectativa): 2