Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Chapiteau Mozac Jonas 1

O atual técnico das águias foi importante para Jonas, que chegou ao Benfica na última época de Jorge Jesus na Luz, onde fez 35 jogos e marcou 31 golos, numa «história maravilhosa» que viveu na Luz. «Recordo-me como se fosse hoje. Ele foi um dos que pediram a minha contratação. Foi bastante importante para mim e ficava comigo até nos treinos. Não podia jogar a Champions, porque as matricula já estavam fechadas por isso tinha a semana repleta com ele, quando cheguei. A equipa jogava para a Champions, eu treinava e ele fazia questão de estar lá e puxar por mim. Na altura pensava: «Meu Deus, que treino é este?» Mas no fim de semana chegava aos jogos e «desmanchava» em campo. E aí olhava para ele e pensava: «Como ele me faz aumentar.» Ele faz aumentar muitos jogadores», contextualiza o ex-avançado que, devido a um problema nas costas, deveu deixar o clube e os relvados.»As meus maiores deleites foram no Benfica, foi onde ganhei mais títulos, foi uma história maravilhosa, um agradecimento grande carinho, afeição. Um agradecimento grande é respeito. Não era um jogador bastante forte e dificilmente jogaria até aos 38 anos. Seria no Benfica, isso é bastante claro, se jogasse mais anos. Foram os melhores cinco anos da minha carreira, isso prova bem o que o Benfica encarna para mim», atira, em entrevista a O JOGO.Não perca outras partes da entrevista a Jonas:

ENTREVISTA, PARTE II – Brasileiro assume que, no começo da época, somente via águias e FC Porto como candidatos. Agora, acha que o benefício pontual, a que chama de «gordurinha», pode dar tranquilidade à equipa de AmorimAinda sem dar o campeonato por entregue, Jonas admite que «está difícil» o Benfica apanhar os leões.»Sporting é uma surpresa»

Na sexta-feira 12 de março Sílvio Cervan recordava arbitragens de quatro jogos que envolveram as águias. Sílvio Cervan é vice-presidente do Benfica.Os jogos de o Benfica contra Moreirense , Farense , Nacional e V. Guimarães , Sílvio Cervan que teceu duras críticas em a arbitragem em a Liga NOS , recordou todos referentes . Sílvio Cervan é vice-presidente do clube da Luz.temos consciência que a sair de um fase que não queríamo em termos esportivos. Passámos por um fase em que fomos assolados por um conjunto de obstáculos, sobejamente conhecidas dos benfiquistas. Não me desejava refugiar, mas também tivemos quatro jogos com arbitragens absolutamente incríveis. O jogo de Moreira de Cónegos, o jogo de Faro e os jogos em casa contra o Nacional e contra o V. Guimarães encarnavam oito pontos que fariam muito diferença na tabela. sabíamo que há uma lei da International Board há uma que não se aplicava ao Benfica, não há penáltis em defesa do Benfica. era uma regra que não há para o Benfica e há para os outros. Na grande área podiam fazer tudo, jogar com a mão, ceifar, empurrar… Se os retiraram penáltis em defesa do Benfica . Já só tínhamo que encarar com um sorriso. O jogo com o V. Guimarães foi exemplar, o de Moreira de Cónegos foi, talvez, a maior desonra desta campeonato, os dirigentes da arbitragem tinham que reflectir», asseverou o dirigente representado, que vira baterias para o jogo de sábado frente ao Boavista:» temos contas para acertar com o Boavista, tivemos um resultado adverso na primeira volta [derrota por 3-0 no Bessa] que estava cruzado, tinha que ser um super-Benfica para um Boavista que, contra nós, fazia sempre grandes jogos», rematou Cervan.

Jonas, na Bíblia Hebraica, é um profeta do norte do reino de Israel que viveu por volta do século VIII a.C. Ele é a figura central do livro de Jonas, no qual Deus chama ele para viajar até Nínive e adverti seus habitantes do iminente castigo divino.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»Jesus? No fim de semana chegava aos jogos e ‘desmanchava’ em campo»
>>>>>Exclusivo Jonas: título «é melhor nem passar pela cabeça» do Benfica e a «surpresa Sporting» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 0 NONE 17 me: 3, (tacit) eu: 10, eu: 1, mim: 3
2 Meu Deus 0 50 PERSON 12 ele (referent: Meu Deus): 2, Ele (referent: Meu Deus): 1, Meu Deus: 2, Deus: 1, (tacit) ele/ela (referent: Meu Deus): 6
3 Benfica 0 0 ORGANIZATION 11 (tacit) ele/ela (referent: o Benfica): 3, o Benfica: 6, Benfica: 2
4 nós 90 80 NONE 9 nós: 1, (tacit) nós: 8
5 Jonas 0 36 PERSON 6 ele (referent: Jonas): 1, Jonas: 5
6 jogos 50 0 NONE 4 os jogos: 1, quatro jogos: 1, 35 jogos: 1, grandes jogos: 1
7 Sílvio Cervan 0 0 PERSON 4 Sílvio_Cervan (apposition: vice-presidente de o Benfica): 1, Cervan: 1, (tacit) ele/ela (referent: Sílvio_Cervan): 1, Sílvio_Cervan (apposition: vice-presidente de o clube de a Luz): 1
8 era 0 60 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: era): 2
9 história 410 0 NONE 2 uma história maravilhosa: 2
10 vantagem 310 0 NONE 2 a vantagem pontual: 2