Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ethan Hayter WCh 2018

Corredor da W52-FC Porto foi segundo na última etapa, mas deixou longe Ethan Hayter, anterior camisola amarelaJoão Rodrigues, da W52-FC Porto, fez hoje história ao conquistar a Volta ao Algarve, corrida do escalão ProTour. Desde 2006 que um português não vencia a prova de Portugal mais cotada no escalão internacional.O portista desferiu um ataque demolidor na subida ao Alto do Malhão, final da quinta e última etapa, deixando sem resposta Ethan Hayter, da Ineos, que partira com 12 segundos de benefício.EM ATUALIZAÇÃO

Ciclista da W52-FC Porto após o contrarrelógio na Volta ao Algarve, onde conseguiu conservar o segundo lugar.Análise ao contrarrelógio: «Não correu como desejava ou como era expectável. Jamais consegui fazer um bom contrarrelógio neste circuito, mas, pronto, estou a 12 segundos.»Etapa de domingo e ataque à camisola amarela: «Amanhã [domingo], é uma etapa dura, no alto do Malhão, que conheço bmuitobem e, claro, estando atrás, vamos tentar aagredipara tentar vencer a classificação geral. Estamos perto do camisola amarela, vamos tentar fazer tudo por tudo para vencer. Vamos de consciência tranquilo porque demos tudo na estrada, se não for possível.»Ethan Hayter conservou camisola amarela mesmo após uma queda: «Só lhe devo dar os parabéns [a Ethan Hayter] por ter conseguido conservar a camisola amarela. Infelizmente, teve aquele azar [queda], o que é sempre mau para um desportista. Se calhar, amanhã [domingo] vai acordar um pouco durinho, que pode influenciar um bocadinho.»Tática para o Malhão: «Ainda é algo que falaremos na reunião da equipa e delinear uma estratégia para tentar vencer. Ainda está tudo em aberto.»Ethan Hayter, da INEOS, conservou este sábado a camisola amarela na Volta ao Algarve, mesmo depois de uma queda. João Rodrigues, da W52-FC Porto, segue no segundo lugar da geral, a 12 segundos.Queda: «Estou muito maltratado, para ser honesto. Foi uma queda a alta velocidade: Abordei mal a curva e havia um pouco de areia, perdi a aderência e fui a deslizar pelo asfalto. Felizmente, não perdi muito tempo a verificar que estava ok, e, felizmente também, não bati com a cabeça com muita força.»Tentativa de restringi as perdas: «Fiz o que podia para restringi as minhas perdas e resgatar a camisola amarela.»Etapa de domingo, no alto do Malhão: «Ainda não pensei bastante bem como o vou fazer amanhã [domingo, no Malhão]. Quem é o segundo classificado? [João Rodrigues]… ok. Acho que se sintetizará à última subida. Espero poder estar ao mesmo nível que na Fóia e segurar a camisola.»a equipa britânica que deu a vitória a Ethan Hayter Final de a primeira etapa de montanha dominou ele ,. Rui Costa caiu a 20 quilômetro do final e desistiu.O britânico Ethan Hayter é o novo líder da Volta ao Algarve, tendo ganho a segunda etapa, na Fóia, com um segundo de benefício para João Rodrigues, da W52-FC Porto.Um sexteto com três ciclistas da Ineos Grenadiers dominou a subida, tendo o de Algeria da equipa portista sido uma das surpresas, ao dar luta a uma das mais fortes equipas do mundo.a UAE Emirates que apostava em Rui Costa controlou a segunda etapa , que apostava em Rui Costa, mas este uma queda afastou ele a 20 quilômetro de o final. Se o forçou devido a os ferimentos padecidos, » a desistir sua equipa . «, informou a sua equipa.EM ATUALIZAÇÃO

Na terça-feira 20 de abril os Quatro Dias de Dunquerque não se disputarão pelo segundo ano consecutivamente. decorriam nas mesmas datas da Algarvia, abrindo a perspetiva de a corrida portuguesa ver ampliado o lote de estrelasOs Quatro Dias de Dunquerque, que deveriam disputar-se entre 04 e 09 de maio, foram cancelados devido às rlimitaçõesimpostas pelo governo francês para conter a pandemia de covid-19, anunciou a organização da prova de ciclismo.Uma vez que a região estava em confinamento desde 19 de março, o cancelamento da corrida ocorria três dias depois de a prefeitura do setor do Norte ter desaconselhado a execução da mesma e permanecia como uma das zonas de França com mais contágios.Esta era a segunda edição dos Quatro Dias de Dunquerque a ser cancelada, depois de no ano passado a prova também não se ter disputado devido à primeira vaga da pandemia de covid-19.A corrida de Francia coincidia em datas com a Volta ao Algarve, agendada entre 05 e 09 de maio, e o seu cancelamento podia levar mais formações a optar pela prova portuguesa.

Ethan Hayter Londres, é um esportista britânico que compete no ciclismo nas modalidades de pista e rota.

Rodrigues é um cognome de família do onomástica do língua de Portugal.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Portugal

Cities: Porto

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>João Rodrigues ganhou a Volta ao Algarve com ataque no Malhão!
>>>>>João Rodrigues e a queda do camisola amarela: «Se calhar vai acordar um pouco durinho…» – (ojogo-pt)
>>>>>«Ainda não pensei muito bem como o farei amanhã. Quem é o segundo classificado?» – May 08, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>Volta ao Algarve: Ineos ganha na Fóia e João Rodrigues dá segundo lugar à W52-FC Porto – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 285 80 NONE 14 (tacit) eu: 14
2 Ethan Hayter Londres 0 0 PERSON 7 Ethan_Hayter: 3, O britânico Ethan_Hayter: 1, Ethan_Hayter de a INEOS: 1, resposta Ethan_Hayter: 1, Ethan_Hayter_Londres: 1
3 etapa 0 80 NONE 6 a segunda etapa: 1, a última etapa: 1, A segunda etapa: 1, Etapa: 2, uma etapa dura: 1
4 nós 65 0 NONE 6 (tacit) nós: 6
5 Rui Costa 0 60 PERSON 5 Rui_Costa: 1, Costa: 1, (tacit) ele/ela (referent: Rui_Costa): 1, (tacit) ele (referent: Rui_Costa): 2
6 camisola 0 400 NONE 4 camisola amarela: 2, a camisola amarela: 2
7 João Rodrigues 0 0 PERSON 4 João_Rodrigues: 1, João_Rodrigues de a W52-FC Porto: 2, Rodrigues de a W52-FC Porto: 1
8 o Algarve 0 0 PLACE 4 o Algarve: 4
9 tudo 0 0 NONE 4 tudo: 4
10 Volta 0 0 ORGANIZATION 3 a Volta: 3