Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – TAP Air Portugal Airbus A320-214; CS-TNJ@FNC;12

Vitória por 2-1 da seleção de Espanha na primeira meia-final da prova.A Espanha, como Sarabia, do Sporting, como titular, qualificou-se para a final da segunda edição da Liga das Nações, ao vencer a anfitriã Itália, campeã europeia em título, por 2-1, em Milão, no primeiro jogo da final four.Um bis de Ferran Torres, aos 17 e 45+2 minutos, assistido por Oyarzabal, permitiu aos espanhóis vingar o desaire nas meias-finais do Euro’2020, perante uma Itália que jogou com 10 desde os 42′, por expulsão de Bonucci, e diminuiu aos 83′, por Pellegrini.A Itália viu, assim, chegar ao fim um caminho de 37 jogos sem qualquer derrota concordada – o que constitui um recorde global. A anterior seleção a derrotar a Squadra Azzurra fora Portugal, em 2018, em jogo da Liga das Nações.Na final de domingo, dia em que será encontrado o sucessor de Portugal, que conquistou a primeira edição, em 2019, a Espanha defrontará o ganhador do embate de quinta-feira entre a Bélgica e a França, detentora do título global..

Autor dos dois golos na final com a Argentina não conseguiu dimensionar a afeição com a receção dos portugueses.Herói da inédita conquista de Portugal, Pany Varela foi um dos mais aplaudidos na receção aos jogadores campeões do mundo, na chegada a Portugal, um dia depois da conquista do Mundial. O jogador do Sporting foi o artilheiro de Portugal na competição. Ele marcou oito golos ao todo, sendo dois deles na final com a Argentina .»Sinceramente não sei o que estou a sentir. Acho que ainda não caí em mim, mas chegar em casa e ser recebido assim faz todo sentido», alegou Varela.Outro jogador a falar na chegada a Portugal foi André Coelho, que também não escondeu a afeição. «Não há vocábulos para isto. É a prova que os portugueses nos apoiam incondicionalmente e este título é para eles. Jogámos sempre em casa, com o pavilhão repleto de portugueses. Nem nos meus sonhos imaginava isto, já no campeonato da Europa não sonhava. Agora é continuar a trabalhar», declarou.Competição decorre em Kaliningrado na Rússia.A seleção de Portugal de râguebi sub-18 assegurou esta quarta-feira um lugar na final do Campeonato da Europa daquele escalão, após vencer a Espanha 31-12, em encontro das meias-finais da competição, que decorre em Kaliningrado .Portugal chegou aa pausa com um benefício de 28-0, graças a dois ensaios de Manuel Vareiro, ambos modificados por Duarte Cortes, que conseguiu ainda três penalidades nesse fase, e um ensaio de Sebastião Petronilho.No segundo tempo, os «lobinhos» adicionaram somente mais três pontos, através de uma penalidade de Cortes, mas os dois ensaios espanhóis um dos quais modificado, foram insuficientes para impedir o apuramento de Portugal.A equipa orientada por João Uva e Miguel Leal, que chegou às meias-finais após vencer os Países Baixos nos quartos-de-final, vdisputaráa final no sábado, frente ao vganhadordo embate entre Geórgia e Bélgica.De quinta-feira a domingo ocorre a final four da segunda edição da Liga das Nações de futebol.As consagradas Itália, no papel de anfitriã, França e Espanha e uma Bélgica desesperadamente à pdemandade um título disputam de quinta-feira a domingo a final four da segunda edição da Liga das Nações de futebol.Na corrida à sucessão de Portugal, vganhadorda primeira edição, em 2019, o cartaz dificilmente poderia ter protagonistas mais cotados, com três seleções já campeãs mglobaise europeias e uma outsider, que é a líder do ranking mglobalda FIFA.A jogar em casa, a Itália exibe-se como campeã europeia em título, numa conquista conseguida já em 2021, a França na característica de detentora do título global e a Espanha como a seleção com mais títulos no século XXI.Em contraste com estes gigantes, a Bélgica não tem qualquer título para amostra, mas acabou no top 8 as últimas quatro grandes competições, caindo somente perante o campeão no Mundial’2018 e no Euro’2020.Depois do triunfo no último europeu, a Itália parte como preferida para a primeira meia-final, marcada para quarta-feira no San Siro, em Milão, perante uma Espanha em renovação e aniquilada por uma longa lista de lesionados.Pedri, Jordi Alba, Dani Olmo, Álvaro Morata, Gerard Moreno e Marcos Llorente são as principais baixas nos comandados de Luis Enrique, que chamou dois jogadores do Sporting, o lateral direito Pedro Porro e o avançado Pablo Sarabia.A squadra azzurra também não está, no entanto, na máxima força, pois Roberto Mancini não pode contar com os lesionados Ciro Immobile, Andrea Belotti, Rafael Toloi, Gaetano Castrovilli e Leonardo Spinazzola, que rompeu o tendão de Aquiles no Euro2020.Mas os transalpinos têm do seu lado o público e um lastro admirável, e lembre, de 37 jogos consecutivos sem perder: depois do 0-1 com Portugal, em 10 de setembro de 2018, adicionaram 28 triunfos e nove empates.Os comandados de Mancini superaram, curiosamente, um recorde que era dos espanhóis – 35 sem perder, entre 2007 e 2009 -, ainda que, antes do último jogo, o 5-0 à Lituânia, em 08 de setembro, tenham sadicionadoquatro igualdades consecutivas.se modificaram as duas primeiras em vitórias em a lotaria de os penáltis, em Wembley, rumo a o título europeu : 4-2 em a Espanha, após 1-1 em os 120 minutos, em as meias-finais e 3-2 à anfitriã Inglaterra, também depois de 1-1, na final.Na ressaca do segundo cetro europeu – 53 anos após o vitória na edição de 1968 -, a Itália não conseguiu vencer na receção à Bulgária e na Suíça , em jogos do Grupo C europeu de apuramento para o Mundial de 2022, que lidera.Por seu lado, e no pós-Euro’2020, a Espanha ganhou os últimos dois jogos , mas perdeu o primeiro , liderando o Grupo B com mais quatro pontos do que os escandinavos, mas dois jogos a mais.A segunda meia-final está marcada para quinta-feira, em Turim, na casa da Juventus, e, pelo regulamento de campeã global em título, a França parte por «cima» rostito à Bélgica, numa reedição das meias-finais precisamente do último campeonato do Mundo.Faz 3 anos, em São Petersburgo, em a Rússia um golo de o improvável Samuel Umtiti, hoje perdido em o banco de o Barcelona, deu a vitória em a França, que, cinco dias depois, em Moscovo, bateria em a final a Croácia por 4-2.o mais recente Euro2020, a França foi, no entanto, uma grande deceção, pois só venceu o primeiro jogo , adicionando depois empates com Hungria , Portugal e Suíça , o último nos «oitavos», com desaire nos penáltis .Por seu lado, a Bélgica, que voltará a ser capitaneada pelo benfiquista Jan Vertonghen, caiu nos quartos de final perante a Itália , depois de nos «oitavos» ter afastado o então campeão em título Portugal .Mbappé, que poderá formar um ataque com Griezmann e Benzema, é, apesar de sucessivos apagões, a principal «estrela» dos comandados de Didier Deschamps, cuja grande baixa é a do médio N»Golo Kanté, elemento determinante no meio-campo dos «blues».Na formação de Belgica, o espanhol Roberto Martínez, que não pode contar com o experiente Vermaelen, tem em Romelu Lukaku a sua grande arma, apoiado pelos virtuosos Kevin De Bruyne e Eden Hazard, que parece «peixe fora de água» no Real Madrid.Depois do Euro’Nquanto a França empatou em casa com a Bósnia-Herzegovina e na Ucrânia, 2020, a Bélgica ganhou na Estónia , na receção à República Checa e na Bielorrússia , ee recebeu e bateu a Finlândia .Os dois encontros das meias-finais realizam-se às 20:45 locais , tal como a final, no domingo, dia que ciniciaàs 15:00 com o jogo de atribuição do terceiro lugar.

Na segunda-feira 27 de setembro a Seleção Nacional defrontará nas meias-finais, na quinta-feira, o ganhador do embate entre Irão e CazaquistãoPortugal qualificou-se pela terceira vez para as meias-finais do Mundial, ao vencer a Espanha, campeã em 2000 e 2004, por 4-2, após prolongamento, em Vílnius, na Lituânia.Na reedição da final do Euro’2018, conquistado por Portugal, os espanhóis estiveram a ganhar por 2-0, com tentos de Adolfo e Adri , mas André Coelho , Zicky , Raya e Pany Varela selaram a reviravolta.A Seleção Nacional, que tem com melhores resultados em Mundiais o terceiro lugar de 2000 e o quarto de 2016, defrontará nas meias-finais, na quinta-feira, o ganhador do embate entre Irão e Cazaquistão, que se defrontavam ainda em Kaunas.

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Italy, Brazil, Belgium

Cities: Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Liga das Nações: Espanha na final e acabou uma longa série italiana
>>>>>Pany Varela, herói da final do mundial: «Sinceramente não sei o que estou a sentir» – (ojogo-pt)
>>>>>Râguebi: Portugal vence Espanha e está na final do Europeu sub-18 – (ojogo-pt)
>>>>>Liga das Nações: Três consagrados e Bélgica na corrida à sucessão de Portugal – October 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Uma baixa de peso na Itália para a fase final da Liga das Nações – October 02, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Sarabia e Porro chamados para a fase final da Liga das Nações – September 30, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Vertonghen chamado para a fase final da Liga das Nações – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Sportinguistas Sarabia e Porro chamados para a fase final da Liga das Nações – September 30, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Jorge Mendes já tem nas mãos a proposta do Barça para a renovação de Ansu Fati – September 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ansu Fati regressa, marca e João Félix aplaude – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Após regresso com golo, Ansu Fati garante: «Usar o número 10? Para mim não é pressão» – September 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Atenção, Benfica: Ansu Fati regressa e marca na primeira vitória do Barcelona em setembro – September 26, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 120 0 NONE 9 (tacit) eu: 8, mim: 1
2 final 0 0 NONE 7 a final: 7
3 uma Bélgica 0 0 PLACE 7 Bélgica: 1, uma Bélgica: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Bélgica): 1, a Bélgica: 4
4 a Itália 60 40 PLACE 6 As consagradas Itália: 1, a Itália: 3, A Itália: 1, uma Itália: 1
5 Portugal 75 0 PLACE 6 Portugal: 6
6 a França 0 0 PLACE 5 a França: 5
7 o vencedor de o embate 320 0 NONE 4 o vencedor de o embate: 4
8 Euro 0 0 ORGANIZATION 4 o Euro: 3, (tacit) ele/ela (referent: o Euro): 1
9 a Espanha 0 0 PLACE 4 a Espanha: 3, A Espanha: 1
10 meias-finais 0 0 NONE 4 as meias-finais: 4