Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luiz freire

O treinador espera um Nacional ambicioso e com habilidade de superação na receção ao FarenseLuís Freire deseja uma «equipa com a máxima pretensão e superação», na receção ao Farense, para conseguir os três pontos, sabendo que «vai ser um jogo bastante complicado».O Nacional vem de uma sequência positiva de resultados, que iniciou com um empate na Luz com o Benfica , a que se seguiu um triunfo na receção ao Famalicão , empate na deslocação ao terreno do Rio Ave e triunfo na última jornada , no Estádio do Bessa ante o Boavista.O técnico do Nacional assumiu que esta sequência de bons resultados deixa «a equipa confiante», embora sem deixar de querer «melhorar o processo e os índices físicos, emocionais e cognitivos», notando que é «preciso continuar, porque amanhã [sábado] é um jogo bastante importante».Embora esteja consciente dos obstáculos, luís Freire quer uma permanência nos bons resultados que serão colocadas pelo Farense.»Teremos um jogo complicado, perante um oponente que tem feito melhores exposições do que mencionam os resultados. É uma equipa com muitos jogadores experientes, que se reforçou bastante para esta época esportiva. Já trocou de treinador e mudou um pouco a sua forma de jogar», começou por aferir.O treinador considera mesmo que o Farense «é uma equipa bastante ofensiva, com pressão bastante alta», reconhecendo «que tem tido alguma infelicidade nos jogos», mas que é «capaz de pontuar em qualquer campo e debater qualquer jogo».Para alcançar um bom resultado, Luís Freire disse que a equipa «tem de pensar em si própria», naquilo que «é a importância do jogo», consciente de «que há pontos fortes do outro lado».»Temos bastante trabalho pela frente. Temos de nos superar, pois o desgaste que temos tido é grande, com muitos jogos. Mas os jogadores estão bem conscientes dessa superação, para podermos conseguir os três pontos e é isso que temos no nosso pensamento», referiu ainda com convicção, acrescentando que deseja um Nacional «igual a si próprio», à procura de fazer o seu jogo, mas «estando bastante alerta, tanto fisicamente, como tecnicamente».Aliás, Luís Freire notou que a carreira da equipa entre portas, tem sido positiva: «Temos três triunfos, três empates e três derrotas em casa, conquistando 12 pontos. Vimos de um triunfo em casa [Famalicão], onde somos fortes, não tenho grandes dúvidas disso».Contudo, o técnico frisou que, «quando este jogo iniciar», interessa é os «jogadores estarem preparados para aquilo que encontrarão, bloqueando bem o Farense na sua organização ofensiva e assumindo o jogo com bola».O treinador deseja uma equipa «com dinâmica ofensiva e com habilidade para instituir perigo», acima de tudo, com os jogadores «dispostos a tudo para ganhar o jogo».Avaliou: «Temos alguns pontos de progressão e se ganharmos vai ser formidável para nós e essa vai ser a nossa motivação, sabendo que é um passo importante, perante um oponente direto».O Nacional contratou o guarda-redes de Senegal Seydou Sy que se encontrava sem clube, com o treinador a explicar que a contratação tem bastante a ver com a lesão de Daniel Guimarães.»Temos de nos precaver para tudo, pois pode não retornar depressa e temos de nos preparar para qualquer eventualidade, pois temos tanta coisa este ano, como lesões e o covid e não podemos estar sujeitos a não ter guarda-redes no banco, como podia ocorrer, pois ainda faltam três meses de competição», referiu Luís FreireNo boletim clínico constam Daniel Guimarães com um traumatismo na grelha costal, Rúben Micael com um traumatismo no joelho, Brayan Riascos com uma lesão muscular na coxa direita, Lucas Kal com um traumatismo na zona lombar e Witi com uma lesão muscular na coxa esquerda.

Internacional sub-20 Seydou Sy de 25 anos , Seydou Sy , de 25 anos , formou em os de Turquia de o Istambul BB , O guarda-redes de Senegal Seydou Sy , que estava sem clube , reforçará o Nacional até a o final de a temporada , anunciou hoje o clube de a I Liga de Portugal de futebol.Internacional sub-20 Seydou Sy de 25 anos , Seydou Sy , de 25 anos , formou em os turcos de o Istambul BB , de o qual se se transferiu , ainda com idade de júnior , para o Milan.Faz 5 anos, em 2014-15, o guarda-redes reforçou o Mónaco tendo conquistado a liga de Francia, sob o comando de Leonardo Jardim. O Mónaco é clube no qual esteve até na temporada transata.eydou Sy, que irá envergar a camisola 30, declarou, em declarações à TV do Nacional, estar «scumpridopor assinar por um clube histórico», dquerendovir a gostar de trabalhar no Nacional, ajudando «o clube da melhor forma possível».

Na terça-feira 26 de janeiro treinador desperdiçou 12 pontos em 15 jornadas, algo que, no Benfica, só tinha ocorrido em 2010/2011.No seu retorno ao Benfica após uma passagem carregada de glória pelo Flamengo, Jorge Jesus tem encontrado obstáculos para acertar passo no campeonato. Numa época marcada por aumentadas expectativas dos adeptos encarnados, o treinador já viu a sua equipa desperdiçar 12 pontos em 15 jornadas da competição e equiparou o pior arranque adicionado com as cores do Benfica.À época, em 2010/2011, o atraso adicionado na primeira volta auxiliou a «engordar» uma desvantagem para o FC Porto de André Villas-Boas que, no fim do campeonato, se cifrou em 21 pontos.As derrotas consecutivas frente a Boavista e Braga, na sexta e sétima jornadas, fizeram soar alarmes que continuavam bem audíveis após uma sequência de três empates nos últimos quatro jogos para a competição. Curiosamente, o Benfica desperdiçou benefícios em todos eles e arriscava-se a ir para o dérbi com seis pontos de distância em relação ao Sporting, que jogava diante do Boavista. Isto já depois de ter caído para o terceiro lugar do campeonato após o triunfo do FC Porto na casa do Farense.Ultrapassando a esfera particular de Jorge Jesus, tem de se recuar dois anos para encontrar um arranque pior que o atual. Comandado por Rui Vitória, o Benfica chegou à 15ª jornada com 13 pontos perdidos e foi, precisamente, nesta altura que o ribatejano foi demitido e promovido Bruno Lage. O treinador da equipa B acabou por adicionar uma reta final admirável, ilustrada pelos 18 triunfos em 19 jogos, e reclamar um título que parecia definitivamente perdido para o FC Porto.

Luís de Barros Freire foi um engenheiro, professor e pioneiro da ciência no Brasil.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Luís Freire: «Temos alguns pontos de progressão e se ganharmos vai ser formidável»
>>>>>Seydou Sy reforça Nacional até ao final da temporada – February 11, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 350 80 NONE 14 nós: 1, (tacit) nós: 13
2 Seydou Sy 160 0 PERSON 10 (tacit) ele/ela (referent: Seydou_Sy de 25 anos): 2, Seydou_Sy de 25 anos: 2, Seydou_Sy: 6
3 treinador 90 110 NONE 6 O treinador: 3, o treinador: 2, treinador: 1
4 Benfica 0 90 ORGANIZATION 6 o Benfica: 6
5 equipa 110 80 NONE 5 uma equipa muito ofensiva: 1, sua equipa: 1, uma equipa: 2, equipa: 1
6 Nacional 0 0 ORGANIZATION 5 O Nacional: 2, o Nacional: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Nacional): 1, um Nacional ambicioso: 1
7 Farense 0 0 ORGANIZATION 4 o Farense: 4
8 jogo 0 0 NONE 4 um jogo complicado: 1, o jogo: 1, este jogo: 1, um jogo: 1
9 pontos 40 60 NONE 3 12 pontos: 2, 13 pontos perdidos: 1
10 vitória 225 0 NONE 3 uma vitória: 2, vitória: 1