Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Logo Portimonense

Treinador do Portimonense declara que «há muita margem para melhorar»O treinador do Portimonense declarou este sábado que não olha para a classificação e que a sua equipa ainda tem «muita margem para melhorar», na véspera da receção ao Vizela.»Não olho para a classificação. O que dá conforto é que é sempre melhor trabalhar em cima de triunfos e resultados positivos do que o oposto. O foco está no Vizela, com o grande objetivo de conquistar os três pontos e procurar sermos todos, individual e coletivamente, mais fortes do que na última partida», disse Paulo Sérgio, na antevisão do encontro da sétima jornada.Segundo o treinador dos de Algeria, «existe margem para aumentar e muita margem para melhorar».»O objetivo passa por aí, por sermos melhores, por sermos mais fortes, por crescermos em relação ao último jogo, na busca do objetivo da vitória», acrescentou.Com margem de crescimento para «melhorar em todos os aspetos», Paulo Sérgio deseja ver os jovens a «ganhar mais maturidade, experiência, controlo das situações de jogo, ousadia, foco e muita entrega ao trabalho».O técnico considera que o Portimonense tem «bastantes alternativas de característica» no meio-campo e está ainda a construir o setor ofensivo.»Temos menos experiência no ataque e estamos a construí-lo. Estamos à pdemandade dar sensações boas a esses jovens que o compõem e isso faz parte do nosso trabalho. Desejamo sentir que o trabalho vai fazendo conseqüência nessa busca e temos de transferir isso para o momento da competição», explicou.Sobre o Vizela, Paulo Sérgio enfatizou que se trata de uma equipa «que joga um futebol positivo e que procura ganhar as partidas que disputa», realçando a mescla entre jogadores «com experiência», como Claudemir, Marcos Paulo e Schiettine, e jogadores «que caminhavam escondidos na II Liga mas de enormíssima habilidade», como Samu, Kiki e Kiko Bondoso.»Uma equipa para subir de divisão deve ganhar muitas partidas e, no fundo, o que o Álvaro [Pacheco] está a procurar fazer é dar permanência à matriz de jogo que trazia da II Liga, com um futebol mbastanteofensivo, uma equipa parriscadae recheada de thabilidade, frisou o técnico do conjunto de Portimão, que na receção ao Vizela não pode contar com Nakajima, Fabrício e Ricardo Ferreira.O Portimonense, sexto classificado com 10 pontos, recebe o Vizela, 12.º com seis, em jogo marcado para domingo, às 20:30, no Estádio Municipal de Portimão, com arbitragem de António Nobre .

O treinador do Vizela falou esta sexta-feira em conferência de jornalismo de antevisão da partida com o PortimonenseÁlvaro Pacheco, treinador do Vizela, considerou esta sexta-feira que a sua equipa «tinha que ter mais pontos» na I Liga, esperando ampliar o pecúlio classificativo na partida deste domingo, frente ao Portimonense, da sétima jornada.»Sinto que o Vizela devia ter mais pontos, não só pelas exposições, como pela característica do jogo e pela superioridade que teve em alguns desafios. Mas não conseguindo mais, estou cumprido pela postura dos jogadores e o trajeto da equipa. Estamos dentro da perspetiva», declarou o técnico dos minhotos.Apesar dos seis pontos já adicionados, a equipa não vence há quatro jogos consecutivos [uma derrota e três empates], algo que o técnico garante não provocar tensão no grupo de trabalho, antecipando que as vitórias «surgirão com naturalidade».»Estamos num processo evolutivo, mas com uma matriz de jogo bastante vincada. Nos últimos três desafios fomos a segunda equipa com mais com remates do campeonato, e a quarta com mais encruzilhadas. Isso revela a torrente e a coragem que temos mostrado. Estamos a evoluir», vincou o treinador.Para este embate com o Portimonense, Álvaro Pacheco deseja que o grupo conserve «a estabilidade e maturidade», mesmo reconhecendo os obstáculos que encontrará no Algarve.»O Portimonense tem estado bastante bem no nosso campeonato, é uma equipa bem coordenada, com boas dinâmicas ofensivas, que tem como princípios o pragmatismo e objetividade nas suas ações. Tem um plantel com excelentes jogadores e um bom treinador. Jogando em casa também jogarão para ganhar. Vai ser uma partida emotiva, entre duas excelentes equipas», antecipou o treinador do Vizela.Com a partida agendada para domingo, dia de votações autárquicas, o séquito vizelense não vai poder exercer o seu direito de voto, uma vez que viaja já hoje para Algarve. A situação não inquieta Álvaro Pacheco.»Sou um fanático e apaixonado por aquilo que faço. A data [da jornada] que marcaram vai ser a ideal jogarmos. Para os adeptos que gostam de votar, têm de o fazer de maneira antecipada. Para mim não é um problema», vincou o técnico.Para este desafio, o guarda-redes Pedro Silva é o único elemento do plantel que consta no boletim clínico dos vizelenses. O ponta-de-lança Cassiano já treinou hoje integrado e pode seralternativao para o jogo de domingo.O Vizela, 12.º classificado com seis pontos, joga este domingo no reduto do Portimonense numa partida agendada para as 20:30, que vai ter arbitragem de António Nobre, da associação de Leiria. O reduto do Portimonense é sexto com 10.

Faz 13 dias, o espanhol Fran Navarro isolou se em a liderança de a lista de melhores marcadores de o campeonatoGil Vicente e Vizela empataram 2-2, em Barcelos, em um jogo de a quinta jornada de a Liga Bwin em que Marcos Paulo e Fran Navarro bisaram, em o domingo 12 de setembro.O espanhol Fran Navarro isolou-se na liderança da lista de melhores marcadores do campeonato, com quatro, ao assinar os dois golos do empate do Gil Vicente, aos 61 e 90, em ambos os casos invalidando os benefícios alcançados com os golos do brasileiro Marcos Paulo, aos 24, na conversão de uma grande penalidade, e aos 73.Enquanto o Vizela subiu temporariamente ao 11, com este empate, entre equipas que adicionaram os terceiros jogos sem vencer, o Gil Vicente ocupava o sétimo lugar, com os mesmos sete pontos de Portimonense e Paços de Ferreira.º posto, com cinco.

Portimonense Sporting Clube é um clube esportivo de Portugal, fundado em Portimão.

Paulo Sérgio de Macedo foi um cantor, compositor e ator brasileiro, considerado um dos maiores artistas da música romântica do país. Se conhece Paulo Sérgio de Macedo é mais conhecido como Paulo Sérgio.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Portimao

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Paulo Sérgio antes do Portimonense-Vizela: «Não olho para a classificação»
>>>>>Álvaro Pacheco: «Sinto que o Vizela devia ter mais pontos» – September 24, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 equipa 0 40 NONE 8 sua equipa: 2, uma equipa: 3, Uma equipa: 1, a equipa: 1, a segunda equipa: 1
2 nós 80 0 NONE 6 (tacit) nós: 6
3 Portimonense 0 0 ORGANIZATION 6 o Portimonense de a sétima jornada: 1, O Portimonense: 1, O Portimonense sexto classificado: 1, o Portimonense: 3
4 Vizela 0 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: O Vizela 12): 1, o Vizela: 4, O Vizela 12: 1
5 eu 140 50 NONE 5 (tacit) eu: 4, mim: 1
6 Paulo Sérgio de Macedo 100 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Paulo_Sérgio): 1, Paulo_Sérgio_de_Macedo (apposition: mais conhecido): 1, Paulo_Sérgio: 3
7 partida 0 0 NONE 4 uma partida agendada: 1, a partida agendada: 1, a partida: 1, uma partida emotiva: 1
8 pontos 0 0 NONE 4 mais pontos: 1, seis pontos: 2, 10 pontos: 1
9 Álvaro Pacheco 110 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Álvaro_Pacheco): 1, Álvaro_Pacheco: 2
10 treinador 80 0 NONE 3 o treinador: 2, um bom treinador: 1