Por: SentiLecto

Guarda-redes padeceu uma paragem cardiorrespiratória no treino de segunda-feira da equipa de andebol azul e branca.O FC Porto recorreu esta terça-feira à newsletter «Dragões Diário» para providenciar uma atualização sobre a situação de Alfredo Quintana, guarda-redes da equipa de andebol que spadeceuuma paragem cardiorrespiratória no treino de segunda-feira.»O pensamento de todos no FC Porto está com Alfredo Quintana, que ontem [segunda-feira] quando se preparava para iniciar mais, padeceu uma paragem cardiorrespiratória um treino no Dragão Arena. O guarda-redes da equipa de andebol foi reanimado e estabilizado no local e transportado para o Hospital de São João, onde se encontra internado na Unidade de Cuidados Intensivos», explica o FC Porto no boletim informativo matinal.Ao que O JOGO apurou na noite de segunda-feira, o guardião luso-cubano encontra-se estável O guardião luso-cubano é proprietário das redes da Seleção Nacional de andebol., mas em coma induzido, entubado e com prognóstico bastante reservado, sendo as primeiras 24 horas decisivas, tal como os dias seguintes.

Comunicou o FC PortoO desportista de andebol Alfredo Quintana padeceu durante o treino desta segunda-feira uma paragem cardiorrespiratória, tendo sido prontamente assistido com o suporte de uma viatura do INEM. Para o Hospital de São João, onde se encontra internado, segundo comunicou o FC Porto, se o transportou depois de estabilizado.Os portistas adicionaram que «vão atualizar a situação hospital do desportista assim que houver novidades».O guardião do FC Porto e da Seleção Nacional fez uma grande exposição no final da tarde de domingo, contribuindo com 14 defesas para o triunfo dos portistas em Águas Santas, por 26-34. Foi a 19º vitória consecutiva dos dragões no campeonato, que lideram isolados.O clube de Bielorrusia explicou a mesma se deve à situação de saúde de Alfredo QuintanaO Meshkov Brest, aoponentedo FC Porto na próxima jornada da Liga dos Campeões, anunciou que o jogo que estava marcado para esta qse o aprotelouquarta-feira»para data a anunciar».O clube de Bielorrusia explicou a mesma se deve à situação de saúde de Alfredo Quintana, que esta segunda-feira spadeceuuma paragem cardiorrespiratória durante o treino da equipa.Claque apelou a uma presença dos adeptos na sessão de trabalho, levando a PSP a vigiar o complexo do clube.A viver um momento complicado, o plantel do Marítimo continuou a preparar na manhã deste sábado a partida com o FC Porto, da ronda 21 do campeonato, com forte proteção policial. Segundo conta o Diário de Notícias da Madeira, a PSP marcou presença no complexo esportivo do clube depois da claque «Fanáticos» vai ter apelado, nas redes sociais, a uma presença na sessão da equipa.O treino acabou por decorrer normalmente e sem qualquer incidente.O Marítimo recebe o FC Porto na segunda-feira, numa partida com começo às 19h00. A equipa de Milton Mendes adicionou por derrotas os últimos seis jogos efetuados, um deles para a Taça de Portugal, e ocupa o 16.º lugar do campeonato.

Na sexta-feira 12 de fevereiro a recuperação financeira do FC Porto no primeiro semestre da temporada era explicada, naturalmente, pelas mais-valias realizadas nas transferências de jogadores e pelos prémios da Liga dos CampeõesO FC Porto comunicou à CMVM, na quarta-feira, um resultado líquido de 34 milhões de euros nas contas do primeiro semestre da época e a projeção já do cumprimento total do acordo com a UEFA, que p permitiriaà SAD sair da sombra do Fair-Play financeiro no próximo dia 30 de junho.Aliás, foi essa a convicção demonstrada a O JOGO pelava gerente financeiro Fernando Gomes. «A correr tudo dentro da normalidade e apesar do efeito negativo da pandemia», ressalvava, «o objetivo seria satisfeito.»Também há algumas irregularidades que faziam a SAD de Portugal apreciar os números. Conseguiu-se o retorno a os resultados positivos apesar das severas limitações de a pandemia que conservava os estádios fechados desde março de 2020,. Na última época completava , só as bilheteiras renderam 9,6 milhões de euros, entretanto diminuídos a zero, depois de uma quebra de cerca de três milhões no último trimestre da temporada anterior. Ao todo, com outros orçamentos relacionados, a proibição de público no Estádio do Dragão custou ao FC Porto, neste semestre, qualquer coisa como 12 milhões de euros. «Ficámos sem a bilheteira, os lugares anuais anúncio», detalhou Fernando Gomes. Os lugares anuais são os camarotes. » era uma fatia importante que se perdia.»A recuperação era explicada, naturalmente, pelas mais-valias realizadas nas transferências de jogadores e pelos prémios da Liga dos Campeões, que já ultrapassaram até o valor orçamentado em seis milhões de euros. Dos 65 milhões garantidos, somente 55 estavam contabilizados neste relatório. Os 9,5 milhões referentes ao apuramento da equipa para os oitavos de final eram já receita a inscrever no próximo.Neste campo, das nas transferências de jogadores destaque para os valores das duas mais sonantes vendas do FC Porto no passado mercado de transferências do verão, com o Relatório e Contas a assinalar que Fábio Silva, transferido para o Wolberhampton, gerou a mais-valia de 25 milhões de euros . Quanto a Alex Telles, que trocou o FC Porto pelo Manchester United, o valor exato das mais-valias era de de 11.199.820.Duas notas ainda neste campo para a transferência de Chidozie para o Boavista, por cinco milhões de euros – depois do defesa nigeriano ter alcançado uma série de objetivos – e da mais-valia gerada por Soares, que ficou pelos 3,4 milhões de euros.No que se refere a despesas com aquisições para o plantel de 2020/21, o mesmo relatório revela que 80% do passe de Evanilson custou 8,8 milhões de euros, que a totalidade de Zaidu – contratado ao Santa Clara – obrigou a um investimento de quatro milhões de euros e que 75% do passe de Toni Martínez exigiu um investimento de 3,2 milhões. Finalmente, Taremi – porventura o reforço mais sonante do verão portista -, o relatório indica que 85% do passe custou 4,7 milhões de euros.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Porto

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Quintana nos cuidados intensivos do Hospital de São João: a atualização do FC Porto
>>>>>Alfredo Quintana sofre paragem cardio-respiratória durante treino – February 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>As espetaculares imagens do treino à chuva do FC Porto – (ojogo-pt)
>>>>>Meshkov Brest, adversário do FC Porto, anuncia adiamento do jogo – February 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>»É totalmente inesperado, o Quintana sempre foi um atleta com valores ótimos» – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Sporting deixa mensagem a Quintana após paragem cardiorrespiratória do guarda-redes – February 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Sporting foi à Terceira e deixou uma lembrança ao seu futuro craque – February 21, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Sporting B vence nos Açores com Plata e Eduardo Quaresma – February 21, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Marítimo prepara jogo com o FC Porto e teve proteção policial no treino – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 o FC_Porto 0 0 PLACE 7 o FC_Porto: 6, O FC_Porto: 1
2 euros 0 0 NONE 6 euros: 6
3 paragem 0 0 NONE 5 uma paragem cardiorrespiratória: 5
4 o FC_PortoO 80 75 OTHER 4 (tacit) ele/ela (referent: o FC_PortoO): 2, (tacit) ele (referent: o FC_PortoO): 1, o FC_PortoO: 1
5 Toni Martínez 80 0 PERSON 3 Toni_Martínez: 1, (tacit) ele/ela (referent: Toni_Martínez): 2
6 treino 80 0 NONE 3 O treino: 1, o treino: 2
7 passe 0 0 NONE 3 o passe: 3
8 pandemia 0 100 NONE 2 a pandemia: 2
9 anormalidades 0 80 NONE 2 algumas anormalidades: 2
10 Dragões_Diário 0 75 OTHER 2 (tacit) ele/ela (referent: Dragões_Diário): 2