Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Tom Pidcock – 2017 Tour Series (Durham, podium) (cropped)

No terceiro dia de competições na Olimpíada de Tóquio, o Brasil conquistou sua segunda prata no skate, com a mais jovem medalhista do país: Rayssa Leal, a Fadinha, conquistou a segunda posição do pódio do street feminino nesta madrugada. No surfe, os representantes de Brasil seguem firmes na disputa, e teve lembre batido no ciclismo mountain bike para o país. Cheque uma sinopse do que rolou:

Quadro de medalhas: Acompanhe a atualização em tempo real

Rayssa Leal sorria. A cada manobra, a cada queda, a cada nota recebida. Mais do que competindo, a fadinha estava se divertindo — e talvez esta seja a melhor forma para uma adolescente de 13 anos estrear nos Jogos Olímpicos. Morder a medalha de prata, a qual conquistou com nota 14.64, tem gosto de dedicação, orgulho e muita alegria. O ouro ficou com a japonesa Momiji Nishiya , mas a luminosidade da fadinha pôde ser visto de qualquer lugar do mundo. O bronze ficou com Funa Nakayama .

Time Brasil: Especial revela histórias e possibilidades dos 302 desportistas da Brasil

O Brasil vai ter dois representantes nas quartas de final do surfe masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O primeiro é Gabriel Medina, que venceu o australiano Julian Wilson por 14.33 a 13.00. Na bateria seguinte, Italo Ferreira enviou o neozelandês Billy Stairmand por 14.54 a 9.67. No feminino, Silvana Lima foi às quartas de final, mas Tatiana Weston-Webb caiu nas oitavas.

O brasileiro Henrique Avancini ficou na 13º colocação e garantiu a melhor colocação na história do país no ciclismo mountain bike. O britânico Thomas Pidcock fez corrida exemplar e conquistou a medalha de ouro. Outro brasileiro na prova, Luiz Henrique Cocuzzi deduziu na 27ª colocação.

Após a luta tensa, com para os dois lados e hemorragia do brasileiro, Cargnin chorou com a treinadora Rosicléia Campos.

Thomas Pidcock é um ciclista do Reino Unido que corre para a equipa.

Milena Titoneli está de volta à competição! Com a classificação da croata Matea Jelic na final, a brasileira conseguiu entrar na repescagem para tentar a luta pelo bronze na categoria até 67kg do taekwondo. Já Ícaro Miguel se despediu dos Jogos de Tóquio. Caso o adversário fosse classificado para a final, depois de perder para o italiano Simone Alessio, o lutador ainda tinha possibilidade de regressar na repescagem , o que não aconteceu.

Não ter subido no pódio do 4x100m livre não chegou a ser uma decepção para a equipe masculina do Brasil. Afinal, os tempos registrados neste e nos últimos anos já assinalavam que o quarteto nacional não estava bem cotado para ficar entre os três primeiros. Ainda assim, a performance registrada na final da prova em Tóquio pode ser considerado um retrocesso. Não pelo oitavo lugar, mas pelo tempo tão abaixo do esperado.

No individual, Fernando Scheffer fez o oitavo tempo e está na final nos 200m livre.

Ana Patricia e Rebecca superaram quenianas e estrearam com triunfo em Tóquio. Com tranquilidade, bateram Makokha e Khadambi por 2 sets a 0 no vôlei de praia, e o Brasil fechou a primeira rodada com 100% de aproveitamento no feminino e no masculino.

No badminton simples feminino, Fabiana Silva perdeu em sua estreia no período de grupos. A de Ucrania Maria Ulitina derrotou em os dois sets ela. No tritlo masculino, Manoel Messias ficou na 28ª colocação entre 49 participantes. O brasileiro concluiu o caminho em 1h48m19, 3min7 atrás do norueguês Kristian Blummenfelt, que ficou com a medalha de ouro. Nos 73 kg, o judoca de Brasil Eduardo Barbosa perdeu na estreia para o francês Guillaume Chaine no golden score, após uma chave de braço que o obrigou a desistir do duelo.

O judoca de 23 anos foi vice-campeão dos Jogos Pan-Americanos de Lima , e faz sua estreia em Olimpíadas.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Resumo da Olimpíada: Rayssa Leal faz história com prata no skate, e Brasil segue forte no surfe e no vôlei de praia
>>>>>Olimpíada: Cargnin é bronze no judô, e Brasil conquista segunda medalha em Tóquio – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 fadinha 320 75 ORGANIZATION 4 a Fadinha: 1, (tacit) ele/ela (referent: a fadinha): 2, a fadinha: 1
2 colocação 100 0 NONE 4 a 13º colocação: 1, a melhor colocação: 1, a 27ª colocação: 1, a 28ª colocação: 1
3 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
4 feminino 0 0 NONE 4 feminino: 2, o feminino: 2
5 Thomas Pidcock 140 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: O britânico Thomas_Pidcock): 1, Thomas_Pidcock: 1, O britânico Thomas_Pidcock: 1
6 tempo 80 0 NONE 3 tempo real: 1, o oitavo tempo: 1, o tempo: 1
7 estreia 0 0 NONE 3 a estreia: 1, sua estreia: 2
8 final 0 0 NONE 3 a final: 3
9 o Brasil 0 0 PLACE 3 o Brasil: 2, O Brasil: 1
10 Fabiana Silva 0 40 PERSON 2 Fabiana_Silva: 1, Ela (referent: Fabiana_Silva): 1