Por: SentiLecto

O quarto classificado do campeonato nacional venceu a formação do segundo escalão na segunda meia-final da final fourO Alpendorada garantiu a passagem à final da Taça de Portugal de seniores femininos em andebol ao vencer o Porto Salvo por 25-23, em encontro da meia-final onde fez a reviravolta no resultado nos vinte minutos finais.Numa boa partida de andebol, o quarto classificado do campeonato nacional venceu a formação do segundo escalão na segunda meia-final da «final four», que está a decorrer no Pavilhão dos Desportos de Vila Real, e defrontará na final, este domingo, às 17:30, o Madeira SAD, que bateu o Alavarium no outro encontro da meia-final por 32-27.A formação lisboeta entrou mais forte e graças ao acerto de Maria Unjanque e Joana Pires, com quatro golos cada na primeira parte, conseguiu ter uma boa vantagem ao intervalo, impondo-se fisicamente.Essa diferença não foi maior porque a jovem guarda-redes do Alpendorada, Rita Guimarães, impediu diversas conclusões, fazendo com que a diferença jamais fosse superior a quatro golos.Após o mau fase da equipa de Noruegade Noruega, que esteve sem marcar entre os 10 e 20 minutos, falhando muitos golos já nos seis metros, o Alpendorada dobrou o marcador em cinco minutos e diminuiu os prejuízos até aa pausa.A formação do distrito do Porto surgiu mais eficaz defensivamente e passou a provocar mais obstáculos ao Porto Salvo em ataque, o que permitiu recuperar no marcador. Aos 38 minutos, pela primeira vez, colocou-se em benefício por 16-15.Apesar da reviravolta, o Porto Salvo conservou-se dentro do encontro, que chegou aos cinco minutos finais equilibrado. As de Lisboa chegaram mesmo ao 22-22 e ao 23-23 aos 58 minutos.Com tudo em aberto, o Porto Salvo teve uma exclusão até final e falhou a reviravolta graças a uma boa defesa de Rita Guimarães, que permitiu ao Alpendorada fazer o 24-23 e depois o 25-23 final.Jogo no Pavilhão de Desportos de Vila Real.Alpendorada – Porto Salvo: 25-23.Aa pausa: 11-13.Sob a arbitragem de Nádia Lemos e Ana Carina Barbosa, as equipas alinharam e marcaram:- Alpendorada : Rita Guimarães , Mariana Costa , Ângela Pessoa , Margarida Morais , Sara Barbosa , Leonor Gonçalves e Ana Rita Silva . Jogaram ainda: Beatriz Couto, Ana Sofia Dias , Cristiana Alves, Josefina Rodrigues , Inês Pinheiro, Patrícia Silva, Cristiana Vieira, Ana Rita Neves e Márcia Santos.Treinador: Alexandre Monteiro.- Porto Salvo : Maria Pereira, Margarida Ribeiro , Rita Califórnia , Maria Unjanque , Joana Pires , Raquel Califórnia e Íris Gonçalves . Jogaram ainda: Ana Margarida Viveiros, Maria Antunes, Oxana Esteves, Ana Cristina Martins, Ana Marta Ribeiro, Cláudia Moniz, Leonor Dionísio, Sílvia Delgado e Íris Sequeira.Treinador: Paulo Santos.Passeata do marcador: 1-2 , 4-5 , 4-7 , 4-9 , 8-10 , 11-13 , 13-15 , 17-16 , 19-17 , 21-19 , 22-21 e 25-23 .Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

O Madeira SAD venceu este sábado o Alavarium/Love Tiles, por 32-27 e apurou-se para a final da Taça de Portugal.O Madeira SAD apurou-se hoje para a final da Taça de Portugal de seniores femininos em andebol, ao vencer de maneira inequívoca o Alavarium/Love Tiles, por 32-27, graças àobbomvbenefícioaalcançadona primeira parte.No primeiro encontro das meias-finais da Taça de Portugal, que está a decorrer no Pavilhão dos Desportos de Vila Real, as madeirenses impuseram-se à equipa de Aveiro, vice-campeã, e continuam a perseguir a «dobradinha» esta temporada.A formação campeã nacional mostrou estar em grande maneira, ao impor-se logo na primeira parte, na qual desde cedo chegou à vbenefícioe a partir dos 15 minutos foi construindo um resultado confortável, o que se mostrou decisivo.Aos 10 minutos o resultado ainda era próximo, graças a um Alavarium que entrou igualmente forte e concretizador, mas essa efetividade, deseja no ataque, deseja na defesa, reduziu.A guarda-redes das madeirenses, Nádia Nunes, passou a ser um obstáculo difícil de transpor e, ao apostar no «sete para seis», a lentidão a recuperar defensivamente permitiu golos fáceis às aoponentesO Madeira SAD foi consolidando o benefício, primeiro de quatro e depois de cinco golos, até aa pausa, com Greyce , Neide e Petra Dicak em bom plano. Na reta final da primeira parte, com quatro golos sem resposta, conseguiu chegar a 19-11 aa pausa.Na segunda parte, as aveirenses entraram mais agressivas na defesa, invalidando mais vezes os pontos fortes da oponente e recuperando mais bolas e conseguiram diminuir a diferença no marcador, provando a razão de terem debatido o título.No entanto, somente nos cinco minutos finais chegaram à diferença quatro golos, sem conseguirem aproximar-se mais e reentrar na luta pela eliminatória, apesar dos esforços de Diana Oliveira e Carolina Monteiro nos segundos trinta minutos.As madeirenses aguardam agora a segunda finalista da «final four», que se decide também hoje, no encontro entre o Alpendorada e Porto Salvo. A final joga-se no domingo, em Vila Real, às 17:30.Jogo no Pavilhão de Desportos de Vila Real.Madeira SAD – Alavarium/Love Tiles: 32-27.Aa pausa: 19-11.Sob a arbitragem de Lia Pinheiro e Joana Silva, as equipas alinharam e marcaram:- Madeira SAD : Nádia Nunes , Cristiane Silva , Maria Duarte , Neide Duarte , Odete Tavares , Patrícia Morais e Greyce Kelly . Jogaram ainda: Maria Nunes, Matilde Henriques, Marta Ferreira, Mariana Azevedo , Júlia Figueira, Sara Camacho, Anastasia Lintichi, Luana Jesus e Petra Dicak .Treinador: António Florido.- Alavarium/Love Tiles : Andreia Costa, Joana Trindade, Diana Oliveira , Shayane Oliveira, Soraia Fernandes , Carolina Monteiro , Daniela Mendes e Ana Carolina Silva . Jogaram ainda: Bianca Santos, Catarina Soares, Eulalia Silva, Maria Ferreira, Andreia Madail, Carolina Justino , Kassia César e Juceleyde Cabral.Treinador: Carlos Neiva.Passeata do marcador: 2-2 , 6-5 , 10-7 , 14-8 , 15-10 , 19-11 , 20-14 , 22-17 , 26-20 , 27-20 , 28-25 e 32-27 .Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Vila Real, Porto

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Reviravolta sobre Porto Salvo dá ao Alpendorada final da Taça de andebol
>>>>>Madeira SAD bate Alavarium e garante final da Taça em andebol feminino – June 19, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Alavarium 80 0 ORGANIZATION 7 o Alavarium: 1, (tacit) ele/ela (referent: um Alavarium): 5, um Alavarium: 1
2 Madeira SAD 80 0 ORGANIZATION 7 o Madeira_SAD: 2, O Madeira_SAD: 3, (tacit) ele/ela (referent: O Madeira_SAD): 1, Madeira_SAD: 1
3 final 0 0 NONE 6 A final: 1, final: 2, a final: 1, a final four: 2
4 golos 35 0 NONE 5 muitos golos: 1, quatro golos: 3, golos fáceis: 1
5 intervalo 0 0 NONE 5 o intervalo: 5
6 Porto Salvo 70 0 PERSON 4 Porto_Salvo: 2, o Porto_Salvo: 2
7 diferença 0 0 NONE 4 a diferença: 3, Essa diferença: 1
8 reviravolta 0 70 NONE 3 reviravolta: 1, a reviravolta: 2
9 resultado 70 0 NONE 3 um resultado confortável: 1, o resultado: 2
10 Alpendorada 0 0 ORGANIZATION 3 o Alpendorada: 3