Por: SentiLecto

O profissional de Portugal, depois de uma estreia com 67 pancadas, quatro abaixo do Par do campo transalpino, completou os segundos 18 buracos com 68 «shots» e deixou o sétimo lugar para dividi a quinta posição do leaderboard com o austríaco Lukas NemeczO golfista português Ricardo Melo Gouveia continua bastante sólido no Challenge de Itália, que está a decorrer no Margara Golf Club, onde já integra o top 5 do torneio pontuável para o Challenge Tour.O profissional de Portugal, depois de uma estreia com 67 pancadas, quatro abaixo do Par do campo transalpino, completou os segundos 18 buracos com 68 «shots» e deixou o sétimo lugar para dividi a quinta posição do leaderboard com o austríaco Lukas Nemecz.»Foi mais uma volta bastante sólida. Joguei muito bem e só cometi um erro de estratégia no buraco 6, onde fiz um bogey. O outro bogey, que de resto correu bem, no 1 surgiu de um mau «swing» , mas Tive uma chance ou outra que podia ter entrado, não entrou, mas espero que entrem no fim de semana», progrediu Melo Gouveia à Lusa.Após registar hoje cinco «birdies» nos buracos 2, 3, 5, 10 e 15, contra dois «bogeys», o jogador de Portugal adicionou 135 shots, mais cinco que o líder francês Frederic Lacroix, que contabiliza 12 abaixo do Par.Tal como Ricardo Melo Gouveia, Tomás Bessa também conseguiu passar o cut, fixado nas 141 pancadas, ao adicionar 139 shots e subir ao 25.º lugar da classificação, ao passo que Vítor Lopes, com um agregado de 145 , não foi capaz de integrar o lote de 65 jogadores apurados para as últimas duas voltas.

À distância mínima da manutenção em prova está o outro representante nacional, Pedro Figueiredo,O golfista português Ricardo Santos entrou hoje pouco ‘afinado’ no Cazoo Open suported by Gareth Bale, mas conseguiu recuperar e colocar-se dentro do «cut» provisório, após uma estreia no Par do campo no The Celtic Manor Resort.O profissional de Algeria, de 39 anos, estreou-se com um «duplo bogey» no primeiro buraco e assinou um «bogey» no 4, mas reagiu com quatro «birdies» no 9, 11, 12 e 18, contra somente mais um «bogey» no 15, e acabou por não perder nenhuma pancada para o campo.»Foi um começo bastante mau e uma luta até ao fim, mas valeu a pena. No buraco 1 fui para o «bunker» com o «drive», depois bati com a bola no «lip» do «bunker» e ficou no mesmo sítio. Fiz «shot» para a frente, «microchip» e dois «putts». Depois, no buraco 7, dei um bom «shot», senti algo diferente, que gostei, e iniciei só o focar-me naquele «feeling». Não sei exatamente que ocorreu, mas comecei a jogar bem melhor», contou Santos, em declarações à Lusa.Com 71 pancadas, Ricardo Santos ocupa o 44.º lugar no «leaderboard», empatado, e dentro do «cut» provisório, que apurará os 65 melhores e empatados para as últimas duas voltas.À distância mínima da manutenção em prova está o outro representante nacional, Pedro Figueiredo, que deduziu os 18 buracos inaugurais com 73 pancadas , num dia em que o sueco Vincent Norrman e o espanhol Nacho Elvira assumiram a liderança do torneio pontuável para o European Tour, ambos com 64 pancadas .

Na sexta-feira 16 de julho melo Gouveia estava a jogar, esta semana, o torneio do Challenge Tour na empresa do irmão Tomás Gouveia, Miguel Gaspar e Alexandre Abreu.O golfista de Portugal Ricardo Melo Gouveia aumentou o nível do seu jogo, após uma estreia acima do Par, e assegurou a qualificação para as últimas duas voltas do Euram Bank Open, no Golf Club Adamstal, na Áustria.Ricardo Melo Gouveia estava a jogar, esta semana, o torneio do Challenge Tour na empresa do irmão Tomás Gouveia, Miguel Gaspar e Alexandre Abreu, os três com wild card, mas foi o único representante nacional a passar o cut, fixado nas 139 pancadas e que apurou os 69 melhores jogadores para o período final da prova.Depois de uma primeira volta com 71 pancadas, uma acima do Par do campo de Australia, o jogador natural de Lisboa completou os segundos buracos com 67 shots , ao registar seis birdies nos buracos 3, 4, 5, 9, 16 e 17, um duplo bogey no 6 e um bogey no 11.»O jogo da primeira volta não foi bastante diferente, só que concretizei mais putts e acabei com dois microchip in nos buracos 16 e 17. Aproveitei melhor o jogo do que [quinta-feira]», explicou Melo Gouveia, à Lusa.Apesar de «bastante motivado e com boas perspetivas de subir na classificação», na qual figurava na 41.ª posição, Ricardo Melo Gouveia revelava estar calculada «muita chuva e trovoada» e, por isso, não sabia se seria possível jogar no sábado.Ao contrário do irmão mais velho, Tomás Gouveia não conseguiu passar o cut, ao adicionar 147 pancadas , as mesmas de Miguel Gaspar (73+74, ambos no 124.º lugar, assim como Alexandre Abreu com um agregado de 158 «shots» .O finlandês Matias Honkala assumiu a liderança do Euram Bank Open, ao deduzi os 36 buracos inaugurais com 129 pancadas , duas de benefício sobre o inglês Jack Floydd e o australiano Blake Windred.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Italy

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ricardo Melo Gouveia é quinto colocado no Challenge de Itália em golfe
>>>>>Ricardo Santos dentro do cut provisório no País de Gales – July 22, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 359 50 NONE 18 (tacit) eu: 18
2 um bogey 0 0 OTHER 7 um bogey: 3, um duplo bogey: 1, (tacit) ele/ela (referent: um bogey): 1, bogey: 2
3 Ricardo Melo Gouveia 25 0 PERSON 6 Ricardo_Melo_Gouveia: 4, Melo_Gouveia: 2
4 pancadas 0 240 NONE 4 as 141 pancadas: 1, as 139 pancadas: 2, 71 pancadas: 1
5 buraco 0 0 NONE 4 o primeiro buraco: 1, o buraco: 3
6 buracos 0 0 NONE 4 os buracos: 2, 18 buracos: 2
7 Lusa 0 0 ORGANIZATION 3 a Lusa: 3
8 Par 0 0 PERSON 3 Par: 2, Par de o campo austríaco: 1
9 cut 0 0 OTHER 3 cut: 2, (tacit) ele/ela (referent: cut): 1
10 segundos 0 0 NONE 3 os segundos buracos: 1, os segundos: 2