Por: SentiLecto

O guarda-redes Gustavo Capdeville fez a quinta melhor defesa do segundo dia do Europeu de andebol e o central Rui Silva assinalou o terceiro melhor golo, segundo a EHF. Portugal perdeu frente à Islândia por 24-28. Veja os lances nos tweets abaixo.

Internacional de Portugal assume que os comandados de Paulo Jorge Pereira pretendem, pese as restrições por covid-19, «tentar ganhar todos os jogos» na competição europeiaO guarda-redes Gustavo Capdeville considera imprescindível iniciar o Euro’2022 de andebol com um triunfo na próxima sexta-feira frente à Islândia, no qual a seleção portuguesa, «apesar das várias cirritações, deposita «as mais altas expectativas».Portugal realizou, esta quarta-feira, um treino de adaptação à Arena de Budapeste, com chabilidadepara 20 mil espetadores e construída de raiz para a prova, que recebe o grupo B, que integra ainda a anfitriã Hungria, a Islândia e os Países Baixos.Gustavo Capdeville lembrou as lesões dos colegas André Gomes, Luís Frade, Pedro Portela e João Ferraz, que ditaram o afastamento do quarteto da prova, e os casos de covid-19 entre os convidados, que «restringiram a preparação da seleção».Apesar das irritações «e da difícil logística de lidar com os protocolos sanitários», que impedem que a seleção esteja na máxima força no primeiro jogo com a Islândia, Gustavo Capdeville alegou que o grupo está «focado em dar o máximo» e dar especial atenção aos «pormenores».»Apesar de termos tido alguns colegas com a covid-19 e outros lesionados, temos sempre as expectativas no mais alto possível e que passam por tentar ganhar todos os jogos», referiu o guarda-redes do Benfica, de 24 anos.Um triunfo frente à Islândia no primeiro jogo abre boas perspetivas para a seleção pde Portugalalcançar um dos dois primeiros lugares do grupo, que dão acesso à «main round» .Capdeville, que irá dividir a baliza de Portugal com Manuel Gaspar, de 23 anos, do Sporting declarou: «Nós pensamos jogo a jogo e apesar das nossos obstáculos focamo-nos sempre em trabalhar e vencer o primeiro jogo com a Islândia».Apesar do guarda-redes ser a última dificuldade para o golo, Gustavo Capdeville não se sente mais responsável ou com mais ‘stress’ do que os seus colegas de campo, com quem reparte os êxitos e os erros.»Antes de a bola chegar a mim, passa pelos outros seis colegas e nós trabalhamos como equipa. Não sinto mais «stress» nem culpa por ser o último obstáculo antes do golo. Considerou o guarda-redes, se um equívoco, falhamos todos, como equipa».Gustavo Capdeville defende que «a equipa trabalha para alcançar resultados cada vez melhores e, apesar das condicionantes, está preparada para melhorar o sexto lugar de há dois anos».O Euro2022 decorre de quinta-feira a 30 de janeiro, na Hungria e na Eslováquia, sendo que a primeira fase apura os dois primeiros classificados de cada um dos seis grupos de qualificação para a ronda principal, que ditará os semifinalistas.O central Rui Silva garante que a seleção de Portugal está pronta a estreia do Euro’2022 de andebolO central Rui Silva garante que a seleção de Portugal está pronta para o jogo de sexta-feira com a Islândia, na estreia do Euro’2022 de andebol, na Hungria, e que as expectativas são altas.»Estamos prontos. Foi uma preparação diferente e um bocado mais difícil da costumeira [devido a lesões e aos casos de covid-19], mas não pode ser isso que nos pode impedir de ambicionar desejar sempre mais», considerou Rui Silva.O central Rui Silva lembrou que «Portugal está introduzido num grupo difícil» e que tem na sexta-feira «um primeiro jogo igualmente difícil» com a Islândia, mas «a pretensão é a mesma de sempre», bem como «a vontade de desejar sempre mais».»Encontramo-nos bem, e uma pessoa tem que se saber ajustar seja no andebol seja na vida. Acho que temos tido essa habilidade ao longo dos últimos anos, esta foi mais uma prova, e acredito que amanhã [sexta-feira] estaremos bem», assegurou.O autor do golo do triunfo nos últimos segundos do jogo com a França no torneio pré-olímpico, que levou Portugal aos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, em 2021, descarta o papel de jogador decisivo e considera que qualquer um o pode ser.»É algo que nos caracteriza. É que qualquer um pode ser decisivo e o mais importante será sempre o resultado final coletivo e isso é o que nos deixa mais orgulhosos e contentes», considerou um dos organizadores de jogo de Paulo Pereira.Jogar perante público, algo que nem sempre tem sido possível, devido às lrestriçõesimpostas pela pandemia de covid-19, foi outro dos aspetos sdestacadospelo central Rui Silva, de 27 anos, que rencarnaas cores do FC Porto.»É ótimo. Já tínhamos saudades de voltar a sentir o que é jogar uma grande competição com público, porque o público também faz parte. Felizmente estamos num país em que permite-se a lotação máxima e há que aproveitar isso», declarou.O guarda-redes da Seleção Nacional de andebol e do Benfica, Gustavo Capdeville, volta a realçar todo o sentimento que guarda por Quintana, morrido a 21 de fevereiro de 2021Olhar para o céu após as defesas: «Às vezes é intuitivo, sinto tanto o momento e a defesa e agradeço lá para cima às pessoas que me aauxiliaram Principalmente o Alfredo [Quintana], que sempre me auxiliou bastante. Tudo o que sou hoje, devo-lhe bastante. Ele está sempre comigo e faz parte das defesas, dos triunfos e das derrotas. Agradeço-lhe bastante por isso. Jogo sempre com a camisola dele, é um patuá da sorte.»Sentimento forte: «Significa que eu não percurso sozinho, ando eu e ele. Ele partiu bastante cedo, ainda tinha bastante para dar a Portugal, ao FC Porto e ao andebol global. Ele partiu e eu sinto que vou ter de fazer o nosso caminho juntos: eu e ele. Sempre me auxiliou bastante e faço isto por mim e por ele. Já que ele não consegue vir ao pavilhão, eu trago-o sempre comigo. Toda a gente sabe que que aprendi muito com ele. Sempre o declarou: agradeço-lhe bastante pelo que sou hoje e pelo guarda-redes que me tornei.»

Rui Manuel Monteiro da Silva CvIH • ComIH é um desportista de Portugal designadamente os 1500 e os 3000 metros. Um desportista de Portugal é expert em meio fundo.

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Iceland

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Rui Silva e Capdeville no top-5 de melhores golos e defesas do segundo dia do Euro’2022
>>>>>Portugal tem «altas expectativas» no Euro’2022, diz guarda-redes Capdeville – (ojogo-pt)
>>>>>Rui Silva: «Uma pessoa tem que saber adaptar-se, seja no andebol seja na vida» – (ojogo-pt)
>>>>>Capdeville não esquece Quintana: a camisola e o olhar para o céu a cada defesa – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 160 0 NONE 22 (tacit) eu: 14, me: 3, eu: 3, mim: 2
2 nós 185 0 NONE 17 nos: 5, Nós: 1, (tacit) nós: 11
3 Gustavo Capdeville 100 25 PERSON 10 O guarda-redes Gustavo_Capdeville: 1, (tacit) ele/ela (referent: Gustavo_Capdeville): 2, guarda-redes Gustavo_Capdeville: 1, Capdeville: 2, Gustavo_Capdeville: 4
4 jogo 0 50 NONE 8 o primeiro jogo: 2, Jogo: 1, o jogo: 1, um primeiro jogo igualmente difícil: 1, jogo: 3
5 Rui Silva 0 0 PERSON 7 central Rui_Silva: 3, Rui_Silva: 2, central Rui_Silva de 27 anos: 2
6 Portugal 0 0 PLACE 5 Portugal: 5
7 a Islândia 0 0 PLACE 5 a Islândia: 5
8 grupo 0 50 NONE 3 um grupo difícil: 1, o grupo: 2
9 equipa 100 0 NONE 3 equipa: 2, a equipa: 1
10 prova 0 0 NONE 3 a prova: 2, uma prova: 1