Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Generic football

Tom Dumoulin, que , que está de retorno ao pelotão após um intervalo na carreira, estará nos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, revelou este sábado a Federação de Holguín de ciclismo, confirmando ainda a presença do prodígio Mathieu van der Poel no BTT, está de retorno ao pelotão após um intervalo na carreira. A seleção de Dumoulin, ganhador do Giro2017, é o grande destaque na lista de «convidados» dos Países Baixos para as provas de ciclismo dos Jogos Olímpicos, com o ciclista da Jumbo-Visma a ser o eleito para enfrentar o contrarrelógio na capital japonesa e a juntar-se a Bauke Mollema , Wilco Kelderman , Dylan van Baarle e Yoeri Havik na prova de fundo.Dumoulin, que foi segundo no Giro e na Volta a França de 2018, venceu um título global de contrarrelógio e a prata do Rio2016, também no «crono», anunciou em janeiro um intervalo na carreira para pensar no futuro, confessando que a pressão pública e dos meios de comunicação social eram «mais difíceis de dirigi» do que esperava.Agora, vai estar em Tóquio2020 para defender a medalha conquistada e tentar contribuir para o êxito dos Países Baixos no ciclismo, modalidade em que são grandes favoritos no BTT, graças à presença do prodígio Mathieu van der Poel .Os Jogos Olímpicos Tóquio2020, protelados devido à pandemia de covid-19, vdecorrerãoentre 23 de julho e 08 de agosto.

Mark Adams de participantes mencionou quantidade após uma reunião de o conselho executivo de o organismo. Mark Adams é porta-voz do Comité Olímpico Internacional. Qualificação vai durar até 29 de junhoOs Jogos Olímpicos Tóquio2020, protelados para este verão, já têm apurados mais de 7.800 desportistas, com o decorrer do processo de qualificação, revelou, esta quarta-feira, o porta-voz do Comité Olímpico Internacional .Segundo Mark Adams, que falava aos jornalistas após uma curta reunião do Conselho Executivo do COI, já estão encontrados quase oito mil desportistas participantes, com «70% das quotas já alocadas» e o processo de qualificação concluído numa série de desportos e disciplinas, do andebol ao ciclismo de estrada e voleibol, entre outros.O processo de qualificação decorre até 29 de junho para encontrar os 30% que faltam, com 20% a ser apurado via «ranking» internacional e 10% com a execução de acontecimentos de qualificação.Quando o Japão estendeu o estado de emergência nas principais zonas metropolitanas, mark Adams respondeu a questões sobre o que considerou «especulação», sobre a execução da prova devido à pandemia de covid-19, com uma opinião pública nde Nipaniaextremamentecontra o eacontecimentoir para a frente.O porta-voz, que garantiu que a opinião pública vai ser mais favorável mais próximo do arranque garantiu: «Estamos totalmente concentrado no período final da implementação dos Jogos».Mark Adams referiu-se aos vários acontecimentos de teste e acontecimentos internacionais que têm sido coordenados nos últimos meses como «prova» de que os Jogos Olímpicos poderão realizar-se daqui a dois meses.Quanto à vacinação, e depois do acordo que o COI assinou com a Pfizer, deixou ainda a garantia de que «uma grande maioria dos ocupantes da Aldeia Olímpica vão estar vacinados», no que é «uma mensagem importante» e uma segurança para a população de Japon, alegou.Os Jogos Olímpicos Tóquio2020, já protelados para 2021 devido à pandemia, têm a sua abertura pcalculadapara 23 de julho, decorrendo até 08 de agosto.O estado de emergência , do que os confinamentos impostos em outros países de o mundo , estendeu até 31 de maio em os setores de o país mais afetados o estado de emergência do que que é menos restrito em o Japão , entre os quais Tóquio.A crise sanitária no Japão foi menos grave do que em muitos outros países, tendo sido registados oficialmente cerca de 10.800 mortos desde o começo de 2020.No entanto, o programa nacional de vacinação tem evoluído bastante lentamente, pelo que alguns setores japoneses têm registado nas últimas semanas níveis lembre de infeção com covid-19 e a propagação das novas variantes tem agravado a situação.O governo nipónico e os organizadores dos Jogos insistem na execução do acontecimento, protelado já um ano devido ao vírus, afirmando que este vai poder se desenrolar «com toda a segurança» neste verão, enquanto as mais recentes sondagens dão conta de que a maioria dos japoneses defende a anulação ou um novo deferimento dos Jogos.Canoísta volta a falhar a presença olímpica, depois de ter estado presente em Londres’2012.A canoísta de Portugal Joana Vasconcelos falhou esta quinta-feira uma vaga na prova de K1 500 dos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, ao concluir no terceiro lugar a final da prova de qualificação, em Szeged, na Hungria.A canoísta natural de Vila Nova de Gaia concluiu a regata em 01.56,90 minutos, a 0,74 segundos da ganhadora, a de Espanha Isabel Contreras, que, tal como a croata Anamaria Govorcinovic, terceira classificada, em 1.56,70, assegurou uma vaga em Tóquio2020.Joana Vasconcelos volta a falhar a presença olímpica, depois de ter estado presente em Londres’2012 e sido sexta classificada nas provas de K2 500, com Beatriz Gomes, e K4 500 metros, com Helena Rodrigues, Beatriz Gomes e Teresa Portela.Portugal tem já garantidas as participações Fernando Pimenta em K1 1.000 metros, Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela em K4 500 e Teresa Portela em K1 200, nas provas de canoagem de velocidade em Toquio2020, e de Antoine Laynay, em slalom.Ainda hoje, Portugal vai tentar assegurar vagas olímpicas em quatro provas, com Kevin Santos em K1 200, Francisca Laia e Sara Sotero em K2 500, Marco Apura e Bruno Afonso em C2 1.000 e Inês Penetra e Beatriz Lamas em C2 500.Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 serão realizar-se de 23 de julho a 08 de agosto de 2021, depois de terem sido protelados devido à pandemia de covid-19.Sindicato dos médicos do Japão pede cancelamento dos Jogos de Tóquio’2020.O Sindicato Nacional de Médicos Japoneses exibiu esta quinta-feira uma abaixo-assinado ao governo a pedir o cancelamento dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, calculados para o verão, afirmando o risco aumentado de propagação de novas variantes do SARS-CoV-2.Na abaixo-assinado, exibida ao ministério da Saúde, o sindicato considera que «o maior problema é a ameaça de novas estirpes» do vírus, culpado pela covid-19, e refere que, apesar da competição se disputar sem público, «não a suposição de o vírus não pode ser descartada ser transmitido por os desportistas».Os médicos de Nipani compreendem, por isso, que «não é possível disputar uns Jogos seguros» e pedem o seu cancelamento.»Vai ser bastante duro para os desportistas, mas alguém deve pedir o cancelamento dos Jogos. Por motivos sanitários, vemo-nos obrigados a ser nós a pedir», declarou Naoto Ueyama em conferência de jornalismo. Naoto Ueyama é representante do sindicato.Ueyama considerou que o governo de Japon «tem a importante missão de proteger a vida dos cidadãos» e instou o executivo a «mostrar uma postura clara».A estrutura sindical recordou que os médicos estão a trabalhar acima das suas habilidades, para fazer rostito à pandemia de covid-19, e acusou o governo de desejar diminuir o número de profissionais de saúde disponíveis, afetando-os apenas à competição.Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto, disputar, enquanto os Paralímpicos devem-se entre 24 de agosto e 05 de setembro.A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.333.603 mortos no mundo, resultantes de mais de 160,3 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência de Francia AFP.

Mathieu Valbuena é um futebolista de Franciade Francia que atua como meia.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Tóquio’2020: Dumoulin retorna e liderará seleção de Holguín de ciclismo nos Jogos
>>>>>Mais de 7.800 atletas estão apurados para os Jogos Olímpicos em Tóquio – May 12, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Tóquio’2020: Salomé Rocha, Catarina Ribeiro e Sara Moreira confirmadas na maratona – (ojogo-pt)
>>>>>Joana Vasconcelos falha apuramento para Tóquio’2020 em K1 500 – May 13, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Canoístas do K1 200 e C 1000 lembram: «Zero margem de erro» para tentar Tóquio’2020 – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Rui Fernandes diz que K4 500 pode ser uma «boa surpresa» na canoagem – (ojogo-pt)
>>>>>»Será muito duro para os atletas, mas alguém tem de pedir o cancelamento dos Jogos» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Tom Dumoulin 260 100 PERSON 7 (tacit) ele/ela (referent: Tom_Dumoulin que): 1, Dumoulin: 2, (tacit) ele/ela (referent: Dumoulin): 2, Tom_Dumoulin que: 2
2 pandemia 0 300 NONE 6 a pandemia: 2, a pandemia de covid-19: 3, A pandemia de covid-19: 1
3 eu 160 140 NONE 6 (tacit) eu: 6
4 Jogos Olímpicos 0 0 ORGANIZATION 5 Os Jogos_Olímpicos Tóquio2020 adiados: 1, Os Jogos_Olímpicos: 3, (tacit) eles/elas (referent: Os Jogos_Olímpicos): 1
5 Mark Adams 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Mark_Adams): 2, Mark_Adams: 2, Mark_Adams (apposition: porta-voz de o Comité_Olímpico_Internacional): 1
6 o Japão 0 0 PLACE 4 o Japão: 4
7 nós 0 50 NONE 3 nos: 1, (tacit) nós: 2
8 Portugal 35 0 PLACE 3 (tacit) ele/ela (referent: Portugal): 1, Portugal: 2
9 Sindicato Nacional de Médicos Japoneses 0 0 ORGANIZATION 3 O Sindicato_Nacional_de_Médicos_Japoneses: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Sindicato_Nacional_de_Médicos_Japoneses): 2
10 carreira 0 0 NONE 3 a carreira: 3