Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – JCM BW 02 2560

Depois da derrota na estreia da Taça Guanabara, o Vasco, que mas o 1 a 0 padecido no fim não menciona pouca produtividade e má atuação, perdeu a segunda partida, diante do Volta Redonda. Pelo contrário. Só não houve proficiência para entrar na área e colocar a bola na rede. E quem não faz, leva, como confirmou a desatenção no lateral que gerou o gol de João Carlos. Sem nenhum ponto em dois jogos, o Vasco é o vice-lanterna entre 12 equipes.

João Carlos Gandra da Silva Martins ComIH é um pianista e maestro brasileiro.

Até houve evolução do primeiro para o segundo compromisso vascaíno. O técnico Diogo Siston promoveu Matias Galarza aos titulares depois da boa participação do de Paraguay contra a Portuguesa. E o jogador deu boa dinâmica ao meio-campo do Vasco, ao lado de Juninho. As peças mais imaginativas foram agitadas melhor em o ataque, com participação de os laterais, mas o time pecou no último passe.

Apesar da velocidade e talento dos laterais MT e Cayo Tenório, o Vasco não teve poder de criação no meio-campo. Lucas Santos e Gabriel Pec estiveram apagados. Os atacantes Vinicius e Tiago Reis tecnicamente abaixo. Sem isso, houve abuso da ligação direta. Bem postada, a Portuguesa forçou o erro de passe e buscou as bolas paradas. Assim, Dilsinho marcou de cabeça.

Faz 1 mês, Vanderlei Luxemburgo se colocou em a disposição de o Vasco para continuar em a frente de a equipe em a Segunda Divisão, em o domingo 21 de fevereiro. treinador alegou, depois do empate com o Corinthians, que deixou o time virtualmente rebaixado, que quer seguir participando do que chamou de «reconstrução do clube», agora sob a direção de Jorge Salgado:

Ainda assim, o Vasco teve as melhores possibilidades, nos pés de Laranjeira. O atacante provou característica e exatidão nos arremates. Primeiro, parou no goleiro Andrey. Em seguida, acertou a trave. «Faltou capricho. Tivemos algumas chances. Tem que ter atenção», declarou o jogador na pausa.

Formada por habilidades da sub-20 e alguns garotos que já subiram ao profissional, a equipe vascaína tardou a engrenar. No primeiro tempo, não concluiu a gol, contra quatro arremates do oponente, que foi melhor.

As jogadas não tiveram a mesma fluidez. Os jogadores de frente, Laranjeira e Figueiredo, participaram menos. E acabaram recuando para armar as jogadas. O centroavante Tiago Reis entrou no fm para ampliar a presença na área. Mas foi Arthur, que entrou bem e deduziu duas vezes. Em bola espirrada na área no fim, João Carlos dominou no peito e definiu o placar.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Vasco provoca melhor impressão, mas não tem proficiência para fazer o gol e perde para ao Volta Redonda no fim
>>>>>Vasco demora a engrenar e perde para a Portuguesa na estreia do Estadual, mas não se acovarda – March 04, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Vasco 100 25 ORGANIZATION 6 o Vasco: 6
2 Os jogadores de frente Laranjeira e Figueiredo 0 0 PERSON 3 Os jogadores de frente Laranjeira e Figueiredo: 1, (tacit) eles/elas (referent: Os jogadores de frente Laranjeira e Figueiredo): 2
3 garotos 0 160 NONE 2 alguns garotos: 2
4 Diogo Siston 140 0 PERSON 2 O técnico Diogo_Siston: 1, (tacit) ele/ela (referent: O técnico Diogo_Siston): 1
5 chances 135 0 NONE 2 as melhores chances: 1, algumas oportunidades: 1
6 Arthur 0 0 PERSON 2 Arthur: 1, (tacit) ele/ela (referent: Arthur): 1
7 Corinthians 0 0 ORGANIZATION 2 o Corinthians: 2
8 João Carlos da Gandra Silva Martins ComIH 0 0 PERSON 2 João_Carlos_Gandra_da_Silva_Martins_ComIH: 1, João_Carlos: 1
9 a Portuguesa 0 0 PLACE 2 a Portuguesa: 2
10 fim 0 0 NONE 2 o fim: 2