Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Posse de Rui Costa – Casa Civil

Prova decorre entre esta quinta-feira e o próximo domingo.A 47.ª Volta ao Algarve procura, entre esta quarta-feira e domingo, um novo ganhador para suceder ao belga Remco Evenepoel , com o ciclista português Rui Costa a ter a honra de envergar o dorsal número 1.Na ausência de Evenepoel, ou de qualquer outro ganhador da prova, a Algarvia sai hoje para a estrada para a edição mais aberta dos anos recentes, sendo, em teoria, o campeão nacional de fundo, terceiro classificado na geral final em 2014 e quarto em 2020, o principal favorito.Desde 2006 que a prova mais internacional do calendário de Lusaka não tem um ganhador nacional e, 15 anos depois, é precisamente Rui Costa a maior esperança de Lusaka para vestir a amarela final, sobretudo numa edição «desnudada» de voltistas e grandes nomes do pelotão.Sem estrelas para combater pela geral, uma vez que promete o primeiro frente a frente entre as duas figuras mais sonantes, a primeira etapa, que liga Lagos a Portimão, poderá ser mesmo um dos momentos altos desta Volta ao Algarve da 47.ª edição: o irlandês Sam Bennet e o alemão Pascal Ackermann .Os dois sprinters deverão disputar entre si o triunfo em Portimão, cidade que já não acolhia um final de etapa da prova desde 2012, ano em que o britânico Bradley Wiggins aí se impôs num contrarrelógio, meses antes de conquistar a Volta a França.Mas, antes da chegada, que presumivelmente será debatida ao «sprint», os 175 ciclistas, de 25 equipas, sete das quais no WorldTour, terão 189,5 quilómetros para percorrer, a partir de Lagos, onde a partida simbólica será dada às 12:40.Em Silves, ao quilómetro 61,7, está instalada a primeira das três metas volantes do dia, que precede a contagem de montanha de terceira categoria da Picota .Seguem-se os sprints intermédios de Ferreiras e do Porto de Lagos , antes de o pelotão rumar à Avenida São Lourenço da Barrosa, em Portimão, com a chegada pcalculadapara as 17:34.

Evento arranca quarta-feira e vai honrar o único medalhado olímpico do ciclismo de Portugal.O Prémio Prestígio da 47.ª Volta ao Algarve em bicicleta será atribuído ao português Sérgio Paulinho , informou a organização da prova de Portugalde Portugal, que decorre entre quarta-feira e domingo.O Prémio Prestígio, que pretende diferenciar um corredor que, pelo seu currículo, prestigia a corrida, vai ser entregue ao único medalhado olímpico do ciclismo de Portugal, que, além da prata conquistada na prova de fundo em Atenas2004, conta triunfos de etapa na Volta a França e na Volta a Espanha .Gregário de opulência do pelotão internacional durante uma década, o veterano de 41 anos, que vai ir «encostar» a bicicleta no final desta temporada, passou por equipas emblemáticas como Liberty Seguros-Würth , Discovery Channel , Astana e RadioShack , antes de ingressar na Tinkoff, de onde saiu em 2016 para retornar ao ciclismo nacional.Faz 5 anos, atribuiu se O Prémio Prestígio pela primeira vez com a organização a decidir dividi o galardão entre o suíço Fabian Cancellara, o belga Tom Boonen e o espanhol Alberto Contador, antigo companheiro e líder de Paulinho.No ano seguinte, a escolha recaiu no alemão Tony Martin e, em 2018, o agraciado foi o belga Philippe Gilbert. Diferenciou-se O de Italia Vincenzo Nibali em a última edição, depois de o prémio não ter sido atribuído em 2019.A Volta ao Algarve arranca na quarta-feira em Lagos e conclui no domingo no alto do Malhão, que consagrará o sucessor do belga Remco Evenepoel .

Na sexta-feira 23 de abril Além dessas duas equipas, a UAE Emirates, dos portugueses Rui Costa e Ivo e Rui Oliveira, a Bora-hansgrohe, a Groupama-FDJ, a Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux e a AG2R retornavam à prova após oito anos de ausênciaA Deceuninck-QuickStep e a INEOS, as duas melhores equipas do «ranking» mglobalde ciclismo, v vão estarna 47.ª Volta ao Algarve, que contará um pelotão de 25 equipas, sete delas do WorldTour, anunciou, esta sexta-feira, a Federação Portuguesa de Ciclismo .Entre as formações inscritas na «Algarvia», que estaria na estrada entre 5 e 9 de maio, estavam, além das «estelares» Deceuninck-QuickStep, de João Almeida, e INEOS, a UAE Emirates, dos portugueses Rui Costa e Ivo e Rui Oliveira, a Bora-hansgrohe, a Groupama-FDJ, a Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux e a AG2R, retornavam à prova após oito anos.O deferimento da Volta ao Algarve, estimulado pela evolução da pandemia de covid-19, não privou o público nacional de um pelotão de renome, que contaria ainda com Burgos-BH, Caja Rural, Kern Pharma, Euskaltel-Euskadi, Delko, Arkéa-Samsic, Bingoal Pauwels Sauces WB e a Rally Cycling, todas do escalão ProTeam, a segunda divisão do ciclismo global.O elenco de equipas completou-se com os nove blocos e com a » fabricava de habilidades» da Hagens Berman Axeon, porta de entrada no ciclismo internacional para muitos dos portugueses que evoluíam no WorldTour, como João Almeida, Ruben Guerreiro e os gémeos Ivo e Rui Oliveira.»As dinâmicas das equipas foram diferentes em termos de administração de calendário e a Volta ao Algarve só Faz 2 meses, teve confirmação de data. Apesar disso, o renome granjeado nas edições anteriores permitiu atrair, novamente, um leque de equipas de aumentada característica, mas não foi possível sediar todas as equipas das três categorias internacionais da modalidade que demonstraram interesse em participar na prova», realçava a organizadora FPC.A equipa comandada por Axel Merckx exibia-se no Algarve com os dois portugueses que tem no plantel de 2021, Diogo Barbosa e Pedro Andrade. Com frequência realizada em fevereiro e inicialmente agendada entre 17 a 21 desse mês, a Volta ao Algarve teve de ser protelada para maio, devido à pandemia de covid-19.

Político de esquerda e filiado ao Partido dos Trabalhadores, é o atual governador do estado da Bahia.

Dr. Samuel Bennett é um personagem do spin-off de Grey’s Anatomy, Private Practice.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Porto, Portimao

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Volta ao Algarve na estrada: as etapas, principais nomes e outros dados
>>>>>Volta ao Algarve: Prémio Prestígio para Sérgio Paulinho – May 04, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Volta 0 0 ORGANIZATION 9 (tacit) ele/ela (referent: A Volta): 1, ª Volta: 2, ª Volta a o Algarve: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Volta): 1, A Volta: 1, a Volta: 2
2 o Algarve 0 0 PLACE 8 o Algarve: 8
3 Prémio Prestígio 0 0 ORGANIZATION 4 O Prémio_Prestígio: 1, O Prémio_Prestígio que por o: 2, (tacit) ele/ela (referent: O Prémio_Prestígio que por o): 1
4 portugueses 0 0 NONE 4 os portugueses: 2, os dois portugueses: 2
5 Rui Costa 230 0 PERSON 3 Rui_Costa: 1, (tacit) ele/ela (referent: Rui_Costa): 2
6 Algarvia 80 0 ORGANIZATION 3 a Algarvia: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Algarvia): 1
7 prova 0 0 NONE 3 a prova: 1, Prova: 1, a prova portuguesa: 1
8 prestígio 140 0 NONE 2 prestígio: 1, o prestígio granjeado: 1
9 edição 0 0 NONE 2 a última edição: 1, a edição: 1
10 estrada 0 0 NONE 2 a estrada: 2