Por: SentiLecto

Um relatório encomendado pela Secretaria municipal de Conservação, que deverá ficar pronto nos próximos meses, declarará se a Prefeitura do Rio deve ou não refazer uma nova obra nas pistas do Aterro do Flamengo, via que liga bairros da Zona Sul do Rio aos da Região Central e Norte da cidade. Deu-se a informação a o EXTRA, em a manhã de esta segunda-feira , dia 4, pela secretária de a pasta, a economista Anna Laura Valente Secco, que. Faz 2 anos, ainda em a administração de Marcelo Crivella, o governo municipal gastou R $ 100 milhões em o Pavimenta Rio, programa de recuperação de vias públicas de a cidade, em 2019. No entanto, na avaliação de experts, a antiga administração pode ter falhado na composição da massa asfáltica usada na via.

No verba de 2021, sugerido por Crivella, já estava calculado a ampliação da alíquota. As projeções do antigo governo mencionavam que isso poderia gerar receitas de R$ 200 milhões a mais por ano. Essa receita não seria concretizada este ano porque depende de quando e se a Câmara aprovar a a mudança

Na terça-feira 22 de dezembro o presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Felippe (DEM, estava se conduzindo, na manhã d, ao Centro Administrativo São Sebastião — onde, diante da prisão do prefeito Marcelo Crivella , assumirá a Prefeitura do Rio.

— está sendo revista pelo corpo técnico da Conservação.

Ainda de acordo com a gestora, a Prefeitura “espera que não seja preciso” ter que refazer o recapeamento da estrada.

Faz 2 meses, o regresso presencial em as atividades também havia gerado reação de os professores que aprovaram uma » Greve pela Vida «,.Na ocasião, o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação criticou a resolução da prefeitura, e alegou que faltava estrutura mínima nas escolas para a retomada.Durante a administração de Marcelo Crivella , a norma da prefeitura foi quitar a folha utilizando as receitas recém recolhidas.

— Eles vão dar uma solução técnica que visa a devolver a segurança para os carros que trafegam por ali. Acreditamos, e esperamos, que não seja necessário refazer a obra — completou a economista.

A secretária não informou qual é o laboratório que está fazendo a análise e nem quanto a pasta gastará com a consultoria.

Por outro lado, — Essas operações são caras. Não é ideal. Veja o exemplo do Estado que pegou R$ 2,9 bilhões para colocar as contas em dia. E agora vai ter que pagar R$4,7 bilhões. Prefiro aumentar a carteira imobiliária do Funprevi ,adicionou Pedro Paulo.

Anunciado por Crivella como um dos mais importantes projetos de sua gestão, o programa Pavimenta Rio, para recuperar 150 quilômetros de vias da cidade ao preço de R$ 400 milhões, derrapou logo em seu primeiro teste. Faz 2 anos, que deixou o asfalto escorregadio, segundo motoristas, o município determinou que fossem feitos uma análise sobre a característica de o serviço e reparos em o trecho onde aconteceu uma série de acidentes, em novembro de 2019 um mês após a aplicação de um microrrevestimento sobre as pistas de o Aterro.

Naquele mesmo mês, o Tribunal de Contas do Município requereu ao Laboratório de Geotécnica e Pavimentos da Coppe/UFRJ uma perícia do material aplicado na pista. Segundo o laudo final, ficou comprovado que a Prefeitura do Rio usou material inadequado no recapeamento das pistas do Aterro. De acordo com o documento, que ficou pronto quase um ano depois, a aplicação do selante asfáltico foi o culpado por uma ampliação no número de acidentes, principalmente em dias chuvosos, provocando uma perda de R$ 154 mil aos cofres públicos.

No ano passado, o TCM pediu a troca do material e decidiu apurar a responsabilidade do prejuízo.

Faz 2 meses, então Secretaria de Infraestrutura informou que o produto » usado em o Aterro é uma mistura de selante com material que serve para impedir a infiltração de água em o pavimento, granular oito anos e polímeros, ampliado a vida útil de a pista em até «, Procurada ainda em novembro a.

— Existem muitas ruas pela cidade que estão com esse problema. Neste final de semana tivemos a primeira experiência com a chuva, e todos os buracos reabriram com o aguaceiro. Os buracos são um problema grande que temos. A característica do asfalto também. Arrisco a declarar que nesses últimos anos a característica não estava tão boa. Mas vamo voltar com o aprimoramento. A partir de agora, a produção do asfalto vai ser nas quatro usinas que temos e é de excelente característica — informou.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Asfalto do Aterro: relatório revelará recapeamento terá que ser refeito
>>>>>Secretário da Fazenda de Paes estuda criar previdência complementar para servidores com maiores salários – January 01, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Secretários de Educação e de Saúde da Prefeitura do Rio se reúnem neste domingo para discutir retorno às aulas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Jorge Felippe publica ofício mostrando que prefeitura terá R$ 629 milhões em caixa para quitar salários de dezembro – January 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>No último almoço de Jorge Felippe como prefeito, quem manda é dona Noêmia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Com ajuda do Estado e da Câmara, prefeitura raspa o cofre para pagar serviços essenciais e 13º de quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 4 mil – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 30 NONE 4 (tacit) eu: 4
2 nós 230 0 NONE 4 (tacit) nós: 4
3 problema 100 240 NONE 3 um problema grande: 2, esse problema: 1
4 material 0 70 NONE 3 material: 2, material inadequado: 1
5 cidade 0 160 NONE 2 a cidade: 2
6 buracos 50 80 NONE 2 Os buracos: 1, todos os buracos: 1
7 qualidade 220 40 NONE 2 excelente qualidade: 1, a qualidade: 1
8 a melhoria 160 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: a melhoria): 2
9 o exemplo de o estado 100 0 NONE 2 o exemplo de o Estado: 2
10 a Prefeitura_do_Rio 30 0 PLACE 2 a Prefeitura_do_Rio: 2