Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – President Barack Obama and Vice President Joe Biden shake hands in the Oval Office following a phone call with House Speaker John Boehner securing a bipartisan deal to reduce the nation’s deficit and avoid default

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, aagrediunesta sexta-feira a fmaneiracomo o presidente Donald Trump lidou com a pandemia de coronavírus, ao mesmo tempo em que um importante órgão de pesquisa aadvertiuque o número de mortos pela Covid-19 no país pode mais que dobrar nos próximos quatro meses.

– O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama fez nesta quarta-feira seu primeiro fantasmazinho na campanha do candidato democrata à Presidência dos EUA, Joe Biden, que tfrearuma disputa apertada com o presidente Donald Trump em Estados cruciais a asomente13 dias da evotação Obama, um dos principais astros do Partido Democrata e um alvo frequente dos ataques do republicano Trump, participou de uma mesa de debate com políticos negros, líderes comunitários e religiosos da Filadélfia antes de participar de um comício «drive-in» para pedir votos antecipados para Biden e outros candidatos democratas. Obama ao entrar no palanque aplaudido pelos 15 convidados declarou: «É bom ver vocês». O fantasmazinho de Obama no acontecimento da campanha preenche uma lacuna deixada por Biden, que tem ficado em casa no Delaware desde segunda-feira fazendo reuniões e se preparando para o discussão desta semana com Trump em Nashville, no Tennessee. Biden foi vice-presidente de Obama por oito anos. Os norte-americanos estão votando antecipadamente em um ritmo sem precedentes neste ano, com mais de 41 milhões de votos feitos por correspondência ou pessoalmente antes do dia da votação, em 3 de novembro, por conta de preocupações pelo coronavírus e para garantir que se contabilizem seus votos. Na noite desta quarta-feira, Trump faz um comício na Carolina do Norte, um outro Estado decisivo onde as pesquisas de opinião mencionam uma disputa apertada. Biden e Trump se vão encontrar na segunda discussão entre ambos na noite de quinta-feira, o que vai dar ao republicano uma possibilidade de mudar o curso da disputa, que tem o democrata na liderança das pesquisas nacionais. – O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama estreou na campanha presidencial de 2020 nesta quarta-feira, fazendo um ataque voraz ao presidente Donald Trump a menos de duas semanas do dia da votação que vai decidir a disputa entre o líder republicano e o desafiante democrata, Joe Biden. Ao falar em um comício ao estilo «drive-in» na Filadélfia encarnando Biden, seu ex-vice-presidente, Obama fez uma de suas críticas mais duras até hoje de seu successor. «Ele não provou qualquer interesse em fazer o trabalho ou em auxiliar alguém que não seja ele mesmo», declarou Obama sobre Trump. Obama, que conduziu por dois mandatos e continua sendo umas das figuras mais populares do Partido Democrata, agrediu Trump por sua condução da pandemia do coronavírus, notando que o próprio presidente havia sido vítima do vírus. Declarou: «Donald Trump não vai ir repentinamente proteger a todos nós». «Ele não pode nem tomar os passos básicos para se proteger». O fantasmazinho de Obama nos acontecimentos da campanha preenche um vácuo deixado por Biden, que tem ficado em casa no Delaware desde segunda-feira fazendo reuniões e se preparando para o discussão desta semana com Trump em Nashville, no Tennessee. Os norte-americanos estão votando antecipadamente em um ritmo sem precedentes neste ano, com mais de 41 milhões de votos feitos por correspondência ou pessoalmente antes do dia da votação, em 3 de novembro, por conta de preocupações pelo coronavírus e para garantir que se contabilizem seus votos. Na noite desta quarta-feira, Trump faz um comício na Carolina do Norte, um outro Estado decisivo onde as pesquisas de opinião mencionam uma disputa apertada. Biden e Trump se vão encontrar na segunda discussão entre ambos na noite de quinta-feira, o que vai dar ao republicano uma possibilidade de mudar o curso da disputa, que tem o democrata na liderança das pesquisas nacionais.

Na quarta-feira 14 de outubro mais três Estados norte-americanos abriram suas urnas para eleições antecipadas nesta quarta-feira, e enquanto foi tratado de coronavírus, o presidente Donald Trump planejava realizar mais um comício para compensar o tempo de campanha perdido.

Joseph Robinette «Joe» Biden Jr. é um advogado e político norte-americano.

Donald John Trump é um empresário, personalidade televisiva e político estadunidense, sendo atualmente o 45.

Biden, de 77 anos, falou de sua cidade natal, Wilmington, no Estado de Delaware, antes de uma viagem de Trump, de 74, para o Estado-chave da Flórida, a somente 11 dias da votação.

No primeiro de dois comícios planejados para esta sexta-feira no Estado, Trump escarneceu de Biden por declarar no discussão presidencial de quinta-feira à noite que os Estados Unidos estavam entrando em um «inverno sombrio».

Ele declarou que o ex-vice-presidente e seus aliados democratas estavam tentando assustar as pessoas exagerando na ameaça do vírus.

Trump, que diminuiu a ameaça desde seu começo, em The Villages, uma comunidade principalmente de aposentados no centro da Flórida declarou: «Acabaremos depressa com esta pandemia».

«A vida normal vai ser totalmente recomeçada.»

Mais de 52 milhões de norte-americanos já votaram, um ritmo sem precedentes que propõe uma participação recorde, de acordo com o Projeto Eleições, da Universidade da Flórida, embora o dia da votação esteja marcado para 3 de novembro.

A ampliação da eleição antecipada assinala para um intenso interesse no destino de Trump e uma população ansiosa para evitar o risco de exibição à Covid-19 no dia da evotação A enfermidade matou mais de 221.000 pessoas nos Estados Unidos e custou milhões de empregos.

Biden criticou a resposta de Trump à pandemia.

Evidenciando o protagonismo do Estado, Obama fará campanha para Biden em um acontecimento com carros ao estilo «drive-in» na quarta-feira em um local da Pensilvânia ainda a ser anunciado. Esse vai ser o primeiro acontecimento de campanha pessoal de Obama para Biden, que serviu com ele como vice por oito anos.Trump ganhou algum terreno sobre Biden na Pensilvânia, de acordo com uma pesquisa Reuters/Ipsos divulgada na segunda-feira, que mostrou o democrata liderando por 49% a 45%, um pouco menos do que na semana anterior.

«Ele desistiu da América. Ele só deseja que fiquemos paralisados», declarou Biden em um discurso. Ele alegou que, vai pedir ao Congresso que aprove uma legislação abrangente de resposta à Covid, se ganhar a eleiçãoe a devolva para que ele sancione a lei nos primeiros 10 dias noacposição

“Não fecharei a economia. Não fecharei o país. Acabarei com o vírus”, declarou ele.

Em 1 ano, em um lembrete de a propagação agilizada de a Covid-19 com a aproximação de o inverno, pesquisadores de o Instituto de Métricas e Avaliações em Saúde da Universidade de Washington advertiram que o vírus pode matar mais de meio milhão de pessoas em os Estados Unidos até o final

Eles declararam que se todos utilizassem máscaras, cerca de 130.000 vidas poderiam ser resgatadas, de acordo com um estudo divulgado nesta sexta-feira.

Trump defendeu seu modo de lidar com a crise de saúde, declarando que o pior já passou. Ele acusou Biden e outros democratas de reagir de maneira exagerada à ameaça e prejudicar a economia.

O grande número de votos antecipados dá ao republicano Trump menos chance de mudar opiniões. As pesquisas mostram que ele está atrás de Biden tanto nacionalmente quanto, por uma margem menor, em vários Estados-chave que decidirão quem assume a Casa Branca em 20 de janeiro de 2021.

Trump declarou que essas pesquisas menosprezaram seu suporte. Ele a repórteres na Casa Branca. disse: «Acredito que estamos liderando em muitos Estados que vocês não sabem».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United States

Cities: Washington

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Biden adverte sobre alta do coronavírus; Trump declara que pandemia acabará logo
>>>>>Trump faz campanha na Pensilvânia; mais de 35 milhões já votaram antecipadamente nos EUA – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Biden supera Trump em audiência de fóruns exibidos na televisão – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump faz campanha na Flórida e Biden vai a Michigan de olho em Estados importantes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump vai a Michigan e Wisconsin em campanha para reeleição – (Extraoglobo-pt)
>>>>>‘É bom ver vocês’: Obama participa de primeiro ato de campanha para Biden – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Trump busca ímpeto para campanha na crucial Pensilvânia a 2 semanas da eleição – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Obama entra na campanha de Biden e faz críticas a desempenho de Trump – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Joe Biden 0 0 PERSON 22 Joe_Biden: 4, Ele (referent: Biden de 77 anos): 1, Biden: 9, Joe: 1, Biden_Jr.: 1, (tacit) ele/ela (referent: Joe_Biden): 2, (tacit) ele/ela (referent: Biden): 2, Biden de 77 anos: 1, (tacit) ele/ela (referent: Biden de 77 anos): 1
2 Donald Trump 100 60 PERSON 19 ele (referent: Trump): 1, Trump: 8, Ele (referent: Donald_Trump): 1, (tacit) ele/ela (referent: Donald_Trump): 1, Trump de 74: 1, Donald_John_Trump: 1, Donald_Trump: 1, o presidente Donald_Trump: 4, Ele (referent: Trump): 1
3 Obama 120 0 PERSON 6 Obama e umas: 2, (tacit) ele/ela (referent: Obama e umas): 1, Obama: 3
4 disputa 0 0 NONE 6 a disputa: 3, uma disputa apertada: 3
5 eleição 0 0 NONE 6 votações antecipadas: 1, a eleição: 5
6 eu 0 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
7 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
8 nós 0 50 NONE 4 (tacit) nós: 4
9 votos 0 0 NONE 4 votos feitos: 2, seus votos: 2
10 Estados-chave 0 30 ORGANIZATION 3 (tacit) eles/elas (referent: vários Estados-chave): 2, vários Estados-chave: 1