Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Jair Bolsonaro

Entusiasta do armamento da população brasileira, o presidente Jair Bolsonaro, que também alegou que deve editar dois ou três novos decretos favoráveis aos Colecionadores, Atiradores e Caçadores ainda esta semana, disse nesta segunda-feira que achou «pouco ainda» o crescimento lembre de 90% de novos registros de armas de fogo em 2020, em comparação com o ano anterior –o primeiro do seu governo. E falou da expectativa de pautar um projeto mandado em 2019 à Câmara dos Deputados que facilita o porte de armas no país, após a evotaçãopara a presidência da Casa.

Recentemente, Bolsonaro anunciou que o governo zerou imposto de importação de revólveres e pistolas, o que na prática torna o produto mais barato. O ministro de o Supremo Tribunal Federal Edson Fachin derrubou posteriormente a resolução.

Na sexta-feira 18 de dezembro – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia , deixou a cadeira da presidência da Casa e utilizou a tribuna para responder denúncias do presidente Jair Bolsonaro, a quem chamou de mentiroso e acusou de fazer uma articulação para desmoralizar seus oponentes. Maia respondeu a ataques feitos por Bolsonaro na véspera, que declarou que o deputado era responsável pelo não pagamento por ter deixado uma medida provisória sobre o assunto perder validade. Na verdade, a resolução foi do governo, já que o relator da MP havia incluído a continuidade da proposta e a equipe econômica afirmava que não havia recursos. Maia declarou: «A responsabilidade de não haver um novo programa social era exclusiva do presidente».

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro.

As declarações aconteceram em conversa com apoiadores na chegada ao Palácio da Alvorada, no fim da tarde. Um homem perguntou se iria sair algum decreto «dos CACs, alguma coisa assim» e Bolsonaro confirmou.

— Vai. Tem três decretos pra sair. Eu acho que sai essa semana. Dois ou três… Eu não posso ir além da lei. Facilitará mais coisa pra vocês aí — respondeu o presidente.

Em seguida, ele comentou a ampliação na venda de armas. Dados da Polícia Federal mostram que o país fechou o ano passado com 179.771 novas armas registradas. Trata-se do maior platô desde 2009, começo da série histórica do PF. Faz 2 anos, esse número foi 94.064 que já foi %84 maior, que a de o ano anterior, em 2019.

Na sua vez, quase 180 mil novas armas de fogo foram registradas na Polícia Federal em 2020, um recorde em relação aos anos anteriores. A pauta armamentista é um dos principais focos do governo Bolsonaro, que tem facilitado o acesso a esses itens no país.

— Nós batemos lembre ano passado, em relação a 2019, mais 90% em venda de armas. Tá pouco ainda, tem que ampliar mais. Porque o cidadão muito tempo foi desarmado — alegou.

— Nós temos um projeto lá na Câmara. Mudando a mesa agora em fevereiro, de acordo com o novo presidente, porque ele que é proprietário da pauta, veremos se ele bota em eleição. E daí veremos o que ocorre. Respeitaremos a opinião da maioria dos parlamentares — disse Bolsonaro.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

Cities: Alvorada

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Bolsonaro declara que ampliação de 90% em venda de armas em 2020 foi ‘pouco ainda’
>>>>>Brasil tem recorde de 180 mil novas armas de fogo registradas na PF em 2020 – January 08, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jair Bolsonaro 0 0 PERSON 7 (tacit) ele/ela (referent: o presidente Jair_Bolsonaro): 1, Bolsonaro: 4, o presidente Jair_Bolsonaro: 2
2 nós 80 0 NONE 5 (tacit) nós: 3, Nós: 2
3 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 2, Eu: 2
4 governo 0 40 NONE 3 o governo: 2, governo: 1
5 Maia 0 0 PLACE 3 (tacit) ele/ela (referent: Maia): 1, Maia: 2
6 país 0 0 NONE 3 o país: 3
7 decretos 80 0 NONE 2 três novos decretos favoráveis: 1, três decretos: 1
8 (tacit) alguien 0 0 NONE 2 ele (referent: alguien): 2
9 Câmara 0 0 ORGANIZATION 2 a Câmara: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Câmara): 1
10 Câmara dos Deputados 0 0 ORGANIZATION 2 a Câmara_dos_Deputados: 2