Por: SentiLecto

Dezenas de crianças aguardavam por atendimento, na tarde desta segunda-feira, na UPA Pediátrica Dr. Walter Garcia Borges, no Centro de Duque de Caxias. O município enfrenta um surto de gripe, segundo a Secretaria de Estado de Saúde. De acordo com a prefeitura, o número de atendimento de crianças com síndrome gripal se conserva aumentado e, na última semana, foi cerca de 200% maior que o normal para o mês de dezembro.

Do lado de fora da UPA, mães esperavam com os filhos no colo. Já dentro da unidade, a cena descrita por quem aguardava é de que havia pessoas sentar-se no chão com bebês no colo.

Um vídeo obtido pelo EXTRA mostra pessoas aguardando sentar-se em uma escada no interior da UPA pediátrica e também em pé carregando bebês, enquanto os bancos estão todos ocupados. Veja:

A cobertura vacinal de crianças contra a gripe na cidade é de 49,1%. Segundo a prefeitura, a UPA Pediátrica Dr. Walter Garcia Borges tem atendido cerca de 500 crianças diariamente, das quais 350, em média, com sintomas respiratórios agudos na última semana. Há oito crianças internadas por Influenza na unidade. No local, a espera por atendimento pode durar até quatro horas ou mais.

Luciana Lins da Silva, de 42 anos, chegou à UPA às 9h50 em busca de atendimento para os dois netos, a menina, de 4 anos, e o menino, de 11 meses. Se a atendeu por volta de 14h. Segundo ela, a neta tinha como sintomas febre, dor no corpo, dor de cabeça e tosse, e o diagnóstico foi de garganta inflamada. Diagnosticou-se o netinho de 11 meses já , com gripe e aguardava o resultado de um Raio-X.

— Está bastante repleto. Tem médico atendendo, mas está bastante repleto lá dentro — declara.

— Quando chegamos, estava repleto. Não fizeram exames nem teste de Covid-19, não deram diagnóstico. E só deram a dispensa para ele ficar uns dias em casa porque eu pedi — reclama a irmã.

A habitante do bairro Pilar, Gleice Kelly dos Santos, de 21 anos, aguardava atendimento para o filho, um bebê de somente 5 meses. Ela chegou na UPA por volta de 12h, e às 14h só tinha passado pela triagem, ainda sem atendimento médico. O bebê estava tossindo há uma semana. Ela suspeita que é gripe, porque a vó dele, com quem divide o quintal de casa, estava gripada.

— As pessoas que chegam aqui demoram muito para serem atendidas. Teve uma mulher que chegou aqui 7h e se a atendeu agora de tarde. Eu não devo sair daqui tão cedo. Tem muita gente lá dentro, tem mãe com criança no colo — desabafa.

Habitante do bairro Doutor Laureano, Larissa da Silva Carvalho, de 19 anos, aguardava do lado de fora da UPA com uma bebê de 7 meses no colo. Há uma semanas ela busca atendimento para a filha que está com sintomas como febre, vômito e diarreia e procurou a UPA três vezes desde então. Informou-se Larissa de que o quadro seria de garganta inflamada ou uma virose.

— Não consegui vaciná-la contra gripe. Como falaram que era gripe o que ela tinha, não poderia vacinar — declara.

Larissa chegou à UPA às 8h, e às 14h20 ainda não tinha sido atendida. Ela chegou a passar pela triagem, e se a medicou a bebê para febre, mas não obteve atendimento médico.

— Está bastante repleto lá dentro. Tem gente sentar-se no chão. Eu mesmo estava. Ergui porque não estava suportando mais — desabafa.

Andressa Yasmin de Azevedo, de 31 anos esperava por atendimento para os três filhos, de 8, 6 e 1 ano de idade. Andressa Yasmin de Azevedo, de 31 anos é a habitante do Pilar. Todos com sintomas de gripe.

— Eles estão com sintomas desde quarta-feira passada. Vim aqui no sábado. A febre dos mais velhos diminuiu, mas da neném não. Então devi voltar. Está bastante repleto. Tem gente sentar-se em todas as cadeiras e no chão — conta.

Andressa declarou que as crianças estão com febre, tosse e espirrando. Ela chegou à UPA por volta de 12h, e às 14h também não tinha sido atendida.

Já a habitante do Lote XV, Vanize da Silva, de 28 anos, chegou na UPA às 9h30 e fse a atendeu em as 14h.— Fui informada de que não tem previsão do horário que vou ser atendida — declara.

— Está lotado. Tinha duas filas, uma para triagem e outra para esperar aqui fora, quando eu cheguei. Acho que tem que ter quatro consultórios atendendo só — declara.

Ela buscava atendimento para o filho de 2 anos de idade, que estava com sintomas como coriza e febre. Se o receitou antibiótico e medicamento para febre, mas, segundo ela, a unidade estava com falta do antibiótico para distribuição do remédio.

Segundo a prefeitura, há oito pediatras de plantão na UPA Dr. Walter Garcia Borges. A gestão municipal declara que não há falta de profissionais nem de insumos, e que «está empenhando todos os esforços para reduzi o tempo de espera para atendimento». Ainda de acordo com a prefeitura, a vacinação contra a Influenza continua nas unidades de saúde que ainda têm estoque. Crianças acima de 6 meses, gestantes e idosos são os grupos prioritários, mas a vacina está liberada para o público geral. A prefeitura aguarda o envio de novas doses.

CMSDC – Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias – Rua General Gurjão, s/nº – Centro

CRAESM – Centro de Referência de Atenção Especializada à Saúde da Mulher – Rua 25 de Agosto, 1 – Xerém

Maternidade Municipal de Santa Cruz da Serra – Av. Automóvel Clube, nº 275

UBS José Camilo dos Santos

UBS Alaíde Cunha

UBS Dr. Antônio Granja

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Duque De Caxias

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Com menos de 50% das crianças vacinadas contra gripe, Caxias tem UPA pediátrica superlotada
>>>>>Com aumento de casos de gripe, UPA em São João de Meriti tem até 6h de espera para atendimento – December 01, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 0 NONE 16 (tacit) eu: 12, eu: 2, Eu: 2
2 UPA 0 0 ORGANIZATION 9 a UPA: 8, (tacit) ela (referent: a UPA): 1
3 atendimento 0 0 NONE 7 atendimento médico: 1, atendimento: 6
4 crianças 50 0 NONE 5 crianças: 1, as crianças: 1, Crianças: 1, oito crianças internadas: 1, 500 crianças: 1
5 febre 0 0 NONE 5 febre: 5
6 prefeitura 0 0 NONE 5 A prefeitura: 1, a prefeitura: 4
7 sintomas 0 0 NONE 5 sintomas febre: 1, sintomas: 3, sintomas respiratórios: 1
8 da Larissa Silva Carvalho 0 0 PERSON 4 a (referent: Larissa): 1, Larissa: 2, Larissa_da_Silva_Carvalho de 19 anos: 1
9 gripe 0 0 NONE 4 a gripe: 1, gripe: 3
10 unidade 0 50 NONE 3 unidade: 1, a unidade: 2