Por: SentiLecto

A Defensoria Pública da União pediu nesta sexta-feira o deferimento do Exame Nacional do Ensino Médio à Justiça Federal da 3ª Região, devido aoaaampliaçõesde casos da Covid-19. As provas do exame estão calculadas para acontecer de maneira presencial nos dias 17 e 24 deste mês. A DPU, que a prova seja protelada «até que possa ser feito de forma segura, ou ao menos enquanto a situação não esteja tão periclitante quanto agora», na peça. escreveu: «Temos agora uma prova agendada exatamente no pico da segunda onda de infecções, sem que haja transparência sobre as providências adotadas para evitar-se a contaminação dos participantes da prova, alunos e funcionários que a vão aplicar».

Faltam somente 13 dias para o primeiro dia do exame. Ele realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, na versão impressa, e em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021, na versão digital. No total, mais de 5,7 milhões de matricula foram confirmadas nesta edição, segundo o Inep.

Quando acontecerá o exame, na justifcativa do pedido, a entidade menciona também as aglomerações registradas no fim do ano e declara que o «resultado dessas contaminações vai ser sentido de forma mais drástica justamente em meados de janeiro».

«Não há forma segura para a execução de um exame com quase seis milhões de alunos neste momento, durante o novo pico de casos de COVID-19. Qual vai ser o efeito de mais uma ampliação exponencial de contaminações em decorrência do ENEM, que não se limitará somente a alunos e funcionários, mas também a seus familiares e pessoas de suas convivências, em um sistema de saúde já colapsado em muitas cidades», escreveu a DPU.

Faz 1 mês, em entrevista em o fim Alexandre Lopes alegou que o Ministério da Educação gastou R $ 65 milhões em equipamentos de proteção individual e que as salas vão ter somente a metade de a sua habilidade preenchida. Alexandre Lopes é o presidente do instituto. Ainda segundo ele, os candidatos vão precisar utilizar máscaras, mas podem tirar para comer e beber água dentro da sala.

Na sua vez, Iago Montalvão alega que há entre os candidatos, um clima generalizado de incertezas. Iago Montalvão alega que há é presidente da Une.

Alexandre Lopes nascido em 9 de junho de 1970 no Rio de Janeiro, é um ex-futebolista luso-brasileiro que atuava como goleiro e começou sua carreira profissional em 1991 no Clube de Regatas Vasco da Gama, vindo na altura do Esporte Clube Nova Cidade.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Defensoria Pública da União pede deferimento do Enem
>>>>>Enem 2020: nas redes sociais, alunos pedem adiamento do exame com medo da Covid-19 – January 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Enem: Inep divulga guias de correção de redação com materiais para alunos surdos e dislexos – December 31, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Com mais inscritos e medidas anti-Covid, Enem da pandemia sairá 25% mais caro – December 29, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Alexandre Lopes 0 0 PERSON 3 ele (referent: Alexandre_Lopes): 1, Alexandre_Lopes (apposition: o presidente de o instituto): 1, Alexandre_Lopes nascido em 9_de_junho_de_1970 em o Rio de Janeiro e vindo em a altura de o Esporte_Clube_Nova_Cidade: 1
2 DPU 0 0 ORGANIZATION 3 a DPU: 3
3 Inep 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: o Inep): 2, o Inep: 1
4 maneira 160 0 NONE 2 maneira segura: 2
5 forma presencial 30 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: forma presencial): 1, a (referent: forma presencial): 1
6 eu 8 0 NONE 2 (tacit) eu: 2
7 candidatos 0 0 NONE 2 os candidatos: 2
8 ex-futebolista 0 0 NONE 2 um ex-futebolista luso-brasileiro: 2
9 exame 0 0 NONE 2 o exame: 2
10 prova 0 0 NONE 2 a prova: 1, uma prova agendada: 1