Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Assinatura de Rodrigo Pacheco

— Em um discurso cheio de indiretas ao presidente Jair Bolsonaro, Rodrigo Pacheco assumiu nesta terça-feira a condição de pré-candidato na Presidência da República durante a convenção do partido, em Brasília. Rodrigo Pacheco é o presidente do Senado.Apesar de ter evitado oficializar rotundamente sua entrada na disputa, ele declarou que vai estar “a serviço brasileiro” em 2022 e prometeu a elaboração de um “planejamento de nação”. Após o acontecimento , o presidente de o PSD tratou como pré-candidato Pacheco , Gilberto Kassab, mas evitou assumir o posto e declarou que oficializará-se a pré-candidatura em o » momento oportuno «. — Precisamos ter opções para que o Brasil possa se submeter a uma mudança tranquila — declarou Pacheco, no acontecimento — Convidado a essa missão de servir o PSD, eu o faço na condição de presidente do Congresso, e em relação às evotaçõesde 2022, reforço que evou estarde corpo, aespírito mente e coração a serviço do partido e a serviço dbrasileiro O presidente do Senado alegou que a economia de Brasil está “infectada”, falou de propostas por uma educação mais inclusiva e na defesa do meio ambiente. — Que esse movimento do PSD possa ser interpretado como uma contribuição do partido a democracia de Brasil. Construiremos uma proposta — disse. Embora alguns tenham, sem indicar diretamente Bolsonaro, Pacheco declarou que “ proposto que não houvesse votação, o que foi prontamente repudiado, as votações ocorrerão”. — Afeição ao Brasil não é só colocar camisa brasileira e sair xingando o STF e ao Congresso. Amar o Brasil é respeitar o que é diferente — alfinetou, em referência aos bolsonaristas. Em sua fala, Pacheco fez outras críticas à gadministraçãoatual, cmencionandoproblemas “evitáveis” e o radicalismo como questões centrais. Também defendeu um “planejamento de nação”. — O que estamos vivendo no Brasil hoje são diversos problemas que seriam plenamente evitáveis se fizéssemos da política aquilo para o que ela existe, que é buscar solução para a vida das pessoas. Estamos vivendo o radicalismo e extremismo que está acabando com o Brasil e precisamos conter — declarou Pacheco. Ele alegou que a “política da discórdia está acabando com o Brasil”. — Com a alta do juros, a desvalorização da nossa moeda e a violência é difícil fazermos solução de percurso da solução sem planejamento. O que devemo pregar é defesa da democracia, é um planejamento de nação — alegou. Pacheco falou também em pacificação nacional e na defesa dos direitos das mulheres, dos negros e também a guerrazinha ao desmatamento ilegal na Amazônia. Falou, ainda, na responsabilidade fiscal e defendeu programas sociais como o Bolsa Família. Antes do discurso, o presidente do PSD, Gilberto Kassab reforçou o convite para que Pacheco dispute a presidência. — Desejo ter a honra de oficializar aqui o convite do PSD para que você possa ser o nosso candidato à presidência da República nas evotaçõesde 2022 — ddeclarouGilberto Kassab. A pressão de o PSD marcou a convenção para que assuma publicamente a pré-candidatura. A primeira diretriz da sigla na carta aprovada pela convenção é justamente “arremessar candidatura própria à presidência na evotaçãode 2022”. O senador Omar Aziz , declarou que há uma persistência para que Pacheco se viabilize como candidato. — Temos capilaridade hoje para ter um presidente da República. Presidente Rodrigo, caso, e eu espero que isso ocorra, Vossa Excelência chegue a ser nosso candidato, estamos trabalhando para isso, em qualquer lugar brasileiro o senhor terá uma pessoa erguendo a bandeira do PSD — declarou Aziz. O apresentador José Luiz Datena, que , gravou um vídeo que foi apresentado durante o acontecimento no qual incentivou Pacheco a assumir a candidatura. — Que Deus ilumine essa mente tranquila do nosso desejado presidente do Senado, não é pressão nenhuma, neste momento tomar uma resolução de assumir a candidatura da presidência da república porque o brasil precisa de gente como você. O senador Angelo Coronel declarou que o PSD tem que buscar importância na próxima votação: — Chega de ser coadjuvante. Temo que ser protagonistas na política de Brasil. Aqui deve ser alavanca da candidatura de Rodrigo Pacheco para presidente. Alexandre Kalil apostou que Pacheco vai ser eleito presidente da República. Alexandre Kalil é o prefeito de Belo Horizonte. — Nós temos o compromisso de acabar com a fila do osso no lixo. Temos compromisso de acabar com a irresponsabilidade, a divisão e tudo isso passa, senhor presidente do Congresso, pelo senhor. O senhor será presidente da República. É uma caminhada certa e segura que abraçaremos de corpo e espírito.

— Não estamos trabalhando com plano B. O plano A é Alckmin, o plano B é Alckmin, o plano C é Alckmin — alegou.— Posso sair, se ele for vice do Lula a governo de São Paulo. Ou Senado mesmo — disse.

Na quarta-feira 27 de outubro — Sem anunciar a pré-candidatura na Presidência da República, Rodrigo Pacheco se filiou ao PSD, do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Rodrigo Pacheco é o presidente do Senado.Apesar de evitar diretamente o assunto das votações, Pacheco, em seu discurso, criticou a polarização e pregou união contra “extremismos”. O político mineiro era a aposta da legenda como uma opção ao presidente Jair Bolsonaro, ainda sem partido, e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT. — Hoje, estávamo todos cansados e descrentes. estávamo cansados de viver em meio a tanta incerteza, a tanta incompreensão e intolerância. Uma sociedade dividida, em que cada um não admite o contrário e não aceita a existência do outro, nunca irá chegar a lugar algum — disse Pacheco. O presidente do Senado realçou que o Brasil vivia um dos “fases mais difíceis da história” e mencionou desafios na área social, no mercado de trabalho, na área ambiental, saúde, educação, energética e fome. O senador ainda falou da alta de custos e dos combustíveis. — A gravidade do momento que assolava nosso país nos impunha uma tomada de resolução. Decisão esta que não era contra quem desejava que seja, mas em defesa do Brasil e dos Brasileiros. O percurso para solucionar as várias crises que estávamo enfrentando era a união. Juntarmo o país era porque chegávamo ao limite dos extremos, quando falávamo em. A boa política decorria de um trabalho conjunto dos agentes do poder, dos representantes do povo — declarou Pacheco. Na tentativa de emplacar Pacheco como uma alternativa para a terceira via na disputa pelo Planalto, o PSD apostou na estratégia de associar a imagem do senador mineiro ao do ex-presidente Juscelino Kubitschek . Realizou-se o acontecimento em o Memorial JK, onde um painel apresentava uma grande fotografia de o ex-presidente, também natural de Minas Gerais. Em seu discurso, Pacheco mencionou como “exemplos e inspirações” JK e Tancredo Neves, que, eleito presidente em 1985, faleceu antes de assumir a posição. A cerimônia de filiação de Pacheco ao PSD teve a presença de integrantes da legenda, como deputados, senadores e os governadores do Paraná, Ratinho Júnior, e de Sergipe, Belivaldo Chagas. Também participaram os prefeitos de Belo Horizonte, Alexandre Kalil , e de Campo Grande, Marquinho Trad . Ao ser questionado sobre sua candidatura à Presidência, Pacheco ddeclarouque, como presidente do Senado, e evitariaantecipar qualquer debate político eleitoral. — Nunca permitiria que na minha realidade como senador, como presidente de uma Casa como o Senado Federal, que eu antecipe qualquer espécie de debate de ordem política eleitoral. A votação era em 2022, os partidos vão se preparar, os partidos terão seus candidatos, mas eu continuava no PSD na mesma linha que sempre estive, pregando essa união, esse diálogo, e sobretudo não antecipando interesses ou debates políticos eleitorais para o momento de agora — declarou o presidente.

Rodrigo Otavio Soares Pacheco é um advogado e político brasileiro, filiado ao Partido Social Democrático .

Gilberto Kassab GOMM • goma é um economista, engenheiro civil, empresário, corretor de imóveis e político brasileiro, ex-ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações na administração do presidente Michel Temer.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Brasilia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Em convenção do PSD, Pacheco dá pontapé em pré-candidatura à presidência em 2022
>>>>>Datena adia filiação ao PSD após especulações de Alckmin como vice de Lula – November 23, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Rodrigo Pacheco 108 80 PERSON 25 Ele (referent: Pacheco): 1, ele (referent: Rodrigo_Pacheco): 1, Pacheco: 15, Rodrigo_Pacheco (apposition: o presidente de o Senado): 2, (tacit) ele/ela (referent: Pacheco): 3, (tacit) ele/ela (referent: Rodrigo_Pacheco): 1, Presidente_Rodrigo caso: 1, o (referent: Pacheco): 1
2 nós 0 60 NONE 24 nos: 1, Nós: 1, (tacit) nós: 22
3 eu 8 0 NONE 14 (tacit) eu: 10, eu: 4
4 Brasil 0 0 PLACE 9 o Brasil: 6, (tacit) ele/ela (referent: o Brasil): 2, Brasil: 1
5 Alckmin 0 0 PERSON 6 Alckmin: 3, ele (referent: Alckmin): 1, (tacit) ele/ela (referent: Alckmin): 2
6 PSD 0 0 ORGANIZATION 6 o PSD: 6
7 defesa de a democracia 0 0 NONE 4 (tacit) ele/ela (referent: defesa de a democracia): 4
8 evento 0 0 NONE 4 o evento: 3, O evento: 1
9 presidente 0 70 NONE 3 o presidente: 1, eleito presidente: 1, presidente: 1
10 política 80 0 NONE 3 A boa política: 1, a política: 1, a política brasileira: 1