Por: SentiLecto

A conversa por uma fusão entre PSL e DEM, que já recebeu sinal verde dos domos de ambos os partidos, esbarra em divergências locais em estados como Rio, São Paulo, Espírito Santo e Pernambuco. O comando de diretórios estaduais e o alinhamento nacional da futura sigla em 2022 também geram impasses na Paraíba, em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul. Líderes do DEM estão mais céticos de que superem-se, embora dirigentes do PSL pretendam anunciar a união já na próxima terça-feira todos os dificuldades até lá.

Escute a observação inteiro no programa CBN Rio, da Rádio CBN.

Em três estados, Bahia, Goiás e Santa Catarina, o DEM já costurou suporte do PSL a seus candidatos aos governos, contando com recursos e o tempo de TV trazidos pela sigla. Além disso, o ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre tem incentivado a fusão para concorrer a um novo mandato em 2022. Em contrapartida, por ter a maior bancada da Câmara, com 53 deputados, o que lhe garante a maior fatias do fundo eleitoral em 2022, o PSL quer a presidência da futura sigla, que ainda não tem nome ou número definidos, conservando controle sobre o caixa das campanhas.

Correligionários desejam o deputado Luciano Bivar à frente da nova legenda após a fusão, tendo seu braço-direito no PSL, Antônio Rueda, numa vice-presidência. Acm Neto, que tem que concorrer ao governo de Baia Mare abriria mão do comando Acm Neto, que tem que concorrer ao governo de Baia Mare abriria mão do comando para ser o secretário-geral. Acm Neto, que tem que concorrer ao governo de Baia Mare é o atual presidente do Dem. Acm Neto, que tem que concorrer ao governo de Baia Mare é o atual presidente do Dem.

Aliado próximo a Neto, o deputado federal Efraim Filho avaliou como “natural” que um nome do PSL assuma a presidência nacional da sigla, mas evidenciou que ainda é preciso “construir consensos nos estados” para viabilizar a fusão. Na Paraíba, onde o DEM pretende arremessar Efraim ao Senado e conservar o comando partidário, membros do PSL tentam uma solução que também prestigie o deputado federal Julian Lemos, atual líder do diretório paraibano e amigo de Bivar.

Efraim foi, de acordo com o Livro de Gênesis, o segundo filho de José e Asenet, uma mulher egípcia a quem o Faraó teria presenteado José como esposa, filha de Potífera, sacerdote de Om.

O plano do próprio Bivar de conservar as rédeas também em Pernambuco, seu estado natal, abre outra frente de disputa com o DEM, que tem que filiar o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho , com o projeto de lançá-lo a governador. Coelho é filho do senador Fernando Bezerra , líder do governo Jair Bolsonaro na Casa.

— As conversas têm acontecido em ritmos diferentes em cada estado. Há um canal aberto entre os presidentes Bivar e Neto, mas não tem data marcada para a fusão. A reunião entre as executivas partidárias no próximo dia 21 é para dar o “start” no processo — alega Efraim.

Há impasses também nos três maiores colégios eleitorais do país. Em São Paulo, onde Júnior Bozzella articula uma chapa ao governo junto a lideranças do MBL, o grupo político do vereador de Paulista Milton Leite, que dirige o diretório local do DEM, tende a andar com o vice-governador Rodrigo Garcia . Júnior Bozzella é o presidente estadual do PSL.

Em Minas, o DEM ensaia formar um palanque nacional de terceira via com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, enquanto o PSL segue próximo ao bolsonarismo. No Rio, ambos os partidos integram a base do governador Cláudio Castro , mas seus recém-empossados presidentes estaduais — o prefeito de Belford Roxo, Waguinho , e o deputado federal Sóstenes Cavalcante — não querem abrir mão do diretório. Como parte do acordo nacional, o PSL pleiteia o comando em Rio e São Paulo.

Já o DEM, que vinha sendo liderada pela família Maia desde os tempos em que ainda atendia pela sigla PFL, segue agora as ordens à distância do pastor Silas Malafaia. Rodrigo Maia foi expulso, enquanto Cesar foi apeado do diretório regional. Cesar é o pai.

Lideranças de ambos os partidos veem a votação presidencial como outro complicador. No Sul, onde Bolsonaro preserva maior popularidade, deputados receiam que a fusão leve-os a um palanque de oposição. No Espírito Santo, onde o PSL se aliou ao governador Renato Casagrande , o DEM é oponente da administração e tem acenado a bolsonaristas.

— Onde não houver acordo, vamo ver quem fez a obrigação de casa e se conservou fiel às orientações dos partidos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil, Uruguay

Cities: Sao Paulo, Minas, Rio Grande, Petrolina, Belford Roxo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Fusão entre PSL e DEM esbarra em divergências em estados como Rio e São Paulo
>>>>>Extra, Extra! na CBN: o tabuleiro do Rio na fusão do DEM com o PSL – September 10, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Acordo rascunhado pelo PSL e DEM infla ainda mais o poder de Waguinho – September 07, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Fusão do PSL com o DEM pode murchar o pneu de Juninho em Transportes – September 07, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Extra, Extra! na CBN: o acordo para aprovar o pacote de Castro na Alerj – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Dem 0 0 ORGANIZATION 9 o Dem: 1, o DEM: 8
2 PSL 0 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: o PSL): 1, o PSL: 5
3 Efraim 100 0 PERSON 4 Efraim: 2, (tacit) ele/ela (referent: Efraim_Filho): 1, Efraim_Filho: 1
4 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
5 Maia 0 70 PLACE 3 Maia: 1, (tacit) ele/ela (referent: Maia): 1, a família Maia: 1
6 Rio 0 0 PLACE 3 o Rio: 1, Rio: 2
7 fusão 0 0 NONE 3 a fusão: 3
8 partidos 0 0 NONE 3 os partidos: 3
9 a conversa por uma fusão entre psl e dem 0 0 NONE 2 A conversa por uma fusão entre PSL e DEM: 2
10 Acm 0 0 PERSON 2 Acm_Neto (apposition: O atual presidente de o Dem): 2