Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Jorge Arreaza 01

Jorge Arreaza arfirmou neste sábado que os primeiros caminhões de cilindro «com milhares de litros de oxigênio» partem hoje para Manaus. Jorge Arreaza é o ministro das Relações Exteriores da Venezuela.

Jorge Alberto Arreaza Monserrat é um professor e político venezuelano.

Manaus é um município brasileiro, capital do estado do Amazonas e principal centro financeiro, corporativo e mercantil da Região Norte do Brasil.

Covid-19: Itália proíbe voos brasileiros contra nova variante de vírus

Eles saem da fábrica estatal em Puerto Ordaz, a 1600 quilômetro de manaus. A viagem leva cerca de 26 horas.

Arreaza não específicou a quantidade exata de litros de oxigênio, nem quantos caminhões estão a percurso. Jorge Arreaza anunciou na quinta-feira que conversou que conversou com o governador do Amazonas, Wilson Lima, que agradeceu à disposição da Venezuela e foi respondido pelo chanceler, que aalegouser “sempre uma honra” poder estender uma mão para “o povo irmão do Brasil”, , e colocou à disposição o oxigênio necessário para atender o serviço de saúde de Manaus.

Assistência: Manaus recebe 70 mil metros cúbicos de oxigênio vindos de Belém

Por outro lado, – Wilson Lima anunciou nesta quinta-feira um toque de recolher em todo o estado do Amazonas entre 19h e 6h como maneira de diminuir a incidencia da Covid-19. Wilson Lima é o governador do Amazonas. A medida vai ter validade inicial de 10 dias a partir da publicação do decreto, que pode ocorrer ainda hoje. O estado padece com a ampliação no número de casos, mortes e internações pela enfermidade. Já há falta de oxigênio hospitalar para atender os pacientes. Diante da crise no fornecimento do produto, o Ministério da Saúde anunciou que irá começar a fazer a transferência de pacientes do Amazonas para clínicas de seis estados. O governador declarou que o estado vive o período mais crítico da epidemia até agora e declarou que o Amazonas pede «ajudinha». — Hoje, o estado do Amazonas, que é referência para o mundo, e que todo o mundo volta seus olhares para cá quando há um problema relacionado à preservação ao meio ambiente, está clamando, pedindo por socorro. Considerado por muitos o pulmão do mundo, uma floresta que produz uma quantidade expressiva de oxigênio, hoje o nosso povo está precisando desse oxigênio — declarou o governador hoje em coletiva. O decreto interrompe o transporte coletivo de passageiros nas rodovias e rios do estado, exceto para o transporte de cargas. As atividades que envolvem a circulação de pessoas deverão ser fechadas entre 19h e 6h da manhã. Atividades e transprotes de produtos considerados imprescindíveis à vida poderão funcionar. Profissionais da saúde ou de outras áreas imprescindíveis como os de jornalismo da segurança pública também poderão circular normalmente. Segundo o governo do Amazonas, a procura por oxigênio hospitalar nos últimos dias é mais do que o dobro da registrada durante o primeiro pico da Covid-19 em Manaus. Entre abril e maio, o consumo diário de oxigênio chegou a 30 mil metros cúbicos. Nos últimos dias, a procura chegou a 70 mil metros cúbicos. O cenário é ainda mais crítico porque, ainda de acordo com o governo, a habilidade da fábrica de oxigênio hospitalara instalada em Manaus é de 28 mil metros cúbicos, o que gera um deficit diário de 42 mil metros cúbicos do produto. Nos últimos dias, o Ministério da Saúde encaminhou 386 cilindros de oxigênio para Manaus por via aérea como medida paliativa. Também estão sendo encaminhadas balsas com mais cilindros. Faz 1 ano, Manaus foi uma de as cidades mais afetadas por a Covid-19 em o começo de a pandemia Nos últimos dias, porém, o número de novos casos, mortes e internações estão pressionando as autoridades locais. De acordo com a Prefeitura de Manaus, na quarta-feira foram registrados 198 funerais em um único dia. O maior número já registrado desde o começo da pandemia. Faz 1 ano, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde o número de internações chegou a um pico diário de 250, quase o dobro de o registrado em o ápice de a epidemia entre abril e maio de 2020. Em meio a esse cenário, o secretário de atenção à saúde especializada do Ministério da Saúde, Franco Duarte, anunciou um plano para a transferência de pacientes do Amazonas para outros estados so governo de o Amazonas ovai operar, em parceria , ele , Ministério da Saúde e Ministério da Defesa.A Defesa vai ficar culpado pelo transporte dos pacientes de Manaus para os estados de Goiás, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Brasília e Paraíba. O regresso dos pacientes ao Amazonas deverá ser feito pela Gol Linhas Aéreas, a partir de contrato firmado com o Ministério da Saúde. O governo estadual ficará responsável pela triagem dos pacientes a serem transferidos. Em princípio, a transferência será feita somente para pacientes em estágio moderado da enfermidade. — Abrimos um plano de colaboração que, inicialmente, era entre Amazonas e Goiás. Agora, abrimos para outros estados. São cinco ou seis estados participando desse plano de colaboração que nada mais é fazer o transporte aéreo desses pacientes, considerados no período moderado — alegou Franco Duarte. Segundo Franco Duarte, o ministério fez uma análise das taxas de profissão de leitos em diversos estados para que a transferência de pacientes não sobrecarregasse as redes de saúde de outros estados. O pedido de “ajudinha” feito pelo governador do Amazonas ocorre pouco mais de 20 dias depois de ele ter recuado e revogado um decreto assinado por ele no final de dezembro impondo medidas de limitação ao comércio e atividades consideradas não-essenciais. O recuo ocorreu após a pressão de empresários, políticos e entidades de classe. O governador do Piauí, Wellington Dias, presidente do Consorcio Nordeste e coordenador da temática de vacina no Fórum Nacional de Governadores, informou que são cerca de 750 pacientes do Amazonas que devem ser transferidos para outros estados. Segundo Dias, serão realizadas transferências para o Piauí, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pará, Distrito Federal, Goiás , Espírito Santo e Rio Grande do Sul. Ele pediu o suporte da população para a medida. — Aqui se trata de resgatar vidas humanas. É esse o percurso. E, também outros estados e também clínicas da rede privada que possam abrir vagas fazer contato com Ministério da Saúde — alegou. Trinta pacientes já foram encaminhados de Manaus para Teresina nesta quinta-feira.

Na terça-feira 29 de dezembro por causa do grande ampliação de casos de Covid-19 em Manaus, dois clínicas montaram tendas externas para triagem de pacientes. O objetivo das estruturas montadas nos prontos-socorros 28 de Agosto e Platão Araújo era melhorar o fluxo e acelerar o atendimento nos casos de urgência.

Em uma rede social, o chanceler declarou que seguiu as instruções do presidente de Venezuela, Nicolás Maduro, para oferecer o produto ao governo do Amazonas.

“Por instruções do presidente Nicolás Maduro conversamos com o governador do estado do Amazonas, Brasil, Wilson Lima para colocar imediatamente à sua disposição o oxigênio necessário para atender a contingência sanitária em Manaus. Solidariedade latino-americana antes de tudo!”

A cidade enfrenta um colapso no atendimento de saúde, segundo o ministro Eduardo Pazuello e o governador chegou a estabelecer um toque de recolher para diminuir a incidência da Covid-19.

O que deu errado em Manaus? Veja como a cidade morreu ao coronavírus

A White Martins relatou em nota que o consumo em Manaus aumentou exponencialmente e Faz 1 ano, mesmo com a ampliação em a habilidade de produção a fábrica não foi capaz de atender em a procura e, por isso, busca o oxigênio na Venezuela. A White Martins é companhia produtora dos cilindros de oxigênio.

«A requisição administrativa é um ato administrativo unilateral tomado pela autoridade hábil diante de um perigo público iminente. Calculado tanto na Constituição quanto na Lei do SUS, o equipamento calcula a requisição de bens privados, móveis e imóveis, inclusive serviços, indenizando posteriormente», explica a nota.Nas redes sociais, há relatos de na Asa Norte e na Asa Sul de Brasília; Manaus, Recife, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Na madrugada deste sábado, Manaus já recebeu uma carga de 70 mil metros cúbicos de oxigênio, vinda por meio de balsas da cidade de Belém. Segundo o Governo do Amazonas, a nova remessa tem que garantir a «recomeçada do do equilíbrio do fornecimento da rede de saúde do estado para os próximos dias».

O Exército também declarou que levou 12 pacientes de clínicas da capital Manaus para São Luís, durante a noite, com clínicas em colapso, sem suprimentos de oxigênio e lotados de enfermarias de terapia intensiva.

Experts: Falta de oxigênio vista em Manaus pode se alastrar pelo país

A Força Aérea do Brasil declarou neste sábado que um segundo voo pousou em Manaus com oito tanques de oxigênio líquido, após uma entrega de emergência anterior de cinco tanques, e a Marinha declarou em comunicado que está mandando 40 respiradores.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Venezuela, Brazil, Italy

Cities: Puerto Ordaz, Belem

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ministro de Venezuela alega que caminhões com oxigênio saem hoje para Manaus
>>>>>Governador do AM decreta toque de recolher em meio a aumento de casos de Covid-19 e falta de oxigênio hospitalar – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Governo do AM pede oxigênio para empresas do Polo Industrial de Manaus; montadora doa 14 cilindros para hospitais – January 15, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Governador do AM decreta toque de recolher em meio a aumento de casos de Covid-19 – January 14, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Em 9 dias, número de novas internações por Covid em Manaus supera todo o mês de dezembro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Itamaraty negocia com EUA dois aviões para transportar oxigênio a Manaus – January 14, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Governador do AM pede ‘socorro’ e Ministério da Saúde anuncia transferência de pacientes com Covid-19 para outros estados – January 14, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Em meio a colapso na saúde em Manaus, panelaços contra Bolsonaro são registrados em todo o país – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Manaus 50 105 PERSON 14 Manaus: 13, Manaus_para_Teresina: 1
2 oxigênio 120 0 NONE 6 oxigênio hospitalar: 2, o oxigênio: 1, o oxigênio necessário: 2, esse oxigênio: 1
3 estados 0 0 NONE 6 diversos estados: 2, seis estados: 1, outros estados: 3
4 Amazonas 0 0 ORGANIZATION 4 Amazonas: 1, o Amazonas: 3
5 Franco Duarte 0 0 PERSON 4 Franco_Duarte: 3, (tacit) ele (referent: Franco_Duarte): 1
6 Jorge Arreaza 0 0 PERSON 4 Jorge_Arreaza: 2, Jorge_Arreaza (apposition: O ministro de as Relações_Exteriores_da_Venezuela): 1, Arreaza: 1
7 Wilson Lima 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Wilson_Lima): 1, Wilson_Lima (apposition: O governador de o Amazonas): 1, Wilson_Lima: 2
8 Wellington_Dias presidente de o Consorcio_Nordeste e coordenador de a temática de vacina 60 0 PERSON 3 (tacit) eles/elas (referent: Wellington_Dias presidente de o Consorcio_Nordeste e coordenador de a temática de vacina): 2, Wellington_Dias presidente de o Consorcio_Nordeste e coordenador de a temática de vacina: 1
9 medida 40 0 NONE 3 A medida: 1, a medida: 1, medida paliativa: 1
10 nós 15 0 NONE 3 (tacit) nós: 3