Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

Uma das questões consideradas pelo comitê científico do governo do Estado do Rio em seu debate sobre as celebrações de réveillon, a cobertura vacinal contra a Covid-19 mostra como o nível de imunização da população fluminense ainda é desigual — o que pode trazer problemas, especialmente no contexto da eventual chegada da variante Ômicron. Quase um terço das cidades tem pelo menos metade de sua população com somente a primeira dose, enquanto o estado completo já tem 62% de seus moradores com o esquema vacinal inteiro. Em relação ao reforço, a situação é particularmente angustiante: ao passo que a capital já alcançou 85% de seus idosos com a nova dose, ainda há municípios com mais de 90% desse público sem a proteção extra.

Quando tomar sua próxima dose no Rio, quiz da vacina: descubra

— A gente não pode esperar. O ideal é que os estabelecimentos já se programem para começar a exigir a partir de hoje, mas a gente sabe que terá fase de adaptação. Então, a fiscalização no começo será exclusivamente para orientação e agente começa a aplicar a multa a partir na próxima semana.Quando você tem que tomar sua próxima dose no Rio, quiz da vacina: descubra

Na quarta-feira 17 de novembro o decreto da Prefeitura do Rio que flexibilizava a utilização de máscaras em academias e outros espaços fechados, publicado nesta quarta-feira, só passaria a valer mediante resolução do Estado do Rio, segundo a Secretaria municipal de Saúde . Portanto, a proteção facial nesses ambientes seguia compulsória na cidade do Rio.

O levantamento do EXTRA se baseia nos dados disponíveis no LocalizaSUS, portal do governo federal alimentado pelo Sistema de Informações do Plano Nacional de Imunizações , e em estimativas populacionais do Ministério da Saúde para o ano de 2020. Abastecido pelas secretarias municipais de Saúde, o SI-PNI pode ter defasagens, já que muitas cidades são lentas na atualização dos números de vacinados. A plataforma, contudo, a Secretaria estadual utiliza ela de Saúde em análises técnicas , para definir quais municípios já têm cobertura vacinal para desobrigar a utilização de máscaras em locais abertos, por exemplo.

De acordo com o levantamento, 28 dos 92 municípios do estado ainda não chegaram a 50% de sua população com o esquema vacinal inteiro. Paraty, que a cidade do Rio também já deu a dose de reforço a 85% dos idosos, ao passo que em Duas Barras, no interior, esse índice é de 5%, o menor do Rio, tem exclusivamente 24% de cobertura vacinal, o pior índice do estado, enquanto a capital já imunizou totalmente 73% de seus moradores.

Réveillon 2022: Paes declara que parecer assombrou ele de o comitê científico estadual sobre celebração

Por outro lado, — Se eu tenho um comitê científico, embasando e me dando um norte na resolução de fazer o réveillon, eu não tenho obstáculo nenhuma de enfrentar politicamente aqueles que pensam diferente. Porque sei que estou embasado na ciência. Quando a gente tem um comitê cientifico que olha também para a circunstância da cidade e do Estado do Rio de Janeiro, e esse mesmo comitê científico compreende que é um risco a celebração de réveillon, eu ficarei com a opinião técnica que gere mais limitações. Não tem como não seguir a ciência nesta caso — evidenciou Eduardo Paes.— Numa reunião ordinária, eles declararam: «Olha, o réveillon pode ser tocado. Não há nenhum elemento novo que se atente a chance de uma nova cepa Ômicron. Mas não há nenhum elemento novo que leve a resolução de cancelar o réveillon». Por isso, eu vinha conservando, apesar de todos os cancelamentos . O comitê científico tem pessoas de respeito e não são amigos do prefeito. Esse comitê científico declarou que podia ser realizado o réveillon — explicou o prefeito, que completou: — Eu vinha conversando com o governador Cláudio Castro. Faz 1 dia, falei com ele, ontem inclusive, e nós tínhamos tomado a resolução de aguardar até o dia 10, até o final da semana que vem. Esperando a evolução do quadro para tomar a resolução final sobre o réveillon. Mas Faz 1 dia, fui assombrado, pela resolução do comitê científico do estado, compreendendo que a celebração encarnava um risco.

Especialistas do Grupo Técnico de Assessoramento a Eventos de Saúde Pública, que assiste a SES, pontuam que as lacunas na imunização podem redundar futuramente em nova alta dos indicadores da Covid-19, sobretudo se a nova cepa do coronavírus, que parece ser mais transmissível que as prévias, chegar ao estado . Membro dessa equipe, o epidemiologista Guilherme Werneck, da UFRJ, avalia que a discrepância é grande e inquieta:

Chamam-se membros os órgãos externos, em geral articulados, que muitos animais utilizam para a locomoção.

— Uma das poucas coisas que sabemos em relação à nova variante é que ela teria uumvbenefícioem termos de transmissão, até mesmo em relação à Delta. Ainda não sabemos bem se ela foge ao bloqueio das vacinas, mas o fato é que esses bolsões de não vacinados são espaços de sustentação da circulação do vírus, onde ele circula mais rápido. E isso acaba redundando numa ampliação do número de casos graves.

‘Passaporte da vacina’: Tire suas dúvidas e saiba onde e de quem se o cobra em o Rio

Outro participante do comitê, o epidemiologista Danilo Klein, do Hospital Gaffré e Guinle, da Unirio, conta que a baixa cobertura vacinal em algumas cidades não foi o único fator por trás da resolução do grupo de desaconselhar a execução das comemorações de réveillon. Mas, segundo ele, o problema ainda pode provocar muita dor de cabeça, a depender de como a Ômicron vai se comportar.

— Isso já teria que ter sido resolvido, porque os municípios recebem vacina. O obstáculo é como fazer essa vacina chegar na ponta. Esperamos que as cidades corram com isso, ainda mais diante de uma variante chegando — declara.

Folia 2022: ‘Nós seguiremos planejando o Carnaval’, declara Eduardo Paes após cancelamento da celebração de réveillon no Rio

Municípios escutados pelo GLOBO atribuem alguns dos dados ao atraso na atualização das informações no SI-PNI. Paraíba do Sul, que pelos números do ministério tem somente 37% de sua população com o esquema vacinal inteiro, declara que já imunizou plenamente 91% do público-alvo da campanha, sem informar quanto isso encarna em relação ao total de moradores. A prefeitura culpa a digitação lenta dos números devidos ao sucateamento dos equipamentos de informática deixados pelas administrações passadas.

Já Teresópolis declara que vacinou 64% de sua população total com o esquema inteiro, quase 30 pontos percentuais a mais do que informa o governo federal. Quanto à dose de reforço, a lacuna é ainda maior. De acordo com a prefeitura da cidade de Serbia, 9% dos adultos, receberam o reforço, mas o ministério declara que foram 9% dos idosos.

Segundo Japeri, somente 6% da população elegível para o reforço já voltaram aos postos. A prefeitura declara que o número se deve às “amudançasconstantes noaipausade aplicação da segunda dose e da dose de reforço”, que “vêm cprovocandoum esquecimento na população”.

Carnaval e réveillon: Municípios do estado reavaliam celebrações; Preta Gil cancela bloco e associações conservam precaução

De acordo com o levantamento do GLOBO, 16% dos adultos da capital já tomaram a dose de reforço. No entanto, a cidade ainda tem cerca de 690 mil pessoas acima de 12 anos que não tomaram a segunda dose.

Diante da falta de estudos conclusivos sobre a Ômicron e os dados de vacinação, a epidemiologista Gulnar Azevedo, do Instituto de Medicina Social da Uerj, declarou que a resolução da prefeitura da Rio de cancelar a celebração de réveillon foi correta.

— Temos idosos e pessoas com comorbidades, além de crianças que podem estar suscetíveis à nova variante, porque ainda não se vacinaram. Nessa situação, fazer a celebração seria jogar a população num risco desnecessário. Se não for a Copacabana no réveillon, ninguém vai falecer. Mas algumas pessoas vão falecer se milhares forem — declara ela.

— Acho que a resolução já está tomada — declarou.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Colombia

Cities: Plano, Copacabana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>No Rio, 30% das cidades ainda não têm metade da população com duas doses da vacina contra Covid-19
>>>>>Réveillon 2022: Eduardo Paes diz que foi surpreendido por parecer do comitê científico estadual sobre festa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Multas para quem descumprir decreto do ‘passaporte da vacina’ já começam a ser aplicadas semana que vem – December 02, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Prefeitura do Rio estuda cobrar ‘passaporte da vacina’ em hotéis para evitar turismo de não imunizados – November 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Surto de gripe: 96% dos internados por Influenza na cidade do Rio são crianças – November 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>’Internações de Covid-19 estão cada vez mais raras no Rio’, celebra secretário municipal – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: Rio prevê encerrar aplicação do reforço na população adulta em julho de 2022 – November 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Cidades do Rio recebem vacina para a dose de reforço em todos os adultos; calendário da capital deve ser divulgado nesta quinta-feira – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: Rio aguarda envio de doses da Janssen para definir datas do reforço de quem tomou dose única – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: Tire suas dúvidas sobre a aplicação da dose de reforço na cidade do Rio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Carnaval 2022: após cancelamento de cidades em São Paulo e risco de suspensão da festa em Salvador, a folia no Rio está ameaçada? – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Secretários de Saúde do Rio enviam ofício ao governo federal pedindo ‘passaporte da vacina’ no carnaval de 2022 – November 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Carnaval 2022: Saúde do Rio diz ser ótimo cidade receber turistas de São Paulo e outros locais, mas pede responsabilidade com vacinação – November 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>‘Gripe é uma doença que a gente pode evitar’, diz secretário de Saúde do Rio em dia de convocação para vacinação contra Influenza – November 24, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Covid-19: pessoas com 60 anos ou mais que tomaram a vacina da Janssen no Rio podem receber reforço de Pfizer – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Com surto de gripe, Rio tem aumento de 37% em casos de síndrome gripal em uma semana – November 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Com surto de Influenza, Rio tem aumento de 37% em casos de síndrome gripal em uma semana – November 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Saiba quais são os sintomas de Influenza, que podem ser confundidos com a Covid-19 – November 23, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Vacinação no Rio: confira o calendário, locais e o tipo de vacina para dose de reforço – December 02, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Vacinação contra a gripe será retomada na cidade do Rio às 14h desta quarta-feira – December 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Surto de gripe provoca corrida aos postos, e Rio aplica 100 mil doses de vacina em dois dias – November 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Prefeitura do Rio amplia ‘passaporte da vacina’ e exigirá comprovação em restaurantes, shoppings e hotéis; confira a lista completa – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 20 2 NONE 19 (tacit) eu: 13, eu: 4, Eu: 1, me: 1
2 comitê 80 0 NONE 7 um comitê científico: 1, Esse comitê científico: 1, O comitê científico: 1, um comitê cientifico: 2, comitê científico: 1, o comitê científico estadual: 1
3 dose 0 0 NONE 6 a primeira dose: 1, a segunda dose: 1, a dose: 1, sua próxima dose: 2, a nova dose: 1
4 população 0 0 NONE 5 sua população: 2, sua população total: 1, a população elegível: 1, a população: 1
5 réveillon 0 0 ORGANIZATION 5 o réveillon: 3, Réveillon 2022: 1, (tacit) ele/ela (referent: o réveillon): 1
6 reforço 160 0 NONE 4 reforço: 1, o reforço: 3
7 GLOBO 30 0 ORGANIZATION 4 o GLOBO: 1, (tacit) ele/ela (referent: o GLOBO): 3
8 Eduardo Paes 0 0 PERSON 4 Eduardo_Paes: 2, Paes: 1, (tacit) ele (referent: Paes): 1
9 cobertura 0 0 NONE 4 a cobertura vacinal: 1, a baixa cobertura vacinal: 1, cobertura vacinal: 2
10 esquema 0 0 NONE 4 o esquema completo: 1, o esquema vacinal completo: 3