Por: SentiLecto

Na melhor linha “faça como eu declaro, mas não como eu faço», Carlos Alberto Chaves deu uma aula sobre o que fazer com a máscara. Carlos Alberto Chaves é o secretário estadual de Saúde.

Ou melhor: o que não fazer.

Quando ia falar, na audiência conjunta da Assembleia e da Câmara para debater abertura de novos leitos de Covid-19, nesta sexta-feira , o médico chamou a atenção por diminuir o equipamento de proteção.

— Em um acordo com a Justiça Federal nos comprometemos a abrir 70 leitos – 30 de UTI e 40 de enfermaria. Abrimos uma quantidade bem superior . Nossa verba é suficiente para contratar 4.117 profissionais, sendo que já admitimos 3.738. Mas temos obstáculos de recrutar pessoal, assim como o Estado e o Município. A gente chama por dia de 40 a 50 profissionais para fazerem os exames admissionais, mas desses exclusivamente um ou dois ficam. Os demais não desejam trabalhar no atendimento geral do Covid-19 — declarou Divério, que adiciona:

Na quarta-feira 24 de março Após pouco mais de um ano do começo da pandemia de Covid-19, o Estado do Rio registrou o maior número de pessoas com sintomas da enfermidade aguardando por uma vaga em UTI. Dados do governo mostravam que havia 528 pessoas em situação grave em Unidades de Pronto Atendimento e emergências de clínicas à espera de transferência para uma unidade com terapia intensiva. Para experts escutados pelo GLOBO, diante de um número tão inquietante, já era possível alegar que a rede pública de saúde entrou em colapso novamente.

Para piorar, o moço estava em uma sala fechada, na presença de pelo menos outras oito pessoas.

A audiência foi convidada pelos presidentes das respectivas delegações de Saúde: Martha Rocha , pela da Alerj, e Paulo Pinheiro , pela da Câmara.

Por outro lado, — O que aconteceu foi um estudo técnico da Superintendência. Posteriormente aconteceu uma reunião conjunta com o governador e com o ministro da Saúde, e deduziu-se que não era questão de privatização ou estadualização da rede federal. Em momento algum prosperou — declarou Dilério.

Maria Martha Hacker Rocha foi uma rainha da beleza que foi eleita a primeira Miss Brasil em 1954.

Paulo César Marins Pinheiro, conhecido profissionalmente como Paulo Pinheiro, foi um ator e dublador brasileiro.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Secretário estadual de Saúde dá mau exemplo durante audiência pública
>>>>>Ministério da Saúde nega compromisso de abrir 560 leitos federais para Covid-19 no Rio por falta de recursos – April 16, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 0 116 NONE 5 (tacit) nós: 4, nos: 1
2 eu 0 0 NONE 4 eu: 2, (tacit) eu: 2
3 profissionais 120 20 NONE 2 50 profissionais: 1, 4.117 profissionais: 1
4 uma rainha de a beleza 260 0 NONE 2 uma rainha de a beleza: 2
5 uma reunião conjunta 70 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: uma reunião conjunta): 2
6 Divério 0 0 PERSON 2 Divério: 2
7 Paulo Pinheiro 0 0 PERSON 2 Paulo_Pinheiro: 2
8 piorar na_presença_de pelo_menos outras oito pessoas 0 90 NONE 1 piorar na_presença_de pelo_menos outras oito pessoas: 1
9 situação grave 0 70 NONE 1 situação grave: 1
10 a pandemia 0 50 NONE 1 a pandemia: 1