Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Wikcionário

A Prefeitura do Rio diminuiu um decreto para que funcionários do município — seja da Secretaria municipal de Saúde ou de outras pastas — possam trabalhar nos centros de testagens. O documento descreve que a atuação vai ser na organização dos acessos aos polos de testagem e postos de vacinação e no registro de informações nos canais oficiais da secretaria e do Ministério da Saúde. A cidade ainda tem acompanhado a constante ampliação no número de casos. Segundo a pasta, serão seguidas todas as possíveis novas orientações do Comitê Científico da prefeitura.

A definição de saúde tem implicações legais, sociais e econômicas dos estados de saúde e enfermidade.

Os agentes escolhidos vão receber cem reais por dia de trabalho nos postos. O órgão de os nomes para o reforço vai cadastrar a indicação ou entidade em a qual o agente interessado trabalha , com os dados encaminhados em a secretaria de Saúde.A carga horária das atividades vai ser de até 12 horas. O decreto é válido até o dia 31 deste mês.

A resolução acontece no momento em que há uma corrida em busca dos testes — o que tem sobrecarregado até a rede privada — e na ampliação do número de casos da variante ômicron. Na manhã desta quarta, a SMS abriu mais um centro de testagem, após a capital fluminense bater um recorde de demanda pelo diagnóstico. No momento, a cidade adiciona 13 pontos sob gestão municipal e oito a cargo do governo estadual.

— Estamos com muitos casos da ômicron na cidade. E todas as pessoas que têm sintomas estão procurando . Estamos fazendo cerca de 41 mil testagens por dia. Infelizmente, por conta da alta demanda, temos visto uma demora. São mais de 1.800 profissionais que estão fazendo a testagem. Mas, infelizmente, muitos funcionários estão ficando doentes. Hoje, a Prefeitura do Rio fez um decreto que funcionários de outras secretarias ou da Saúde que não estiverem no horário poderão auxiliar e receber uma gratificação de R$ 100 por dia. Estamos precisando de voluntários nesse momento — declara o secretário de Saúde Daniel Soranz.

Com o novo decreto do prefeito Eduardo Paes, espera-se que os voluntários atuem fora do horário de trabalho de suas funções nas posições públicas, conta Soranz:

— Esse decreto do prefeito auxilia bastante. Muitos voluntários já estavam auxiliando e agora aproveitamos para remunerar essas pessoas. Esse orçamento é da Prefeitura do Rio e a pessoa vai receber R$ 100 por dia. A partir de hoje eles já começam a trabalhar. A ideia é que ele não trabalhe em seu horário de trabalho.

Segundo o secretário, cerca de sete mil pessoas auxiliaram nos centros de testagens e de vacinação. Atualmente, cerca de 41 mil testes estão sendo produzidos por dia.

A partir desta sexta-feira, a Secretaria estadual abre seis postos para execução de testes para detecção da Covid-19. Pessoas com sintomas leves da enfermidade ou que tiveram contato com alguém que testou positivo há quatro a cinco dias podem realizar o exame em estruturas anexas às Unidades de Pronto Atendimento de Bangu, Campo Grande e Jacarepaguá, na Zona Oeste, e Tijuca, Penha e Marechal Hermes, na Zona Norte. O atendimento acontece de segunda-feira a domingo, das 8h às 18h. Vão ser oferecidos testes rápidos de antígeno e também RT-PCR.

Na segunda-feira 03 de janeiro a Prefeitura do Rio anunciou, nesta segunda, o fechamento da vacinação contra a influenza no município. Faz 1 mês, que buscaram assistência em a rede de urgência e emergência últimfoi %75 menor, se comparado a dezembro, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde o índice de pacientes em a, e a quantidade de casos tem sido diminuída. A aplicação do imunizante seria recomeçada na campanha de 2022, que estava calculada para iniciar no mês de abril.

— Temos quase 19% da força de trabalho afastados. São afastamentos de sete dias e impacta bastante. Aumentamo em 1.200 profissionais, e vão entrar mais 400 profissionais nos próximos 10 dias. Estamos fazendo o máximo. Pedimos que as pessoas evitem ir ao Centro de Saúde fazer exames desnecessários e, consequentemente, aglomerar. Esperamos que em 15 dias tudo esteja melhor — declara.

A ampliação no número de casos, à medida que a ômicron aprogride também tem provocado o crescimento na busca por leitos para internações. A SMS alegou que abrirá leitos para o tratamento da Covid-19 no Hospital municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, referência do tratamento da enfermidade na cidade. Soranz afirmou também que, atualmente, na rede de saúde da cidade, existem 240 unidades disponíveis no Gazolla, 250 leitos no Hospital Federal de Bonsucesso e outros 150 no Hospital Federal Clementino Fraga Filho para serem ocupados se for preciso.

— Temos que nos preparar para o pior cenário. Esse diálogo com o governo do Estado ocorre permanentemente e tem o pedido para o governo federal que caminhou fechando leitos importantes. A gente ora, torce e, principalmente, vacina para não precisar. Mas, na eventualidade de ampliação de casos graves, é importante estarmos preparados.

Atualmente, 181 pessoas estão internadas com a enfermidade na cidade. Enquanto isso, 742 mil cariocas ainda não tomaram a dose de reforço.

— Está tendo uma ampliação de pessoas contagiadas internadas, estamos mobilizando mais leitos para a covid. Avaliaremos as tendências internacionais para adotar possíveis novas medidas — alega o secretário.

Mesmo com as novas normas, todos os pacientes têm que seguir as recomendações sanitárias — como, por exemplo, evitar aglomerações e viagens, utilizar máscara e higienizar as mãos — até o 10º dia. Cheque o detalhamento das novas diretrizes:Ômicron: Número de internados por Covid-19 na rede pública do Rio dobra em 24 horas

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Testes da Covid-19: Prefeitura do Rio recorre a voluntários e dá gratificação para reforçar atendimento nos postos
>>>>>Covid-19: Número de pacientes internados aumentou 300% na capital em duas semanas – January 07, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Casos diários de Covid -19 no Rio saltam de 21 para mais de 450 em duas semanas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Gamma, Delta e Ômicron: Entenda o atual cenário da Covid-19 no Rio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Testes de Covid-19: veja onde ser atendido na rede municipal do Rio – January 05, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Prefeitura decide futuro de carnaval de rua no Rio em reunião nesta terça-feira – January 04, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Rio já tem transmissão comunitária da Ômicron, diz secretário de Saúde – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Carnaval 2022: representantes de blocos se reunirão com prefeito do Rio para discutir desfiles – January 03, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ômicron: Banda de Ipanema anuncia que não desfilará em 2022 – December 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Ômicron: Rio confirma terceiro caso da variante – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Nova quarentena para pacientes com Covid-19 durará de cinco a dez dias; veja novas regras – January 11, 2022 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ômicron: Veja as cidades do Rio que já registram aumento de casos de Covid-19 – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 240 90 NONE 17 (tacit) nós: 17
2 cidade 30 0 NONE 5 a cidade: 4, A cidade: 1
3 pessoas 3 0 NONE 5 pessoas: 2, as pessoas: 1, sete_mil pessoas: 1, 181 pessoas: 1
4 a Prefeitura_do_Rio 0 0 PLACE 4 a Prefeitura_do_Rio: 3, A Prefeitura_do_Rio: 1
5 leitos 0 0 NONE 4 leitos importantes: 1, mais leitos: 1, leitos: 2
6 PCR 0 20 ORGANIZATION 3 PCR: 1, (tacit) ele/ela (referent: PCR): 2
7 voluntários 180 0 NONE 3 os voluntários: 1, voluntários: 1, Muitos voluntários: 1
8 decreto 50 0 NONE 3 O decreto: 1, um decreto: 2
9 eu 10 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
10 SMS 0 0 ORGANIZATION 3 A SMS: 1, (tacit) ele/ela (referent: A SMS): 1, a SMS: 1