Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald and Ivana Trump

FDonald Trump, que vai ter uma agenda frenética para este domingo com paradas planejadas em Michigan, Iowa, Carolina do Norte, Geórgia e Flórida, arremessou neste domingo um sprint final de campanha nos Estados que têm que ser cruciais para o resultado das votações dos EUA em um último esforço para desafiar as pesquisas e superar o candidato democrata Joe Biden. Donald Trump, que vai ter uma agenda frenética para este domingo é o presidente dos Estados Unidos. Donald Trump, que vai ter uma agenda frenética para este domingo é o presidente dos Estados Unidos. Biden tem que fazer campanha na Pensilvânia.

CREEK/TAMPA, Flórida – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e Joe Biden encontraram seus respectivos apoiadores nesta quinta-feira no disputado Estado da Flórida, ressaltando as abordagens contrastantes em relação na nova onda da pandemia em meio na contagem regressiva para o dia da votação. Joe Biden é seu oponente eleitoral democrata.s pesquisas de opinião mostram Biden com um significativa benefício nacional, mas a corrida parece bem mais disputada nos Estados que desempenham um papel decisivo no resultado final. Uma pesquisa Reuters/Ipsos publicada na quarta-feira mostra que Trump está virtualmente empatado com Biden na Flórida, com 49% dos consultados declarando que votariam em Biden e 47% no atual presidente. Com 29 votos no Colégio Eleitoral, o Estado é um grande prêmio na votação da próxima terça-feira. Faz 4 anos, o triunfo de Trump em a Flórida foi vital para sua admirável votação. Milhares de pessoas, sem máscaras, muitas de elas foram aglomeradas em um acontecimento a o ar livre em Tampa em a quinta-feira para escutar Trump caçoar de seu oponente, o ex-vice-presidente. «Você imagina perder para esse cara? Você imagina?», declarou Trump, adicionando que está confiante em conquistar seu segundo mandato. Biden, em contraste, promoveu um comício drive-in em uma faculdade no Condado de Broward, ao norte de Miami, onde os presentes permaneceram em seus carros para evitar a possível propagação da enfermidade. «Donald Trump desistiu» de combater contra a Covid-19, declarou Biden. Com um olho no importante eleitorado de Latinoamérica da Flórida, o democrata rebateu o argumento dos republicanos de que Trump seria mais duro com os governos de esquerda de países como Cuba e Venezuela. «O presidente Trump não pode fazer progredir a democracia e os direitos humano para os povos cubano e venezuelano, pois aceita e abraça ditadores por todo o mundo», disse Biden. Muitos dos latinos no sul da Flórida, ou seus familiares, deixaram Cuba ou Venezuela. A pandemia, que modificou a vida nos Estados Unidos, matou mais de 227.000 pessoas e provocou milhões de perdas de empregos, está voltando com força total. Trump recusou repetidamente a ameaça da pandemia, declarando esta semana que seus oponentes e a mídia parariam de prestar atenção a ela logo após as votações, mesmo com os líderes europeus combatendo para conter uma segunda onda e experts em saúde pública calculando um inverno difícil nos Estados Unidos. Autoridades em Gastonia, Carolina do Norte, advertiram as pessoas que participaram de um comício de Trump em 21 de outubro que duas pessoas que participaram testaram positivo para Covid-19. As autoridades declarara: «Por causa do grande número de contatos potenciais do comício e da incapacidade de adverti-los diretamente, a comunidade está sendoinformadaa para que possam avaliar seu próprio risco e tomar as medidasadaptadass.. REUTERS AC – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e Joe Biden vão excursionarão por Estados-chave do Meio-Oeste em que a pandemia de coronavírus voltou a estourar nas vésperas do final de semana que precede o dia da votação presidencial norte-americana. Joe Biden é seu desafiante democrata.Enquanto Biden planejou paradas em Wisconsin e Minnesota, trump tem que fazer campanha nesta sexta-feira em Michigan, Wisconsin e Minnesota , além do Iowa. Michigan e Wisconsin são dois de três Estados industriais tradicionalmente democratas, assim como a Pensilvânia, que selecionaram o republicano Trump por uma margem pequena em 2016, o que lhe rendeu um triunfo inesperado. Minnesota, que não vota em um candidato presidencial republicano desde 1972, é um dos poucos Estados democratas que Trump está tentando conquistar neste ano. Trump aparece atrás de Biden em pesquisas de opinião nacionais há meses, particularmente por causa da desaprovação generalizada à mformacomo ele lida com o coronavírus – mas pesquisas mostram que nos Estados mais competitivos a disputa está mais acirrada. A pandemia, assim como um nível de entusiasmo extraordinário, leva os norte-americanos a votarem antecipadamente em uma quantidade inédita. Mais de 80 milhões de pessoas já votaram pessoalmente ou pelo correio, bem mais da metade do número total de toda a votação de 2016, de acordo com o Projeto Eleições da Universidade da Flórida. Biden em Tampa, na Flórida, na quinta-feira. declarou: «Donald Trump hasteou a bandeira branca, abandonou nossas famílias e se rendeu a este vírus». REUTERS ES

Na sábado 24 de outubro BEACH, EUA – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, votou em seu novo domicílio eleitoral na Flórida antes de novamente sair em campanha para comícios em três Estados cruciais na votação presidencial norte-americana, e Faz 2 dias, se uniu a mais de 54 milhões de norte-americanos que votaram antecipadamente, um recorde de 3 de novembro. Trump votou em uma biblioteca em West Palm Beach, perto de sua propriedade em Mar-a-Lago, depois de modificar sua residência permanente e domicílio eleitoral no ano passado de Nova York para a Flórida, um Estado no qual ele precisava vencer para conseguir a reeleição. Ele a jornalistas após depositar seu voto na urna. declarou: «Eu votei em um cara chamado Trump». Seu adversário no disputa, o democrata Joe Biden, e Jill também saíram em campanha neste sábado, viajando para o Estado-chave da Pensilvânia para dois acontecimentos. Jill é sua esposa. O ex-presidente Barack Obama faria campanha para Biden na Flórida, fazendo seu segundo fantasmazinho público na campanha de seu ex-vice-presidente depois de uma parada na Pensilvânia na quarta-feira. A 10 dias da votação, cerca de 54,2 milhões de norte-americanos já votaram, número que podia levar ao maior comparecimento às urnas em mais de um século, de acordo com dados do U.S. Elections Project. A pressa em votar assinalava para um grande interesse na disputa entre Biden e Trump e também para preocupações em evitar locais de eleições lotados no dia da votação e diminuir o risco de exibição ao coronavírus, que já matou mais de 224 mil pessoas nos EUA.

Donald John Trump é um empresário, personalidade televisiva e político estadunidense, sendo atualmente o 45.

Joseph Robinette «Joe» Biden Jr. é um advogado e político norte-americano.

Enquanto persiste a crise de saúde pública, a liderança nacional de Biden sobre o presidente republicano permaneceu relativamente estável nos últimos meses. O ex-vice-presidente está à frente com 51% das intenções de voto contra 43% para Trump na última pesquisa Reuters/Ipsos realizada entre os dias 27 e 29 de outubro.

CITY, Arizona/WILMINGTON, Delaware – Com menos de uma semana para o prazo final para eleição nos Estados Unidos, o presidente norte-americano, Donald Trump, realizou na quarta-feira um comício presencial no Estado do Arizona apesar de uma alta nos casos de Covid-19 e da escalada de críticas de que ele estaria priorizando sua reeleição em vez da saúde de seus apoiadores. A pandemia que desestabilizou as vidas de todos os Estados Unidos, matando mais de 227 mil pessoas no país, está em aceleração novamente nos dias que precedem o dia da votação em 3 de novembro no qual Trump vai enfrentar o desafiante democrata, Joe Biden. Biden detém um benefício confortável nas pesquisas nacionais, que também mostram um eleitorado cada vez mais desolado com a condução de Trump da maior crise de saúde pública da história dos Estados Unidos. Mas as pesquisas nos Estados cruciais, que possivelmente irão decidir a votação, estão mais apertadas que as sondagens nacionais. Após uma reunião com autoridades de Saúde Pública na quarta-feira, o ex-vice-presidente criticou o que chamou de descuido do governo Trump com segurança e um fracasso para desenvolver um plano para conter a Covid-19. Pesquisas mostram que os norte-americanos confiam mais em Biden do que em Trump para conter o vírus. Biden a jornalistas antes de votar na cidade de Wilmington, no Delaware. declarou: «Quanto mais ele está no comando, mais inconsequente ele fica». Biden criticou seu oponente sobre informações de que centenas de apoiadores de Trump ficaram esperando no frio por até três horas após um comício em Ohama, no Nebraska, na noite de terça-feira, para que os ônibus da campanha os buscassem e os levassem de volta a seus carros. «É uma imagem que captura inteiramente a abordagem do presidente Trump nesta crise. Ele aproveita a chance para a fotografia e vai embora», declarou o democrata. A equipe de campanha de Trump declarou que os problemas ocorreram por conta do público, que foi maior do que era esperado. Companheiro de chapa de Trump, o vice-presidente Mike Pence fez campanha nesta quarta-feira em Wisconsin, onde um número recorde de casos de coronavírus levou o governador democrata do Estado a pedir que as pessoas ficassem em casa. Wisconsin quebrou os recordes estaduais para novos casos e mortes diárias na terça-feira. Autoridades pediram que habitantes façam quarentenas voluntariamente, utilizem máscaras e cancelem reuniões sociais com mais de cinco pessoas. Cada um dos eventos de campanha de Trump nos últimos dias reuniu milhares de pessoas. Após passar correndo por Michingan, Wisconsin e Nebraska na terça-feira e passando a noite em Las Vegas, Trump tinha comícios marcados em aeroportos no Arizona, em Bullhead City e na cidade de Goodyear, que fica próxima da capital Phoenix, maior cidade do Estado. Trump deve depois se conduzi para a Flórida e para a Carolina do Norte na quinta-feira, regressando depois para o Meio Oeste na sexta-feira, para Michigan, Wisconsin e Minnesota. Ao todo, Trump planeja visitar 10 Estados na última semana da campanha e vai fazer 11 comícios nas últimas 48 horas antes do pleito, informou um integrante de sua equipe eleitoral.

Trump enfrenta o que parecem ser percursos estreitos para a reeleição. As pesquisas mostram que ele está bastante próximo de Biden em estados vitais que seriam suficientes para checar-lhe os 270 votos do Colégio Eleitoral estadual necessários para alcançar o segundo mandato.

Anita Dunn declarou no programa «State of the Union» dal medio estadounidense CNN: «Estamos confiantes a respeito da nossa atual posição». Anita Dunn é assessora de campanha de Biden.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Georgia, Puerto Rico

Cities: Carolina

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Trump arremessa sprint final de dois dias de campanha em busca do triunfo
>>>>>Trump faz comícios no Arizona enquanto Covid-19 se alastra novamente pelos EUA – October 28, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Trump critica mecanismo de votação nos EUA; Biden faz discurso de união na Geórgia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump vota na Flórida antes de comícios em 3 Estados, Biden vai à Pensilvânia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Vitória de Trump sem tumultos é melhor resultado para mercado de ações, diz JPMorgan – October 26, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Obama entra na campanha de Biden e faz críticas a desempenho de Trump – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Último debate pode ser cartada final para Trump alterar corrida presidencial – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Mercados de aposta veem leve melhora nas chances de Trump após debate – October 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump busca ímpeto para campanha na crucial Pensilvânia a 2 semanas da eleição – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Twitter remove postagem de assessor de Trump para a Covid-19 em meio a alta de casos da doença nos EUA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Em comícios no crucial Estado da Flórida, Trump e Biden mostram seus contrastes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump e Biden vão ao Meio-Oeste dos EUA em arrancada final da campanha – October 30, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Em arrancada final, Biden vai à Geórgia e Trump faz campanha em três Estados – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump e Biden iniciam semana final de campanha com Covid-19 em ascensão nos EUA – October 26, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>‘É bom ver vocês’: Obama participa de primeiro ato de campanha para Biden – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump vai a Michigan e Wisconsin em campanha para reeleição – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump faz campanha na Pensilvânia; mais de 35 milhões já votaram antecipadamente nos EUA – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Biden supera Trump em audiência de fóruns exibidos na televisão – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump faz campanha na Flórida e Biden vai a Michigan de olho em Estados importantes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Mais de 47 milhões já votaram antecipadamente em eleições dos EUA, superando número de 2016 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Votação antecipada em massa aumenta esperança de Biden no Texas – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 20 332 PERSON 32 chamado Trump: 1, Trump: 19, (tacit) ele/ela (referent: Trump): 1, O presidente Trump: 1, o republicano Trump: 1, Donald_Trump (apposition: O presidente de os Estados_Unidos): 1, Donald_Trump: 2, Donald_John_Trump: 1, ele (referent: Trump): 3, Donald_Trump (apposition: o presidente de os Estados_Unidos): 2
2 Joe Biden 60 0 PERSON 21 Joe_Biden: 1, Joe_Biden (apposition: seu desafiante democrata): 1, Joe_Biden (apposition: seu adversário eleitoral democrata): 1, Biden: 16, Joe: 1, Biden_Jr.: 1
3 eleição 70 0 NONE 10 a eleição presidencial: 1, sua surpreendente eleição: 1, toda_a eleição de 2016: 1, a eleição: 7
4 Estados 0 0 ORGANIZATION 10 (tacit) eles/elas (referent: três Estados cruciais): 1, (tacit) eles/elas (referent: os Estados): 2, três Estados industriais: 1, os Estados: 5, os poucos Estados: 1
5 pessoas 160 0 NONE 7 pessoas: 1, cinco pessoas: 1, as pessoas: 3, duas pessoas: 2
6 pandemia 0 340 NONE 5 A pandemia e: 2, A pandemia: 3
7 a Flórida 0 0 PLACE 5 a Flórida: 5
8 campanha 0 0 NONE 5 campanha: 5
9 norte-americanos 0 0 NONE 5 os norte-americanos: 2, norte-americanos: 3
10 Minnesota 0 0 ORGANIZATION 4 ele (referent: Minnesota): 1, Minnesota: 3