Por: SentiLecto

Nesta sexta-feira, o Conselho Superior do Colégio Pedro II decidiu, em reunião extraordinária, que a instituição de ensino permanecerá com esquema híbrido. As turmas serão dividas pela metade. Os grupos A e B terão que frequentar as salas de aula em semanas alternadas a partir de segunda-feira. A reunião durou cinco horas e a eleição concluiu com 12 votos contra as aulas totalmente presenciais e 5 a favor.

Cheque os votos de representantes de professores, estudantes e funcionários:

Membros do Consup que votaram contra o regresso 100% presencial das atividades:

Andreia Barbosa de Oliveira

Bárbara Loureiro Silva

Bernardino Paiva Matos

Isis Corrêa da Silva

Marcus Vinicius Pinheiro Costa

Matheus Rufino Castro

Matheus Trindade

Oscar Hallac

Patrícia de Oliveira Satyro

Paulo Rafael Franca dos Anjos

William do Nascimento Carvalho

Membros que votaram em defesa do o regresso 100% presencial:

Cecília Maria Marafelli

Eliza Lobato Melo

Téo Cordeiro da Cunha

Faz 7 dias, o Consup agendou uma nova reunião para o dia 18 de fevereiro para decidir sobre possíveis mudanças em a portaria que regulamenta o regresso em as atividades presenciais em o Colégio Pedro II, durante a reunião de esta sexta-feira.Além de normativas que devem ser observadas sobre a suposição de regresso presencial, o documento interno estabelece planos contingenciais para cenários de recrudescimento da pandemia de acordo com a indicação do Mapa de Risco de Covid-19 do Estado do Rio. São eles: regresso pleno , semipresencial e totalmente remoto .

A resolução federal assinala que servidores com 60 anos ou mais e as gestantes têm que permanecer em trabalho remoto, além de pessoas com treze comorbidades, que incluem tabagismo, obesidade, hipertensão e diabetes. Das demais, sete coincidem com as calculadas no decreto seguido pela Secretaria de Educação: pneumopatias graves ou descompensadas, imunodepressão e imunossupressão, enfermidades renais crônicas em estágio progredido, miocardiopatias de diferentes etiologias, enfermidades cromossômicas com estado de fragilidade imunológica, miocardiopatias de diferentes etiologias e enfermidades hematológicas.Uma das principais justificações que vem sido exibidas pela autarquia federal pela manutenção do regime semipresencial é a instrução normativa nº 90 do Ministério da Economia, de setembro de 2021, que determina o afastamento de servidores com comorbidades durante a pandemia.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Veja como votaram os membros do Conselho Superior do Colégio Pedro II
>>>>>Colégio Pedro II decide manter atividades em sistema híbrido – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 retorno 0 0 NONE 4 o retorno: 3, retorno pleno semipresencial: 1
2 reunião 100 0 NONE 3 uma nova reunião: 1, A reunião: 1, reunião extraordinária: 1
3 Membros do Consup 0 0 PERSON 2 Membros_do_Consup: 2
4 Ministério da Economia 0 0 ORGANIZATION 2 o Ministério_da_Economia: 2
5 Rufino Matheus Castro 0 0 PERSON 2 Matheus_Rufino_Castro: 1, Matheus_Trindade: 1
6 a reunião 0 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: A reunião): 2
7 atividades 0 0 NONE 2 as atividades presenciais: 1, as atividades: 1
8 comorbidades 0 0 NONE 2 comorbidades: 1, treze comorbidades: 1
9 doenças 0 0 NONE 2 doenças cromossômicas: 1, doenças renais crônicas: 1
10 membros 0 0 NONE 2 Membros: 2