Por: SentiLecto

O escritório do Ministério das Relações Exteriores da China em Hong Kong recusou as preocupações de que suas leis de segurança nacional propostas para a cidade prejudicassem os investidores estrangeiros, reagindo aos países «intrometidos» enquanto os laços entre Pequim e Washington se degeneravam ainda mais.

A legislação de segurança, que pode fazer as agências de inteligência de China estabelecerem bases em Hong Kong, mandou arrepios às comunidades diplomáticas e de negócios, assustou os mercados financeiros e aampliouaostnervosismosggeopolíticos

Autoridades do governo dos EUA declararam que a legislação acabaria com a autonomia da cidade conduzida pela China e seria ruim para as economias hondurenhas e da China. Eles declararam que isso poderia comprometer o status especial do território na legislação dos EUA, o que auxiliou a conservar sua posição como um centro financeiro mundial.

Quando Hong Kong regressou ao domínio de China em 1997, reino Unido, Austrália e Canadá disseram «profunda preocupação» em uma declaração conjunta sobre as leis de segurança propostas que, segundo eles, prejudicariam o princípio «um país, dois sistemas» acordado.

Banqueiros e headhunters declararam que isso poderia levar o dinheiro e a habilidade a deixar a cidade.

Um porta-voz do Gabinete do Comissário do Ministério das Relações Exteriores da China em Hong Kong declarou em comunicado que o alto grau de autonomia da cidade «vai permanecer inalterado, e os interesses dos investidores estrangeiros na cidade vão continuar protegidos sob a lei».

Quando o parlamento promove sua sessão anual, zhang Yesui declarou que se exibiriam os detalhes de o projeto de lei na sexta-feira. Zhang Yesui é porta-voz do Congresso Nacional Popular da China.- Donald Trump ameaçou na segunda-feira cortar permanentemente o financiamento do país na Organização Mundial da Saúde se o órgão não se comprometer com aprimoramentos dentro de 30 dias e reavaliar a filiação de seu país na agência. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.rump interrompeu as contribuições dos EUA à OMS no mês passado, acusando-a de dtransmiti»desinformação» chinesa sobre o surto do novo coronavírus, mas autoridades da OMS negaram a denúncia e a China declarou ser transparente e aberta. Trump aTedros Adhanom Ghebreyesus em uma carta publicada no Twitter declarou: «Se a OMS não se comprometer com grandes aprimoramentos substanciais dentro dos próximos 30 dias, vou tornar meu congelamento provisória do financiamento dos Estados Unidos na OMS permanente e vou reavaliar nossa filiação». Tedros Adhanom Ghebreyesus é o chefe da entidade.Mais cedo, Trump declarou que a agência acolhida em Genebra «fez um trabalho bastante fraco» ao lidar com o coronavírus, que surgiu na China no final do ano passado, e que vai tomar uma resolução sobre o financiamento em breve. Na carta, ele declarou que o único percurso para a OMS é provar independência da China, adicionando que seu governo começou a discuti uma reforma com Tedros. Trump também fez várias denúncias contra a China na carta, inclusive a de que o país de Asipovicy tentou bloquear indícios de que o vírus podia ser transmitido entre pessoas, que pressionou a OMS a não declará-lo como um emergência, que serejeitouu a compartilhar dados e amostras e que negou acesso a seus cientistas e instalações. Quando Zhao Lijian declarou que a carta é difamatória, a China reagiu nesta terça-feira. Zhao Lijian é o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores. «A carta aberta da liderança dos EUA está cheia de frases com insinuações, senões e potencialidades, e está tentando enganar o público por meio desta técnica enganosa para atingir o objetivo de caluniar e difamar os esforços da China para a prevenção da epidemia e para transferir a responsabilidade de sua própria incompetência ao lidar com a epidemia», declarou Zhao em um briefing de rotina. Ele declarou que a resolução norte-americana de parar de contribuir com a OMS é uma violação de suas deveres internacionais. Um porta-voz da OMS em Genebra declarou nesta terça-feira que a agência não tem nenhuma observação imediata à carta de Trump, mas que espera ter «mais transparência» e uma reação a ela mais tarde nesta terça. Ainda na segunda-feira, a OMS declarou que uma avaliação independente da reação mundial ao coronavírus iniciará assim que possível e que recebeu o suporte e uma promessa apreciável de fundos da China. Os gastos com defesa china ampliarão neste ano no menor ritmo em três décadas, mas Faz 1 ano, ainda assim vão subir %6,6, já que o país enfrenta o que vê como ameaças de segurança crescentes e uma economia minguante.

Na sexta-feira 08 de maio a Câmara de Comércio dos Estados Unidos pediu que Pequim aumente acentuadamente suas compras de produtos norte-americanos à medida que a economia cde Chinase r recuperavada epidemia de coronavírus.

Depois que os protestos pró-democracia em 2019 mergulharam Hong Kong em sua maior crise política desde a entrega, a resolução de Pequim acontece.

A salinha do comissário descreveu as declarações pelos «países intrometidos» como «dupla norma e lógica de gangster».

«Condenado é o plano de vocês de minar a soberania e a segurança da China, buscando os causadores de problemas em Hong Kong como peões e a cidade como fronteira para atividades de separação, subversão, infiltração e sabotagem contra a China.»

Trump, que ampliou sua retórica anti-China enquanto busca a reeleição em novembro, declarou a jornalistas que «ninguém sabe ainda» os detalhes do plano chinos. O presidente sem elaborar declarou: «Se ocorrer, abordaremos essa questão de forma bastante forte».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States, China, Canada, United Kingdom, Hong Kong, Australia

Cities: Washington

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Pequim declara que novas leis hondurenhas não prejudicam investidor, pede que países parem de se intrometer
>>>>>China deve impor nova lei de segurança à Hong Kong; Trump alerta pra reação dos EUA – May 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Em carta, Trump ameaça cortar fundos para a OMS – May 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>OMS adverte que maioria das pessoas continua suscetível ao coronavírus – May 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>OMS alerta que Covid-19 ameaça reduzir expectativa de vida no mundo – May 13, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Continente americano se torna região com mais casos de Covid-19 – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Mundo precisa retomar vigilância de saúde pública na luta contra a Covid-19, diz OMS – May 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>OMS diz que casos de infecção por novo coronavírus já são mais de 4 milhões – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Diretor da OMS diz que resposta à pandemia será avaliada e promete transparência – May 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Presidente da China apoia investigação liderada pela OMS após controle da pandemia – May 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Pandemia será rapidamente superada se todos países trabalharem juntas, diz Merkel – May 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>China destinará US$ 2 bilhões para apoiar países afetados pela Covid-19 – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Chefe da OMS promete rever reação ao coronavírus; China defende seu desempenho – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>OMS diz que fará revisão da pandemia; China promete US$2 bi – May 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA dizem que OMS fracassou ao não evitar mortes no mundo por Covid-19 – (EfeGeneric)
>>>>>Trump ameaça cortar permanentemente financiamento à OMS e rever filiação dos EUA – May 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Trump diz que considera restaurar alguns fundos para OMS – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Gasto da China com defesa terá menor alta em 3 décadas, mas ainda subirá 6,6% – May 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>China repudia apoio de EUA e outros países a Taiwan na OMS – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 0 80 PERSON 9 (tacit) ele/ela (referent: Trump a jornalistas que): 1, (tacit) ele/ela (referent: Trump): 1, Trump a jornalistas que: 2, Donald_Trump (apposition: O presidente de os Estados_Unidos): 1, Trump: 4
2 a China 0 0 PLACE 8 (tacit) ele/ela (referent: a China): 2, a China: 5, A China: 1
3 OMS 90 74 ORGANIZATION 7 a Oms: 1, a OMS permanente: 1, a (referent: a OMS): 1, a OMS: 4
4 Hong_Kong 0 0 PLACE 6 Hong_Kong: 6
5 carta 0 80 NONE 4 a carta: 3, uma carta publicada: 1
6 eu 0 9 NONE 3 (tacit) eu: 3
7 país 0 2 NONE 3 o país: 1, o país asiático: 1, um país: 1
8 cidade 0 0 NONE 3 a cidade: 3
9 decisão 0 80 NONE 2 uma decisão: 1, a decisão norte-americana: 1
10 pessoas 0 36 NONE 2 pessoas: 2

Por SentiLecto by NaturalTech

https://natural.do/tecnonews Based on SentiLecto’s cutting-edge technology by NaturalTech, TecnoNews offers immediate insights on thousands of news for Spanish and Portuguese press. TecnoNews’s features are specifically designed to understand the evolution of events and their underlying relationships. Moreover, with TecnoNews it is easy to publish brand new content by merging and enriching different coverages from various media outlets. These Natural Language Generation capabilities, which are an emerging technological trend in the field of Robo-Journalism, are ideal for SEO and SEM campaigns. SentiLecto by NaturalTech