Por: SentiLecto

A inflação nos Estados Unidos exibiu alta de um décimo e Faz 1 mês, fechou em %5,3, depois que o índice de custos ao consumidor ser aumentado em 0,3% no mês anterior, conforme anunciou nesta terça-feira o Escritório de Estatísticas Trabalhistas .

Faz 2 meses, a inflação em a Argentina foi de %2,5, a taxa mais baixa desde julho de o ano passado, mas continua em um platô bastante elevado e os experts não descartam uma nova aceleração nos próximos meses.De acordo com dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística e Censos , o índice de custos ao consumidor subiu 2,5% em agosto em comparação com julho e registrou uma alta de 51,4% em relação ao ano passado.

O índice exibido hoje, referente a agosto, é o menor em seis meses e menciona que a elevação exibida recentemente pode já ter alcançado o máximo platô.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Inflação em agosto nos EUA fica em 0,1% e tem a menor alta em 6 meses
>>>>>Inflação na Argentina desacelera, mas continua em patamar elevado – September 15, 2021 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Instituto Nacional de Estatística 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: o Instituto_Nacional_de_Estatística): 1, o Instituto_Nacional_de_Estatística: 1
2 consumidor 0 0 NONE 2 o consumidor: 2
3 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
4 inflação 0 0 NONE 2 A inflação: 2
5 o índice de preços 0 0 NONE 2 o índice de preços: 2
6 o menor 0 20 NONE 1 o menor: 1
7 muito elevado e os especialistas 90 0 NONE 1 muito elevado e os especialistas: 1
8 ter alcançado o_máximo patamar 50 0 NONE 1 ter alcançado o_máximo patamar: 1
9 Censos 0 0 PERSON 1 Censos: 1
10 o índice apresentado hoje referente_a agosto e 0 0 NONE 1 O índice apresentado hoje referente_a agosto e: 1