Por: SentiLecto

O primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu voltou ao isolamento por mais seis dias depois que seu ministro da Saúde, Yaakov Litzman e sua esposa, testaram positivo para o coronavírus.

Se divulgou a notícia de que a assessora Rivka Paluj testou positivo para Covid-19 em o domingo passado, . Em um primeiro momento, fontes da salinha negaram que Netanyahu fosse ser isolado, pois não havia participado de reuniões com ela nos últimos 15 dias, mas se decidiu o isolamento preventivo em esta manhã .- Benjamin Netanyahu estava se isolando nesta segunda-feira porque uma assessora parlamentar foi diagnosticada com coronavírus Benjamin Netanyahu é o primeiro-ministro de Israel., mas um inquérito inicial determinou que contagiou-se o líder de 70 anos dificilmente , declararam autoridades. Netanyahu deve ser submetido a um exame de coronavírus até terça-feira, segundo as autoridades. Faz 1 mês, um exame feito deu resultado negativo. As normas do Ministério da Saúde de Israel em geral exigem um isolamento de 14 dias para qualquer pessoa que se acredita ter ficado próxima de um portador, e diminui-se a duração de acordo com o número de dias transcorridos desde a suposta exibição. A mídia de Israel declarou que, na semana passada, a assessora contagiada esteve presente a uma sessão parlamentar à qual Netanyahu compareceu, assim como parlamentares de oposição com os quais ele tenta formar um governo de caliançade emergência para aauxiliara lidar com a crise do coronavírus. Uma autoridade de Israel declarou: «A avaliação preliminar é que não existe necessidade de o premiê se isolar, já que não teve contato próximo com a paciente nem se encontrou com ela». Em um comunicado subsequente, o funcionário declarou que Netanyahu «decidiu que ele e sua equipe pessoal fiquem em isolamento até o inquérito epidemiológico ser completada». Israel já relatou 4.347 casos e 15 mortes, e o Ministério da Saúde advertiu que os mortos podem chegar a milhares.- Israel começou a testar um protótipo de vacina para Covid-19 em roedores em seu laboratório bioquímico de defesa, declarou uma fonte nesta terça-feira. Benjamin Netanyahu ordenou que o Instituto de Pesquisa Biológica de Israel , localizado na cidade rural de Ness Ziona, se juntasse na luta contra a pandemia de coronavírus no dia 1º de fevereiro, aliviando a política de sigilo da instalação agora que colabora com cientistas civis e companhias particulares. Benjamin Netanyahu é o primeiro-ministro de Israel.Em um comunicado, a salinha de Netanyahu declarou que Shmuel Shapira o informou sobre uma «melhoria significativa» no desenvolvimento de um protótipo de vacina e que o instituto «está preparando agora um modelo para iniciar um teste com animais». Shmuel Shapira é o diretor do IIBR. Uma fonte a par das atividades do IIBR declarou à Reuters que os testes com roedores já estão em andamento, mas não desejou identificar a espécie de roedor. Muitos presumem que o IIBR trabalha em projetos de armas biológicas e químicas, o que Israel nem confirma, nem nega. Em observações públicas raras, a principal autoridade de inovação do IIBR, Eran Zahavy, declarou na semana passada que o instituto redirecionou toda a sua atenção para o novo coronavírus, e que três grupos tentam desenvolver uma vacina contra a Covid-19, a enfermidade que ele provoca, enquanto outros pesquisam possíveis tratamentos. Ele em uma conferência online coordenada pela Jerusalem Venture Partners na semana passada declarou: «Estamos tentando cooperar tanto quanto podemos e receber outras ideias de outras pessoas». Israel já registrou 4.473 casos de Covid-19 e 17 mortes. Já tendo endurecido as limitações à circulação, Netanyahu está cponderandoimpor quarentenas em partes do país. REUTERS PF

Na quinta-feira 26 de março – O governo de Israel abriu um alojamento nuclear nas colinas de Jerusalém para auxiliar a organizar sua campanha contra a disseminação do coronavírus, declararam autoridades nesta quinta-feira. Se construiu o alojamento, chamado de » Centro de Administração Nacional «, mais de uma década atrás por causa do temor de o programa nuclear de o Irã e de os disparos de mísseis mútuos entre Israel e o movimento muçulmano libanês Hezbollah ou o grupo militante palestino Hamas. De acordo com autoridades israelenses, ele incluía locais de residência e instalações de comando e podia ser acessado do complexo governamental jerosolimitano e dos sopés das colinas do oeste que levavam a Tel Aviv. «Este era outra ferramenta para gerenciar, controlar, supervisionar e rastrear» o coronavírus, declarou uma autoridade de Israelde Israel que pediu anonimato. » compreendíamo que esta crise ainda nos acompanharia por um fase de tempo longo.» Naftali Bennett pareceu diminuir a medida, declarando a um repórter da Rádio Israel durante uma coletiva de jornalismo que o alojamento «nãNaftali Bennett pareceu diminuir a medida, declarando a um repórter da Rádio Israel durante uma coletiva de jornalismo que o alojamento «não era tão pertinente . Naftali Bennett é o ministro da Defesa. Naftali Bennett é o ministro da Defesa. Não estávamo sob um ataque de míssil que exigiria que estivéssemos no subsolo.» Israel já relatou 2.666 casos de coronavírus e oito mortes. Depois de limitar a circulação de pessoas por cautela, Benjamin Netanyahu declarou que uma proibição de âmbito nacional podia ser ordenada dentro de dias. Benjamin Netanyahu é o primeiro-ministro.

Coronavírus: Questões e respostas sobre a Covid-19 O líder do governo de Israel, que registrou pelo menos 29 mortes e mais de 6.200 infecções, de 70 anos, acabava de deixar um primeiro isolamento feito depois uma assessora parlamentar ser diagnosticada com Covid-19. Sua salinha informou também que as autoridades médicas de seguir com a reclusão de o primeiro-ministro mencionaram a resolução de o país.

No momento, os conseqüência do novo coronavírus em Israel são bem mais moderados do que no resto da Europa, com 4.347 casos, dos quais 80 pessoas se encontram em estado grave, e 16 mortes confirmadas. EFE

Na segunda-feira, se testou Netanyahu para coronavírus e o resultado deu negativo, segundo um porta-voz do governo. Se examinou familiares de o premiê e outros assessores próximos também e seus resultados também foram negativos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Israel

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Netanyahu volta a se isolar após ministro testar positivo para coronavírus
>>>>>Netanyahu entra em quarentena após assessora testar positivo para coronavírus – March 30, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Líderes de Israel abrem abrigo nuclear em meio a guerra com coronavírus – March 26, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Netanyahu se isola depois de assessora ser diagnosticada com coronavírus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Israel testa protótipo de vacina para coronavírus em roedores em laboratório de defesa – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Benjamin Netanyahu 80 0 PERSON 16 Benjamin_Netanyahu (apposition: o primeiro-ministro): 1, o (referent: Benjamin_Netanyahu): 1, Benjamin_Netanyahu: 1, ela (referent: Netanyahu): 1, (tacit) ele/ela (referent: Benjamin_Netanyahu): 3, Benjamin_Netanyahu (apposition: O primeiro-ministro de Israel): 1, Netanyahu: 6, (tacit) ele/ela (referent: Netanyahu): 1, Benjamin_Netanyahu (apposition: O primeiro-ministro israelense): 1
2 Israel 0 0 PLACE 9 Israel: 7, (tacit) ele/ela (referent: Israel): 2
3 nós 3 0 NONE 7 nos: 1, (tacit) nós: 6
4 autoridades 0 0 NONE 5 as autoridades médicas: 1, as autoridades: 1, autoridades israelenses: 1, autoridades: 2
5 isolamento 15 150 NONE 3 isolamento: 1, o isolamento: 1, o isolamento preventivo: 1
6 Eran Zahavy 40 0 PERSON 3 ele (referent: Eran_Zahavy): 2, Eran_Zahavy: 1
7 abrigo 0 0 NONE 3 O abrigo: 1, um abrigo nuclear: 1, o abrigo: 1
8 autoridade 0 0 NONE 3 uma autoridade israelense: 3
9 coronavírus 0 0 NONE 3 o coronavírus: 2, o novo coronavírus: 1
10 esta 0 0 NONE 3 esta: 3