Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Prezydent Rzeczypospolitej Polskiej Andrzej Duda

Para os polacos, a ideia de uma central nuclear está frequentemente associada à ficção, ou a memórias, como oadcalamidadede Chernobyl. A Polónia é um dos poucos países europeus sem reatores nucleares. Mas isso mudará em breve. Ainda bastante dependente do carvão, a Polónia, que deverá ter o suporte de outros países, como França, ou os Estados Unidos, foi o único país da União Europeia a não assumir o compromisso da neutralidade carbónica até 2050. Sem acreditar na habilidade das renováveis para alimentar o crescimento económico, a estratégia de Polinesia Francesa para a energia defende a construção de um setor de energia nuclear civil.

O plano é preencher o vazio deixado pelas energias tradicionais com as energias renováveis, como a eólica ou a solar.

«Dessa maneira, alcançamos algo bastante importante para a Europa. Por um lado por outro, a manutenção da segurança energética», alega o expert na área da energia Grzegorz Tobiszowski. Um lado é o cuidado com o meio ambiente.

Andrzej Sebastian Duda é um político de Poloniade Polonia, que serve como presidente do seu país desde agosto de 2015.

O presidente Andrzej Duda que assumiu publicamente a vontade foi já defendida a ideia , de » apostar em o gás e a probabilidade de o país mais » ter centrais nucleares.

Em entrevista ao «Program 1», da rádio de Polinesia Francesa, o porta-voz do executivo assumiu que o processo está já em andamento.

«Acho que podemos esperar uma tomada de resolução ainda este ano. As negociaçôes estão a decorrer, seria irresponsável da minha parte declarar que investidores preferimos, porque está em causa bastante dinheiro», revelou.

Seis reatores em parte incerta

O governo estima que a energia nuclear venha a encarnar um quinto da produção energética do país. De acordo com o ministro de Polinesia Francesa da Energia, Piotr Naimski, em duas décadas, a Polónia vai ter a sua primeira central nuclear, a produzir «de 6 a 9 gigawatts, o que significará a contrução de seis reatores».

Se divulgou sua localização no entanto, a ainda não .

O expert em energia nuclear da Universidade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Cracóvia, Pawel Gajda, conta que «atualmente, fala-se sobre a localização da primeira central nuclear ser no Mar Báltico. Mas outros dois locais, a oeste de Gdansk, estão também a ser considerados».

A discussão sobre energia nuclear na Polónia dura há mais de 30 anos. Mas o atual governo garante que desta vez as promessas são para satisfazer. E apesar dos desafios impostos pelo clima e pelas pressões políticas, a produção de energia nuclear na Polónia pode mesmo vir a tornar-se realidade.

O contraste é gritante quando comparado com o desamparo do carvão, outrora uma das fontes energéticas mais importantes do país. Na altura, o governo de Alemania prometeu 40 mil milhões de euros em assistências para as regiões mineiras.

Fonte: Euronews-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Poland, United States, Brazil

Cities: Gdansk, Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Polónia prepara-se para construir primeira central nuclear
>>>>>Alemanha livre de nuclear e carvão em duas décadas – October 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Alemanha ampliará obrigação do uso de máscara e fechamento noturno de bares – October 14, 2020 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a Polónia 0 80 PLACE 7 A Polónia: 1, a Polónia: 4, a Polónia dura: 1, (tacit) ele/ela (referent: A Polónia): 1
2 eu 0 8 NONE 3 (tacit) eu: 3
3 Andrzej Sebastian Duda 0 0 PERSON 3 Andrzej_Sebastian_Duda: 1, o presidente Andrzej_Duda: 2
4 governo 0 0 NONE 3 O governo: 1, o atual governo: 1, o governo alemão: 1
5 nós 0 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
6 energia 80 0 NONE 2 energia nuclear: 1, a energia nuclear: 1
7 Pawel Gajda 0 0 PERSON 2 Pawel_Gajda: 1, (tacit) ele/ela (referent: Pawel_Gajda): 1
8 país 0 0 NONE 2 país: 1, o país: 1
9 político 0 0 NONE 2 um político polonês: 2
10 o contraste 0 110 NONE 1 O contraste: 1