Por: SentiLecto

O fundo soberano da Rússia vai fornecer 100 milhões de doses de sua potencial vacina contra o coronavírus à farmacêutica ide IndiaDr Reddy’s Laboratories,, que o acordo para sua candidata a vacina Sputnik-5 vepois que o Fundo de Investimento Direto Russo firmou pconvêniocom fabricantes ide Indiapara produzir 300 milhões de doses de sua vacina na Índia, que também é grande compradora de petróleo e armas russos, eio dque também é grande compradora de petróleo e armas russos, informou a entidade nesta quarta-feira agora que Moscou está aagilizandoos planos para distribuir sua vacina no exterior.

O acordo aumenta o número total de doses que a Rússia anunciou até agora que distribuirá no exterior para pouco mais de 200 milhões –metade para a América Latina e metade para a Índia. O RDIF declarou que recebeu pedidos que chegam a 1 bilhão de doses.

As remessas para a Índia, que tem mais de 1,3 bilhão de moradores, podem iniciar no final de 2020, declarou o RDIF, adicionando que a data está sujeita à cfinalizaçãodos testes e ao registro da Sputnik-5 por parte das autoridades regulatórias ide India

Os testes de estágio progredido, que envolvem ao menos 40 mil pessoas, estão em andamento na Rússia. Se esperam os resultados iniciais em outubro e novembro, declarou o chefe de o fundo, Kirill Dmitriev.

A Dr Reddy’s, uma das maiores farmacêuticas de India, vai realizar os testes clínicos de estágio progredido da Sputnik-5 na Índia, comunicou o RDIF.

Por outro lado, a China autorizou o início de testes clínicos em humanos de uma possível vacina contra o novo coronavírus, que seria a única candidata em todo o mundo a ser administrada por spray nasal em vez de injeção, informou nesta sexta-feira o site de notícias «Sina».Em 2 meses, após receber autorização de a Administração Nacional de Produtos Médicos em a província de Jiangsu, esta potencial vacina começará a primeiro período de testes clínicos com uma centena de voluntários em a cidade de Dongtai,.

Os testes de India podem iniciar já no mês que vem, declarou Dmitriev à Reuters, aadicionandoque os resultados dos testes podem ser seguidos pouco depois pela aprovação regulatória doméstica da Sputnik-5 para uutilizaçãoem massa na Índia.

Na semana passada, a Índia declarou que estava ponderando conceder uma autorização de emergência para uma vacina contra coronavírus, especialmente para os idosos e as pessoas em ambientes de trabalho de alto risco.

Atualmente, porém, vários países estão ponderando adotar medidas de «autorização de utilização emergencial» que agilizariam a aprovação de uma vacina de uma forma semelhante.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Russian Federation, India

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Rússia sela novo acordo para fornecer e testar vacina contra coronavírus na Índia
>>>>>China autoriza testes da primeira vacina em spray nasal contra Covid-19 – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a Índia 140 0 PLACE 6 (tacit) ele/ela (referent: a Índia): 1, a Índia: 5
2 RDIF 0 0 ORGANIZATION 4 O RDIF: 1, o RDIF: 2, (tacit) ele/ela (referent: O RDIF): 1
3 doses 0 0 NONE 4 doses: 4
4 vacina 200 0 NONE 3 sua potencial vacina: 1, esta potencial vacina: 1, a vacina: 1
5 Reddy’s Laboratories 0 0 PERSON 3 Dr_Reddy’s_Laboratories: 1, (tacit) ele/ela (referent: Dr_Reddy’s_Laboratories): 2
6 acordo 60 0 NONE 2 o acordo: 1, O acordo: 1
7 os testes de estágio avançado 50 0 NONE 2 Os testes de estágio avançado: 2
8 as remessas para a Índia 0 0 NONE 2 As remessas para a Índia: 2
9 a Rússia 0 0 PLACE 2 a Rússia: 2
10 metade 0 0 NONE 2 metade: 2