Por: SentiLecto

Faz 2 dias, o governo metropolitano de Seul, capital sul-coreana, anunciou em esta que entrará com um processo contra uma igreja acusada de provocar disseminação de o novo coronavírus por suspender esforços em o rastreamento de contatos em a guerrazinha em a pandemia para a enfermidade., — uma de os principais métodos usados — e em a execução de testespara a enfermidade. A ação pede 4,6 bilhões de wones em prejuízos.

Jun foi uma das figuras que liderou os protestos em massa – as próprias manifestações provocaram o terceiro maior surto do país – contra o governo em Seul, no mês de agosto, mesmo com a interdição de concentrações na capital sul-coreana.

Uma nova onda de infecções explodiu em uma igreja cujos membros participaram de um grande protesto no centro de Seul em meados de agosto, tornando-se o maior agrupamento do país na área da grande capital. O surto gerou ampliações de três dígitos nos casos diários de Covid-19 por mais de um mês.

O governo da cidade de Seul declarou que abrirá um processo contra a Igreja Sarang Jeil e seu líder, o reverendo Jun Kwang-hoon, acusando-os de suspender os testes de coronavírus e fornecer listas imprecisas de seus membros, o que agravou o efeito da pandemia.

A cidade de Seul anunciou nesta sexta-feira que abrirá um processo exigindo 4,6 bilhões de wons de Jun Kwang-hoon, líder da Igreja do Amor Máximo, epicentro do segundo maior surto de Covid-19 na Coreia do Sul.

«A cidade está tentando responsabilizar a igreja e o pastor por contribuir para a disseminação nacional da Covid-19, rejeitando e impedindo pesquisas epidemiológicas ou ajudando e encorajando tais atos, bem como exibindo materiais falsos», declarou em um declaração.

Ligações para a igreja em busca de observações ficaram sem resposta. Faz 5 meses, quando participou de um protesto político ilegal antes de as votações parlamentares, jun foi preso novamente por comparecer a o comício de 15 de agosto em violação sua fiança em abril em a e se o indiciou por violar leis itorais. Jun é um severo crítico do governo.O cluster infligiu perdas ao governo totalizando pelo menos 13,1 bilhões de wones , incluindo o valor de 4,6 bilhões de wones em Seul, declarou o governo da cidade. O Serviço Nacional de Seguro Saúde, que a Agência Coreana de Controle e Prevenção de Doenças relatou 126 novos casos até a meia-noite de quinta-feira, o que aumentou o total de infecções para 22.783, com 377 mortes, também declarou que processará a igreja por indenização no valor de 5,5 bilhões de wones .

Depois que o governo impôs limitações ao distanciamento social sem precedentes no mês passado, os números, que chegaram a 441, caíram constantemente para baixo.

— O fase de férias vai ser um momento crucial em nossa campanha antivírus — declarou Yoon Tae-ho, diretor-geral de políticas públicas de saúde do ministério da saúde.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Korea

Cities: Seoul

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Seul pede R$ 20,9 milhões em prejuízos à igreja por cprovocardisseminação de Covid-19
>>>>>Seul processará igreja por segundo surto de Covid-19 na Coreia do Sul – September 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>»Órfãos da Terra» ganha prêmio principal de festival na Coreia do Sul – September 16, 2020 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jun Kwang-hoon 50 170 PERSON 7 (tacit) ele (referent: Jun): 1, Jun: 1, (tacit) ele/ela (referent: Jun): 2, o reverendo Jun_Kwang-hoon: 1, Jun (apposition: um severo crítico de o governo): 1, Jun_Kwang-hoon: 1
2 igreja 0 50 NONE 5 a igreja: 2, uma igreja: 2, uma igreja acusada: 1
3 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
4 cluster 0 70 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: O cluster): 2, O cluster: 1
5 governo 0 40 NONE 3 o governo: 3
6 Seul 0 0 PLACE 3 Seul: 3
7 processo 0 0 NONE 3 um processo: 3
8 protesto 50 160 NONE 2 um protesto político ilegal: 1, um grande protesto: 1
9 números 160 0 NONE 2 Os números: 2
10 capital 0 0 NONE 2 capital sul-coreana: 1, a capital sul-coreana: 1