Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Flordelis em março de 2019

A defesa de Flordelis dos Santos de Souza pedirá à Justiça a transferência do julgamento da pastora de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, para a capital. A ex-deputada federal responde a processo na 3ª Vara Criminal de Niterói por ser mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo. Faz 22 dias, quarta-feira, dois o crime condenou filhos de Flordelis, em júri realizado em a mesma vara, em a manhã de esta.De acordo com o advogado Rodrigo Faucz, um dos que encarnam Flordelis, a defesa vai fazer o pedido após a marcação do júri pela juíza do caso, Nearis dos Santos Carvalho Arce. Os advogados acreditam que o julgamento da ex-deputada ocorra ainda no primeiro trimestre de 2022. Eles vão fazer o pedido de transferência do local do julgamento por acreditar que na cidade de Niterói , onde o crime aconteceu e também onde a família da ex-deputada habita, já haja uma tendência para condenar Flordelis. — Ontem ficou provado que toda a carga acusatória no decorrer do julgamento foi direcionada para a pastora Flordelis. Isso no intuito de reforçar uma pré-disposição contra ela na Comarca de Niterói.
 Desta forma, viola-se frontalmente o princípio da imparcialidade dos julgadores, do devido processo legal, do contraditório e da plenitude de defesa. A defesa confia no Judiciário para que assegure, ao menos, um julgamento justo e respeitador das normas do Estado de Direito.

Defesa afirma questões de saúde: Filha de Flordelis que admitiu plano para matar pastor pede para ser julgada ‘o mais rápido possível’

Flordelis dos Santos de Souza, mais conhecida como Flordelis MT • TdeB é uma cantora, pastora e política brasileira.

Faucz acompanhou o julgamento dos dois filhos de Flordelis junto com outros advogados, entre eles Janira Rocha, que também integra a defesa da pastora.— Em Niterói, ela está condenada. Todos que estiveram lá ontem puderam perceber isso. Já existe um pré-julgamento em relação à Flordelis – explicou o advogado.

Se a marcou a data de o julgamento de Flordelis ainda não . Pessoas habituais habitantes de Niterói vão submeter a júri popular , composto por pessoas habituais , moradoras de Niterói. O próximo passo no processo da pastora é a abertura de prazo para que defesa e denúncia exibam as testemunhas que querem escutar no julgamento, além de antes que a sessão aconteça, poderem solicitar algumas diligências. A defesa de Flordelis estima que, com o tempo mínimo para cumprimento desses trâmites, a juíza pode marcar a sessão em meados de março de 2022. Além da pastora, vão ir a júri popular junto com ela outros quatro filhos, uma neta, um policial militar e a esposa.

O Código de Processo Penal calcula o chamado desaforamento do julgamento, ou seja, sua mudança de local, se houver interesse de ordem pública, dúvida sobre a imparcialidade do júri ou a ameaça à segurança pessoal do acusado. A juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce deixa de atuar no processo, caso a transferência aconteça. A defesa de a juíza questiona a imparcialidade de Flordelis em o Superior Tribunal de Justiça.

Na sua vez, — Ela está tranquila, espera que falem efetivamente o que ocorreu. Não vai ter problema algum, basta que falem a verdade. Ela esta tranquila quanto a isso. Acompanharemos para ver se tudo transcorrerá bem. Esperamos que façam um julgamento do Flávio e do Luca e ergam-se questões que sejam alheias a esse processo não . A principio não irão erguer elementos relacionados a ela, àossegundofperíododo processo. O foco tem que ser em relação a ele. Não tem como acusarem algo que não seja verdade.— Ela está tranquila, espera que falem efetivamente o que ocorreu. Não vai ter problema algum, basta que falem a verdade. Ela esta tranquila quanto a isso. Acompanharemos para ver se tudo transcorrerá bem. Esperamos que façam um julgamento do Flávio e do Luca e ergam-se questões que sejam alheias a esse processo não . A principio não irão erguer elementos relacionados a ela, àossegundofperíododo processo. O foco tem que ser em relação a ele. Não tem como acusarem algo que não seja verdade.À espera de julgamento: ‘Flordelis está tranquila, não terá problema. Basta que falem a verdade’, declara advogado sobre júri de filhos da pastora

Faz 22 dias, quarta-feira, dois a morte condenou filhos de Flordelis de o pastor Anderson, em a manhã de esta. Lucas Cézar dos Santos de Souza recebeu pena de 7 anos e seis meses de prisão e Flávio dos Santos Rodrigues, que respondia, além do assassinato, por porte ilegal de arma de fogo de utilização restrita, utilização de documento falso e associação criminosa, 33 anos e 6 meses. Homicídio condenou os dois réus triplamente qualificado. O corpo de jurados era formado por cinco homens e duas mulheres. Lucas, acusado de auxiliar Flávio a adquiri a arma do crime, respondia somente pelo assassinato e teve diminuição de pena por ter cooperado com os inquéritos.

Pedido de diminuição de pena e absolvição

O Ministério Público evidenciou o trabalho de inquérito da delegada Bárbara Lomba, que ficou à frente daopprimeirofperíododo ahomicídiodo pastor. Ao pedir a condenação dos filhos da ex-deputada, o promotor Carlos Gustavo Coelho de Andrade declarou que o caso teve «provas robustas», o que era raro em realizações. Andrade chegou a defender uma diminuição de pena para Lucas por ele ter cooperado com a polícia, ao assinalar Flávio como responsável pela compra da arma e realização da vítima por motivação financeira.

— Ao Lucas, eu peço diminuição de pena, que tenho certeza que a doutora Nearis poderá quantificar. Já Flávio tem que responder pelo assassinato e pela associação criminosa — acusou Coelho.

A defesa de Lucas, o defensor público Jorge Mesquita, argumentou que o réu não tinha atenção numa família de 55 filhos. Ele utilizou o termo de que o réu era o «enjeitado», além de ser negro e pobre.

— Ele se viu perturbado por todas essas questões sociais, se envolvendo com o tráfico de drogas. Mesmo ele sendo cobiçado para a prática do crime , ele tinha resquícios de ética. Ele era chamado para a prática de crimes na própria família! — defendeu Mesquita — Vai ser que o Lucas saberia da responsabilização por auxiliar na compra da arma O Lucas é jovem 18 anos.? — questionou.

A defensora Renata Tavares da Costa também tratou como uma pessoa recusada Flávio. Segundo ela, o filho biológico de Flordelis não se via na família. Flávio, ainda adolescente, não aceitou perder espaço na, quando a mãe decidiu instituir a família sua casa e foi morar com a avó, Carmozina Mota, mãe da pastora.Renata pediu a absolvição do réu afirmando que ele não era do grupo privilegiado dos filhos de Flordelis, embora ele fosse biológico. Ela deu como exemplo que Wagner Pimenta, o Misael, que antes de romper com a ex-deputada, foi vereador de São Gonçalo.

Na réplica, a promotora Fernanda Lopes rechaçou a teoria de vitimização dos réus. Lucas, na opinião da promotora, teve possibilidades de não entrar para a vida no crime, inclusive com o suporte da ex-patroa Regiane Cupti, que lhe deu emprego numa oficina. Se apresentaram fotografias de o réu usando armas em o telão para persuadi o júri de a ligação de ele com o crime.

— A prova ilícita não é só o preso que apanha. É a prova onde há violações. Como é que você tem uma confissão sem a presença do advogado? Mesmo que seja uma confissão filmada, como aconteceu neste caso, é preciso ter advogado, defensor. Não é minha opinião só, mas a da Corte Interamericana e da Comissão de Direitos Humanos — defendeu Renata.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Niteroi

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Advogados pedirão transferência do julgamento de Flordelis para o Rio: ‘Em Niterói, está condenada’
>>>>>’Está tranquila, não terá problema. Basta que falem a verdade’, diz advogado de Flordelis sobre julgamento dos filhos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>’Flordelis está tranquila, não terá problema. Basta que falem a verdade’, diz advogado sobre julgamento dos filhos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Defensora pública se diz ‘fãzoca’ de delegada testemunha durante júri de caso Flordelis – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 70 0 NONE 8 (tacit) eu: 7, eu: 1
2 Flávio dos Santos Rodrigues 0 0 PERSON 7 Flávio: 2, Flávio_dos_Santos_Rodrigues: 2, ele (referent: Flávio ainda adolescente): 2, Flávio ainda adolescente: 1
3 Jorge Mesquita 0 180 PERSON 6 Mesquita: 1, Jorge_Mesquita: 1, (tacit) ele/ela (referent: Mesquita): 1, Ele (referent: Jorge_Mesquita): 2, ele (referent: Jorge_Mesquita): 1
4 Lucas Cézar dos Santos de Souza 0 130 PERSON 6 o Lucas: 1, o Lucas (apposition: jovem): 1, Lucas_Cézar_dos_Santos_de_Souza: 1, Lucas: 2, Lucas acusado de ajudar Flávio a comprar a arma de o crime e: 1
5 verdade 350 0 NONE 5 verdade: 2, a verdade: 3
6 processo 80 0 NONE 5 o processo: 1, processo: 1, o devido processo legal: 1, esse processo: 2
7 nós 0 0 NONE 5 (tacit) nós: 5
8 questões 0 0 NONE 5 todas essas questões sociais: 1, questões: 4
9 homicídio 0 160 NONE 4 o homicídio: 2, homicídio: 2
10 Renata da Tavares Costa 80 0 PERSON 4 a defensora Renata_Tavares_da_Costa: 1, ela (referent: a defensora Renata_Tavares_da_Costa): 1, Renata: 2