Por: SentiLecto

Candidatos únicos que estão atuando em comunidades dominadas pela milícia — principalmente da Zona Oeste do Rio — estão no radar da Polícia Civil e do Tribunal Regional Eleitoral . Nos próximos dias eles terão que explicar o motivo de atuarem sozinhos nessas regiões. O objetivo é impedir o chamado “voto de cabresto”. O nervosismo antes mesmo das votações fez a corporação adiantar a atuação de uma força-tarefa após os homicídios de dois candidatos ao posição de vereador na Baixada Fluminense, num pausa de menos de 15 dias.

Rodrigo Teixeira de Oliveira repassou em a manhã de esta sexta-feira a informação , subsecretário de Planejamento e Integração Operacional da Polícia Civil. Além dos aspirantes ao pleito, presidentes das comunidades também terão que se explicar.

O suspeito traz tatuado no peito o Olho de Tandera seriado de animação que fez êxito no Brasil em meados dos anos 80. O Olho de Tandera é emblema dos Thundercats. Além dele, de acordo com informações obtidas pela polícia, seus principais aliados fizeram o mesmo ilustração na pele.

— A questão do processo eleitoral nos inquieta, e obviamente temos que nos fazer presente para que a população tenha a liberdade de dizer seu voto. Sabemos que a milícia tenta direcionar determinados votos. Estamos atentos e vamos buscar cada candidato que está fazendo campanha eleitoral sozinho dentro de área de milícia. Ele terá que se explicar porque só ele tem o direito de atuar nessa localidade e qual é o seu envolvimento com as lideranças locais. Não aceitaremos essa espécie de relação — declarou o subsecretário.

Força-tarefa no Rio:

Assinalado como chefe da milícia de Itaguaí é um dos 12 mortos em confronto com força-tarefa da Polícia Civil e da PRF

Se recebe Força-tarefa de guerrazinha em as milícias a tiros de fuzis durante operação em Nova IguaçuPolícia Civil cria força-tarefa para investigar crimes políticos na Baixada após homicídios de candidatos

Há duas semanas a Polícia Civil do Rio instituiu uma força-tarefa para impedir que grupos paramilitares influam no pleito eleitoral deste ano. Nos últimos dias a corporação já fez três ações dessa espécie. Em duas delas, 17 suspeitos de serem milicianos foram mortos em confrontos. Todos eram ligados ao miliciano Wellington da Silva Braga, o Ecko.

De acordo com os inquéritos, parte do dinheiro obtido por Tandera vai para Ecko. Conhece-se o suspeito por sua conduta altamente violento. Ele faz questão de estar à frente de invasões em áreas dominadas por quadrilhas rivais. Caminha sempre com um fuzil e na empresa de diversos seguranças.De acordo com os inquéritos, parte do dinheiro obtido por Tandera vai para Ecko. Se conhece o suspeito por sua conduta altamente violento. Ele faz questão de estar à frente de invasões em áreas dominadas por quadrilhas rivais. Caminha sempre com um fuzil e na empresa de diversos seguranças.Assinalado como chefe da milícia de Itaguaí é um dos 12 mortos em confronto com força-tarefa da Polícia Civil e da PRF

— Sobre esse processo eleitoral, estamos atenciosos. O governo estadual não pediu suporte federal e isso nos dá uma grande responsabilidade. Não iremos admitir currais eleitorais, seja na área de milícia ou do tráfico de drogas — alegou o Rodrigo Teixeira de Oliveira.

Durante uma coletiva para falar sobre a atuação da milícia na Zona Oeste e na Baixada Fluminense, a Polícia Civil alegou que o grupo paramilitar que atual em Nova Iguaçu foi alvo de mais uma ação da força-tarefa.

Instituiu-se a força-tarefa de a Polícia Civil depois de a sequência de homicídios que aconteceram entre os dias 1º e 10 de este mês. Quando o candidato a vereador Domingos Barbosa Cabral de 57 anos , Domingos Barbosa Cabral , de 57 anos , matou, o mais recente foi na noite do último sábado a tiros, no bairro do Cabuçu, em Nova Iguaçu, na Baixada.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Nova Iguacu

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Candidatos que atuam sozinhos em áreas de milícia prestarão esclarecimentos à polícia
>>>>>Saiba quem é Tandera, homem de confiança de Ecko, um dos milicianos mais procurados do Rio – October 16, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Força-tarefa da Polícia Civil com a PRF intercepta comboio de milicianos em Itaguaí; mais de dez suspeitos são mortos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Força-tarefa da Polícia Civil com a PRF intercepta comboio de milicianos em Itaguaí; 12 suspeitos são mortos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Força-tarefa de combate às milícias é recebida a tiros de fuzis durante operação em Nova Iguaçu – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Saiba quem é Tandera, homem de confiança de Ecko, miliciano mais procurado do Rio – October 16, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Suspeito de integrar grupo tático de milícia de Nova Iguaçu é preso pela força-tarefa da Polícia Civil – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Candidatos que atuam sozinhos em regiões dominadas pela milícia vão prestar esclarecimentos à polícia – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 43 0 NONE 7 (tacit) nós: 5, nos: 2
2 suspeito 0 240 NONE 3 O suspeito: 3
3 Nova_Iguaçu 0 0 PLACE 3 Nova_Iguaçu: 3
4 a Polícia_Civil 0 0 PERSON 3 Polícia_Civil: 1, a Polícia_Civil: 2
5 assassinatos 0 140 NONE 2 assassinatos: 2
6 mortos 0 140 NONE 2 os 12 mortos: 2
7 confronto 0 70 NONE 2 confronto: 2
8 animação 160 0 NONE 2 animação: 2
9 candidatos únicos principalmente de a zona_oeste_do_rio 100 0 NONE 2 Candidatos únicos principalmente de a Zona_Oeste_do_Rio: 2
10 explicar 100 0 NONE 2 explicar: 2