Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Flordelis em março de 2019

Faz 10 dias, a delegada Bárbara Lomba, que atuou em o primeiro período de os inquéritos de a morte de o pastor Anderson do Carmo, reforçou em esta, em audiência em o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, em Brasília, que » nada ocorreria em a casa sem o aval final de a deputada federal » Flordelis dos Santos de Souza, que é ré por a morte de o marido. Flordelis, que a delegada declarou no testemunho que havia muita influência da deputada no núcleo familiar e que todos assinalados pelo crime têm um “forte envolvimento” com a parlamentar, é alvo de uma representação por quebra de decência que pode levar à cassação do mandato. Faz 2 anos, se matou Anderson a tiros em a garagem de casa em Niterói A primeira versão dada pela deputada foi de um latrocínio, assalto seguida de morte. Assinalou-se o envolvimento de familiares no entanto, com o desenrolar de os inquéritos .

Flordelis dos Santos de Souza MT • TdeB é uma cantora, pastora e deputada federal brasileira, eleita pelo Estado do Rio de Janeiro desde 2019.

Tentativa de reeleição: ‘Quem me colocou na política foi Deus, e eu não desistirei’, declara Flordelis a jorna Flordelis é réu no processo junto com outros sete filhos e um neto, além de um de Polinesia Francesa militar e a esposa dele.

— Nós conseguimos saber com transparência, isso eu não tenho dúvida, que nada ocorreria dentro daquela casa, e como ocorreu, sem o aval final da deputada — declarou a delegada realçando que não existe “uma ordem direta” para o homicídio de Anderson.

Após afastamento: Flordelis é internada por ‘excesso de medicação’

A defesa de Flordelis questionou a delegada sobre o “núcleo financeiro” da família, que não teria sido investigado. Bárbara respondeu que não deduziu os inquéritos do caso, mas que ergueram-se suposições todas as . Na semana passada, na primeira parte do testemunho ao colegiado, a ex-delegada do caso alegou que os inquéritos mostram que o crime teve influência de Flordelis. Segundo ela, parte do conteúdo das mensagens trocadas pela família era cifrado.

Faz 2 meses, o Tribunal de Justiça do Rio determinou que Flordelis fosse afastada de o mandato. No entanto, já se passaram 50 dias e a resolução ainda se a submeteu não a o Plenário da Câmara dos Deputados. Com imunidade parlamentar, a deputada é monitorada por tornozeleira eletrônica desde 8 de outubro de 2020.

A assessoria alegou somente que a resolução «precisa ser submetida à apreciação do Plenário, mas se a incluiu ainda não em a pauta. A construção da pauta de Plenário é um processo de negociação coletivo, que acontece por acordo entre os líderes e o presidente da Casa».Máximo solicita que o juiz tome «medidas enfáticas e necessárias» diante da «inércia» do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, que sequer nomeou sessão plenária para a eleição do afastamento em plenário.

Faz 9 dias, a deputada federal Flordelis alegou, em entrevista a o jornal » Folha de S. Paulo » que não pretendia desistir de a política, enquanto corria um processo em o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados que podia acabater com a perda de o mandato, em o domingo 04 de abril. Acusada pelava morte do marido, o pastor Anderson do Carmo, junto com mais 10 pessoas, ela negava envolvimento no crime, acontecido na garagem de casa, em Niterói, em junho de 2019.

Proibida de sair de casa

Há uma semana , a Justiça proibiu Flordelis de permanecer durante a noite e madrugada fora de sua residência para satisfazer compromissos relacionados com sua rotina como parlamentar. A resolução, tomada nesta terça-feira, é da juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, em processo no qual Flordelis é ré, acusada de ser mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

Em sua resolução, a juíza evidencia que se intimou a deputada para elucidar as violações a a utilização de o equipamento, mas permaneceu em silêncio. A juíza tomou a resolução após receber resposta de uma profissão enviada à Câmara dos Deputados. No documento, a Casa informa que as sessões vem acontecendo de maneira remota, incluindo aquelas do Conselho de Ética e Disciplina, no qual a parlamentar é alvo de uma representação que pode culminar com a cassação de seu mandato. Portanto, para Nearis, a resolução de recolhimento noturno não encarna qualquer perda ao exercício do mandato por Flordelis.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Niteroi, Brasilia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Caso Flordelis: Delegada declara que nada ocorreria ‘sem aval’ de deputada
>>>>>Ordem judicial para afastar Flordelis do cargo de deputada completa 50 dias sem ser cumprida – April 13, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Flordelis 240 130 PERSON 14 Flordelis: 7, Flordelis_dos_Santos_de_Souza: 2, a jorna Flordelis: 1, Flordelis e: 3, Flordelis_dos_Santos_de_Souza_MT: 1
2 deputada 20 40 NONE 4 a deputada federal: 1, a deputada: 3
3 Bárbara Lomba 0 0 PERSON 4 A delegada Bárbara_Lomba: 2, Bárbara: 1, (tacit) ele/ela (referent: Bárbara): 1
4 eu 0 0 NONE 4 me: 1, eu: 2, (tacit) eu: 1
5 processo 0 0 NONE 4 o processo: 1, processo: 2, um processo: 1
6 crime 0 240 NONE 3 o crime: 3
7 Folha_de_S._Paulo 0 0 OTHER 3 Folha_de_S._Paulo: 3
8 a Casa 0 0 PLACE 3 (tacit) ele/ela (referent: a Casa): 2, a Casa: 1
9 decisão 0 0 NONE 3 a decisão: 2, sua decisão: 1
10 delegada 0 0 NONE 3 a delegada: 3