Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

Cabeça batida contra a parede de um box; corpo pisado enquanto a boca era tapada com papel e pano. Os filhos de duas ex-namoradas de Dr. Jairinho contaram, em testemunhos na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima , torturas que teriam padecido do vereador do Rio. A especializada passou a investigar os casos depois que suas mães relataram agressões ao delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª DP , que apura a morte de Henry Borel, de 4 anos, enteado do político. A primeira criança escutada na DCAV foi a filha de uma cabeleireira que conheceu Jairinho, que teria afirmado que ela havia se machucado numa aula de judô, em 2010 e chegou a ficar noiva do vereador, Faz 7 anos, com quem conservou um relacionamento. Hoje com 13 anos, ela contou que o político bateu sua cabeça contra uma parede, dentro do box de um toalete. Além disso, teria sido pisada por ele.

Faz 22 dias, o grupo de parlamentares havia aprovado o afastamento de o vereador de o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, de o qual ele também fazia parte, em o dia 8. No mesmo dia, Dr. Jairinho teve seu salário suspenso pela Casa e, a partir do trigésimo dia preso, vai ficar formalmente afastado da posição como manda o Regimento Interno. Em nota, a Executiva Nacional do Solidariedade, em conjunto com a Estadual do partido, também informou, diante dos fatos revelados, que o vereador foi, de maneira sumária, expulso da sigla.Vista por investigadores como um instrumento de pressão, uma carta de 29 páginas escrita na cadeia por Monique foi entregue ontem à 16ª DP . Com o texto, advogados ainda esperam persuadi a polícia a escutar novamente a professora. No entanto, investigadores consideram que tudo não passa de uma estratégia para tentar colocar seu companheiro, o vereador Dr. Jairinho, como o único culpado pelo suposto homicídio.

Na quarta-feira 21 de abril diagnosticada com Covid-19 na última segunda-feira, Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe do menino Henry Borel, de 4 anos, seguia isolada Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. De acordo com o laudo da tomografia computadorizada realizada por ela no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, ao qual o GLOBO teve acesso exclusivo, 5% dos pulmões dela estavam comprometidos pela enfermidade. Caso Henry: Veja imagens do menino de 4 anos e dos envolvidos no caso da sua morte

Jairinho Manhães é um produtor musical, arranjador, maestro e cantor brasileiro. Jairinho Manhães é nome artístico de Jairo Manhães Guimarães.

A avó da menina também foi ouvida e relatou que, ele respondeu que a criança tinha batido a cabeça no painel de seu carro após uma freada brusca, enquanto a levava para um shopping, quando questionou Jairinho sobre um machucado na testa da neta.

Em outra ocasião, declarou a avó, a menina precisou imobilizar um braço por conta de uma lesão. No entanto, o professor negou essa versão.

A segunda criança a depor na DCAV foi o filho de uma aluna que começou a se relacionar com Jairinho em 2014. O menino, hoje com 8 anos, declarou a investigadores da especializada que o vereador colocou um papel e um pano em sua boca. Deitar em o sofá e o político teria ficado em cima de , pressionado seu corpo com os pés, se o obrigou em seguida, a se.

Na 16ª DP, a mãe havia contado que o filho quebrou uma perna durante um passeio a sós com Jairinho.

Faz 11 dias, por outro lado, braz assumiu a defesa de Jairinho em o último, depois de o advogado André França Barreto deixar o caso afirmando desejar evitar conflito de interesse » «. Faz 1 mês, ele encarnava o casal desde o primeiro testemunho que prestaram, mas Monique contratou o escritório de Thiago Minagé, Hugo Novais e Thaise Assad quatro dias após a prisão. A equipe entregou uma procuração assinada pela moça dando poderes a eles e pleitearam ao delegado Henrique Damasceno que a professora fosse novamente escutada na 16ª DP .

Faz 1 dia, o advogado de o vereador, Braz Sant » Anna, declarou a o EXTRA que não iria se pronunciar sobre os inquéritos de a DCAV.

Faz 1 dia, Jairinho deixou de ficar isolado em o Presídio Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, também ontem. A direção analisou sua » aceitação » junto a os demais detentos, se o encaminhou a um espaço de utilização coletiva após passar por uma classificação de risco —.

Mãe de Henry, a professora Monique Medeiros da Costa e Silva segue no Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo de Gericinó. Com Covid-19, ela vem se queixando de dores de cabeça e tontura e, segundo médicos, exibe um quadro de ansiedade.

— A carta da Monique é uma peça de ficção, que não encontra suporte algum nos elementos de prova carreados aos autos. Não há realidade no relato dela – alegou o defensor, em entrevista a O GLOBO.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Canada

Cities: Hamilton

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Caso Henry: filhos de ex-namoradas de Jairinho contam como eram torturas
>>>>>Caso Henry: ‘Peça de ficção’, diz advogado de Jairinho sobre carta de Monique – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio define abertura de cassação do Dr. Jairinho por unanimidade – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Caso Henry: inquérito deve terminar na quinta; polícia não planeja ouvir Monique – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jairinho 80 50 PERSON 15 Ele (referent: Jairinho): 1, ele (referent: Jairinho_Manhães): 1, (tacit) ele/ela (referent: Jairinho_Manhães): 2, Dr._Jairinho: 2, Jairinho: 5, ela (referent: Jairinho): 1, Jairinho_Manhães (apposition: nome artístico de Jairo_Manhães_Guimarães): 1, (tacit) ele/ela (referent: Jairinho): 2
2 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
3 DP 0 0 ORGANIZATION 3 a 16ª DP: 3
4 cabeça 0 0 NONE 3 a cabeça: 1, sua cabeça: 1, cabeça: 1
5 criança 0 0 NONE 3 A primeira criança ouvida: 1, A segunda criança: 1, a criança: 1
6 vereador 0 0 NONE 3 o vereador: 3
7 torturas 0 174 NONE 2 torturas: 2
8 Bangu 0 0 ORGANIZATION 2 Bangu: 2
9 EXTRA 0 0 ORGANIZATION 2 o EXTRA: 2
10 Henrique Damasceno 0 0 PERSON 2 o delegado Henrique_Damasceno: 1, o delegado Henrique_Damasceno (apposition: titular de a 16ª DP de 4 anos): 1